"Casa dos Segredos": Rúben Nave revela ter sido vítima de burla

Rúben Nave na Selfie
Secret Story: «Não brinques comigo que eu não sou o Rúben Nave!»
Você na TV: «Quero é Swing»
Secret Story 5: Do swag ao swing...
Alexandra Borges - O esquema de burla da agência Gold Models

Depois de a TVI ter exibido uma reportagem de Alexandra Borges sobre as falsas agências de modelos que cobram dinheiro em bookings, com muitas mentiras e falsas promessas pelo meio, Rúben Nave recorreu às redes sociais para revelar que, também ele, foi vítima de burla.

O ex-concorrente da "Casa dos Segredos 4" sempre sonhou ser modelo, mas foi enganado como tantos outros jovens. Hoje, passados vários anos, decidiu contar como tudo aconteceu.

"Sobre a reportagem da TVI, burla de supostas agências de moda, televisão, etc., etc... Adolescente e cheio de sonhos, também resolvi, um dia, inscrever-me numa agência de moda. Preenchi os campos obrigatórios no site desta suposta agência. Passado uma hora de me ter inscrito, recebi uma mensagem a dizer que tinha sido selecionado para sessão fotográfica nos estúdios deles, em Lisboa. Ainda a ler a mensagem, recebi logo um telefonema desta agência: 'Senhor Ruben, você tem um perfil espetacular, não pode deixar fugir esta oportunidade, queremos que venha já amanhã a Lisboa fazer a sessão, e já falamos de si para os 'Morangos com Açúcar'. As condições são: você, inicialmente, só paga o Booking, que são 300€, e, depois, todos os trabalhos que fizer nós temos uma comissão, mas, no mínimo, uma sessão que você faça são cerca de 1200€. Por isso amanhã não falte", começou por recordar Rúben Nave.

"Na minha ignorância (tinha 15 anos), contei aos meus pais, vi que eles ficaram com a pulga atrás da orelha, mas como sempre me apoiaram em tudo, foram comigo a Lisboa, logo no dia a seguir. Depois de 300 km Belmonte-Lisboa, cheguei à morada que me foi indicada pela agência. Era num prédio na zona de Alvalade (penso eu), disse o meu nome (reparei numa lista enorme de adolescentes para fazer sessões nesse dia), ninguém era simpático, não havia maquilhagem, falavam muito mal entre eles (asneiras, insultos, etc., etc.), tudo tão esquisito, mas eu sempre com o meu sonho no ar. A sessão demorou cerca de 30 minutos. Depois de acabar, disseram que tinha corrido bem, que tinha de pagar os 300€ mais um efeito que o fotógrafo fez para ficar com uma foto diferente (foi mais 50€, penso eu), que tinha imenso talento e que, passado uns dias, voltavam a contactar para trabalhos e mandavam o booking por correio. As fotos ficavam disponível no site da agência", acrescentou.

Até hoje, Rúben Nave nunca foi contactado: "Não recebi nenhum telefonema. Paguei cerca de 350€, mais despesas desde Belmonte-Lisboa (ida e volta de carro são cerca de 150€). E, assim, foram cerca de 500€ à vida, por causa de um sonho… Por isso, meus amigos, muito cuidado com estas agências, com supostos agentes também. Agências verdadeiras em Portugal só conheço cerca de três! Achei por bem contar esta experiência, para servir de exemplo para muitos adolescentes que têm esse sonho. Por mais que queiramos, nem todos podemos ser o que sonhavam como modelos, atores, jogadores de futebol, polícias, marinheiros etc., etc… Cuidado!!!"