Morreu o ator Amadeu Caronho, da série "Inspetor Max"

com Lusa

O ator Amadeu Caronho, que participou em inúmeras produções da TVI, faleceu aos 76 anos.

Conhecido pelas participações nas telenovelas da TVI "Anjo Selvagem", "Olhos d’Água" e "Nunca Digas Adeus", bem como nas séries da estação de Queluz "Inspetor Max" e "Super Pai", a morte do ator foi confirmada à Lusa pela família.

Na RTP, integrou as séries históricas "O Processo dos Távoras", "Alves dos Reis" e "Ballet Rose", escritas por Francisco Moita Flores, fazendo parte também do elenco de "Esquadra de Polícia", igualmente de Moita Flores, em coautoria com Luís Filipe Costa.

Amadeu Caronho participou ainda em "O Espírito da Lei", exibido pela SIC, assim como "O Olhar da Serpente", para a mesma estação de televisão, entre outras produções nacionais e estrangeiras.

No currículo contava, ainda, com participações nos programas de humor "Ri-te, Ri-te" e "Minas e Armadilhas".

Além de "O Fatalista" (2005) e "Goodnight Irene" (2008), Amadeu Caronho participou, entre outros filmes, em "Sem Sombra de Pecado" de José Fonseca e Costa, "Jogo de Mão" de Monique Rutler, "Os Abismos da Meia-Noite" de António de Macedo, "Les Mendiants" de Benoit Jacquot e "Elas" de Luís Galvão Telles.