Conta-me

Sara Barradas sobre prisão da mãe: "Não há nada para perdoar. Sei que ela está ali injustamente"

A atriz Sara Barradas teve uma conversa emotiva com Maria Cerqueira Gomes, no programa "Conta-me", e falou sobre a prisão da mãe.

Sara Barradas foi a protagonista da emissão deste sábado, dia 14, do programa "Conta-me". Numa conversa emotiva, a atriz, de 31 anos, fez uma retrospetiva da vida pessoal e profissional.

A entrevista decorreu nos estúdios da Plural, que a própria Sara Barradas considera serem, também, a "casa" da atriz. Foi nesses estúdios que Sara Barradas viveu alguns dos momentos mais importantes do seu trajeto profissional e do seu percurso pessoal.

Por exemplo, foi aí que a artista se apaixonou por José Raposo, com quem é casada há mais de uma década e de quem tem uma filha, Lua, de três anos. "Ele estava sentir o mesmo, sem sabermos. Ele também quis contrariar, deve ter tentado negar", recordou, contando, ainda, que o primeiro beijo do casal aconteceu no carro, à porta dos estúdios.

Mas fora dos estúdios da Plural, a vida também acontece, com umas fases mais difíceis do que outras. Na entrevista, Sara Barradas abordou, por exemplo, a prisão da mãe, que cumpre uma pena por burla. "Não tenho de perdoar a minha mãe, porque ela não fez nada de errado. Portanto, ela sabe e eu sei. E estou com ela até ao fim, à espera. Ela não precisa do meu perdão, porque não há nada para perdoar. Eu sei que ela está ali injustamente", assinalou.

Veja, agora, na íntegra, a entrevista de Sara Barradas, no programa "Conta-me".

Relacionados