urlvisit

Meghan Markle pode ter o pai a testemunhar contra ela em julgamento

Reveladas fotos inéditas da infância de Meghan Markle
Rainha Isabel II apoia "totalmente" a decisão do Príncipe Harry e de Meghan Markle
Meghan Markle apresenta 15 mulheres que admira na capa da Vogue
Príncipe Harry e Meghan Markle gastaram quase 3 milhões nas obras da casa
Trump esclarece polémica com Meghan Markle
Meghan Markle participa em primeiro evento após a cimeira real
A cumplicidade de Meghan Markle e príncipe Harry no primeiro compromisso oficial de 2020

Processado por Meghan Markle, o jornal britânico "Mail on Sunday" vai usar provas fornecidas pelo pai dela, Thomas Markle, na batalha judicial.

Em outubro, Meghan Markle entrou com uma ação legal contra o Mail on Sunday devido à publicação de uma carta pessoal que o pai lhe tinha enviado.

Na altura, os advogados da duquesa de Sussex alegaram que a publicação da carta fazia parte de uma "campanha do grupo de media para publicar histórias falsas e, deliberadamente, depreciativas sobre ela e o marido, o príncipe Harry".

Já o jornal rejeitou a acusação ao alegar que ser da realeza validava as histórias. "Há um grande e legítimo interesse público sobre a família real e as atividades, a conduta e os padrões de comportamento dos seus integrantes", disseram os advogados do tablóide em documentos enviados ao Supremo Tribunal de Londres, acrescentando: "Isso estende-se não só à conduta pública deles, mas às suas relações pessoais e familiares, porque isso é parte integrante do bom funcionamento da monarquia."

Agora, o jornal The Daily Mail garante que Thomas Markle está pronto para testemunhar contra a filha.

"Thomas Markle tinha o direito de contar a sua versão do que tinha acontecido entre ele e a filha, incluindo o conteúdo da carta", acrescentou a defesa do tablóide.