SELFIE ASTRAL

Paulo Cardoso fala sobre a compatibilidade entre os elementos de cada signo

Paulo Cardoso
Astrólogo

Na rubrica Selfie Astral, Paulo Cardoso falou sobre a compatibilidade entre os respetivos elementos de cada signo, ou seja: Ar, Água, Fogo e Terra.

"Fogo é impulso, Fogo é paixão. O que é que essa pessoa precisa? Precisa de digerir, organizar o seu fogo e a sua paixão. Por isso, precisa de elemento Ar.  As pessoas de fogo têm uma propensão natural para se relacionarem bem com pessoas de ar. Porque o ar alimenta o fogo. Portanto, há uma compatibilidade mais forte entre pessoas de fogo (Carneiro, Leão e Sagitário), com pessoas de ar (Gémeos, Balança e Aquário). Isto é a relação mais fluida e fácil", começou por explicar.

"Depois, temos outros dois opostos: água e terra. Água é imaginação e Terra é realismo. São mundos, completamente, opostos, mas a terra (Touro, Virgem, Capricórnio) dá às pessoas de Água (Carangueijo, Escorpião e Peixes) realismo. E o que é que retribuem os de Água? Retribuem com sensibilidade. Portanto, o realismo da Terra, mais o idealismo da Água fazem uma bela harmonia", continuou

Depois de falar sobre os elementos que melhor se conjugam, Paulo Cardoso diz que, também, importa considerar  restantes combinações: "Como é que o Fogo se dá com a Terra? Terra queimada. Têm uma incompatibilidade, mas, se bem trabalhada, dá uma relação interessante. Como o Fogo dá impulso e paixão à Terra, a Terra dá realismo e rigor ao Fogo. Porque os signos de Fogo são muito impulsivos, mas, às vezes, faz-lhes falta poder de organização. [...]"

"Fogo e Água já são quase opostos. Fogo é impulso, Água é imaginação. A relação, aqui, tem que ser muito bem trabalhada. As pessoas de Fogo, às vezes, metem medo, fragilizamos, assustam as pessoas de Água. Porque a Água é sensibilidade [...]", acrescentou.

"Terra e Ar não são complementares, mas, têm uma possibilidade de se reunir. A Terra dá objetividade ao Ar." Por sua vez, "o Ar dá nacionalismo e capacidade de planificação à Terra. [...] Desde que haja trabalho conjunto, esta relação pode ser muito positiva [...]"

"Ar e Água têm mais de oposto, do que de complementar. Ar é racionalidade, capacidade de planificação e Água é sensibilidade. Os de Ar são mais racionais, e os de água são mais emotivos, choram com mais facilidade e interiorizam as emoções", concluiu.

Veja o vídeo completo e conheça as restantes declarações do astrólogo Paulo Cardoso.