SIC

Sandra Faleiro recorda nascimento da filha: "Um choque"

A atriz Sandra Faleiro recordou alguns dos momentos mais importantes do seu percurso, inclusive o nascimento da filha, Beatriz.

A propósito do Dia da Mãe, que se assinala no próximo domingo, dia 1, Sandra Faleiro foi a convidada, desta semana, do programa "Alta Definição", no qual falou sobre a maternidade.

A atriz começou por recordar quando foi mãe pela primeira vez, aos 27 anos. De acordo com Sandra Faleiro, a gestação correu bem, ao contrário do período pós-parto.

"Fiquei, durante algum tempo, triste. não entrei em depressão, mas fiquei um bocado [deprimida], porque é um choque. De repente, de facto, a vida muda radicalmente. Fiquei com medo, estava com medo que lhe acontecesse alguma coisa, com medo de a deixar cair, com medo de não a saber alimentar. A primeira vez foi complicado", desabafou, recordando, assim, os primeiros dias de vida de Beatriz, que tem, agora 21 anos. Por outro lado, Sandra Faleiro garante que tudo foi mais fácil, quando deu à luz João, que tem, agora, 14 anos.

Além de abordar a maternidade, Sandra Faleiro destacou, ainda, o papel de filha. Daí que tenha recordado o falecimento do pai, há seis anos: "Nesse momento, a vida muda, radicalmente. Não fazia ideia do grau de proximidade que existia. Não fazia ideia do grau de desgosto que ia ser, da falta que me faz. E mudei, como pessoa, depois da morte do meu pai. Pensava que isso não era possível, mas mudei mesmo como pessoa, senti que tive de me reestruturar. Estive muito tempo para me curar. Tenho muitas saudades dele."

"É uma grande referência que se perde na vida. Ainda tenho a minha mãe, mas o pai é um pilar. Foram, sempre, os dois grandes pilares na minha vida. Perdi um", concluiu.

Relacionados