"Quem me ajuda é o meu marido. Conseguimos, sempre, ter tempo a dois"

Joana Rovisco tem 43 anos e é comercial. Chega sempre atrasada aos jantares com amigos, porque o padel ocupa um lugar muito importante na sua vida, e tem no marido o principal apoio: "Conseguimos, sempre, ter tempo a dois e para o padel. Sinto-me muito mais realizada enquanto mulher."