Big Brother

"Big Brother". Soraia Moreira fala sobre casamento com Daniel Guerreiro e novos desafios: "Cada vez mais perto de alcançar o meu sonho"

Soraia Moreira foi a grande vencedora do "BB2020", da TVI. A SELFIE esteve à conversa com a namorada de Daniel Gueirreiro sobre como têm sido os últimos tempos.

A vencedora do "BB2020", Soraia Moreira, fez, em conversa com a SELFIE, o balanço dos últimos dois anos e falou sobre diversos temas, tais como: o namoro (e futuro casamento) com Daniel Guerreiro, a amizade com Pedro Crispim, o sonho de ser apresentadora de televisão, o estado de saúde do irmão e os novos desafios profissionais.

Que balanço faz destes últimos dois anos?
Estes dois anos têm sido maravilhosos. Realizei vários sonhos, participei num reality show, remodelei a casa da minha família, criei projetos novos, cresci como pessoa, conheci pessoas maravilhosas, apaixonei-me de verdade e tirei a carta de condução. Só tenho motivos para agradecer.

Alguma vez pensou que ia ganhar o "BB2020"?
Até hoje, quando vejo as imagens, fico bastante emocionada. Eu estava ali para viver a experiência e nunca pensei que chegasse ao fim e muito menos ganhar. Foi incrível!

Se não tivesse sido a Soraia a vencer, quem gostava que tivesse sido?
Penso que qualquer um dos finalistas merecia ganhar [Ana Catharina, Sandrina Pratas, Noélia Pereira, Iury Mellany e Diogo Cunha]. Os portugueses decidiram levá-los até à final, por isso todos eles mereciam. Três meses fechados numa casa, não é para qualquer um. 

O que mudou na sua vida desde que participou?
Tudo mudou. Eu mudei-me para Portugal, vivo numa casa incrível com a minha família, tenho um namorado incrível, conheci pessoas que me apoiam e querem-me ver triunfar e ser feliz. Temos um novo membro na família, o [cão] Scotty, que é um amor. E sinto que estou cada vez mais perto de alcançar o meu sonho de ser apresentadora de televisão.

O que gostava de fazer em TV?
O meu grande sonho é ser apresentadora de TV. Sou formada, foi para isso que fui para Londres estudar. No entanto, embora tente todos os dias, envie currículos, até mesmo para posições diferentes na área, ainda não consegui alcançar o meu objetivo. Mas não posso desistir, vou continuar a tentar. 

Voltando ao "BB2020", mantém contacto com outros ex-concorrentes?
Muito poucos.

Tem acompanhado as últimas edições do "Big Brother"? Nota que há diferenças em relação ao "BB2020"?
Tenho sim, impossível não acompanhar! O "BB2020" foi muito especial, foi um "Big Brother" que foi vivido em época de pandemia, em que foram escolhidas pessoas reais, que foram elas próprias e não seguiram guiões. Foi um "BB" muito natural, diferente destes últimos, que já têm dinâmicas e jogadores diferentes. Mas não deixa de ser maravilhoso assistir a esta experiência social cativante que é o "Big Brother"!

Quem é que acha que vai vencer este "Big Brother - Desafio Final"?
Eu penso que será ou o Pedro Guedes ou a Bruna Gomes. São os dois jogadores calmos, não são explosivos. O Pedro Guedes é boa onda, mas também sabe picar os colegas. No entanto, fá-lo de uma maneira divertida e interessante e as pessoas acabam por gostar disso. Por sua vez, a Bruna Gomes tem imensos apoiantes cá fora, e brilhou no "Big Brother Famosos 2". Há muita gente que quer que ela ganhe. Se ela souber em quem pode confiar e acreditar nestes últimos dias, e descodificar, no jogo, quem está certo e errado, pode ganhar o programa. E, também, quem sabe, o Francisco Macau.

Via-se a participar, novamente, num reality show?
Neste momento, é pouco provável que eu volte a participar em algum reality show.

E como vai o namoro com o Daniel Guerreiro?
Vai de vento em popa. O Daniel é um homem fenomenal. Eu nunca pensei que nos fôssemos entender assim tão bem. Sabia, no "BB2020", que gostávamos imenso um do outro, mas gostar só não chega. Temos que, realmente, amar a outra pessoa e estar disposto a crescer com a outra pessoa. Ser um bom amigo e confidente, também. Apoiar a nossa cara metade naquilo que for necessário para vê-la feliz. E o Daniel é assim comigo!

Já falam em casamento?
Já está mais do que falado! Só não sei quando é que vai acontecer (risos).

E filhos? Gostava de ser mãe?
Eu antes não pensava muito nisso, porque ainda não tinha conhecido alguém com quem eu pensasse que poderia construir uma família. Mas, a partir do momento em que conheci o Daniel, isso mudou. Ele é a pessoa certa para mim. No futuro, queremos construir uma família linda! Mas, agora, estamos ambos muito mais focados na nossa vida profissional.

Como tem estado o seu irmão?
O meu irmão tem estado bem. Não é fácil. Há dias bons, em que ele está alegre, bastante comunicativo e brincalhão, mas, infelizmente, há dias menos bons, em que ele não acorda muito bem e tem crises. Não é fácil para mim, muito menos para os meus pais, que cuidam dele. Mas não mudaria nada e vivo para os dias em que ele sorri para nós. Estamos à procura da ajuda certa para ele e de um local para o qual ele possa ir, de vez quando, e que possa desenvolver as capacidades dele. Mas não tem sido fácil, porque ainda não encontramos um local que seja adequado. Espero que, no futuro, isso aconteça. A cada dia que passa, admiro mais os meus pais, por tanto amor e dedicação que têm para com o meu irmão e para comigo. Sou uma sortuda por tê-los!

Tanto a Soraia como o Daniel desenvolveram uma forte amizade com o Pedro Crispim. Conte-nos tudo!
O Pedro Crispim é luz! Gostamos imenso do Pedro. Ele é muito honesto e um amigo de verdade. Neste meio da televisão, às vezes, é difícil encontrar pessoas a quem possamos mostrar o nosso verdadeiro eu e, realmente, com quem possamos contar para a vida. Mas, graças a Deus, encontrámos o Pedro. Um ser humano incrível, muito divertido, com bons conselhos, inteligente. O Pedro é lindo por dentro e por fora!

Em termos profissionais, tem algum projeto para lançar, ou alguma novidade? E o negócio das bolachas, como tem corrido?
Neste momento, mais do que nunca, estou à procura de realizar o meu sonho. Tenho uma meta e o tempo está a contar. Tinha planeado realizar mais talk shows e podcasts ao vivo, mas devido a problemas logísticos ainda não foi possível. Mas será, brevemente. Estou bastante empenhada e feliz com as aulas de inglês que dou online, é fabuloso acompanhar a evolução dos meus alunos.
As bolachas estavam a correr bem mas, de momento, esse projeto está um pouco em standby.

Agora é agenciada pela Face Models. Quais as suas expectativas?
Estou muito feliz por ser agenciada pela Face Models e é algo pelo qual me sinto bastante orgulhosa. Estou ansiosa para começarmos a trabalhar e criar algo fenomenal juntos. Neste meio, sem uma agência, revelou-se mais complicado arranjar e aceitar trabalhos artísticos. E, infelizmente, não tive boas experiências com possíveis agências e agentes, no passado. No entanto, com a Face Models é tudo completamente diferente! Daí estar tão entusiasmada e feliz por este novo rumo! Mal posso esperar para ver o que vem por aí.

Relacionados