TVI

Ruben Rua está de luto: "Foi por amor que o deixámos descansar"

Recorrendo ao Instagram, o apresentador Ruben Rua prestou uma emotiva homenagem.

Ruben Rua, de 35 anos, chora a morte do cão, Thai, que o apresentador e a atriz Sofia Ribeiro adotaram quando ambos eram casados. Nesta quinta-feira, dia 12, no Instagram, o anfitrião do programa da TVI "Em Família" dedicou uma sentida mensagem ao canino.

"O Thai partiu hoje. Tinha 11 anos e sete meses. Dizem que seria o equivalente a 82 anos de idade humana... Enfim... Contas que fazemos à vida para tentar aceitar a morte. E como é na morte que, curiosamente, muitas vezes, mais pensamos e refletimos sobre a vida, a noite de hoje não será exceção", começou por escrever Ruben Rua.

O apresentador salientou, depois, que o animal de estimação "teve uma vida extraordinária". "E, nesse aspeto, o meu profundo agradecimento vai inteiramente para os meus pais. Afinal de contas, foram eles que praticamente sempre cuidaram dele", assinalou.

"O Thai foi, para mim, um dos maiores exemplos do que é a vida. Este subir e descer de montanha que ambicionamos cumprir se o fim não chegar cedo demais", vincou Ruben Rua, fazendo uma viagem no tempo para revisitar as várias fases da vida do patudo.

"Quase o vi nascer, vi-o brincar e correr cheio de energia como uma verdadeira criança a descobrir o mundo. Tornou-se num 'adulto' cheio de vitalidade e o olho que perdeu, vítima de um ataque, mostrou-me a superação de uma dificuldade, que deixou marcas (a todos os níveis) mas que nos permitiu continuar. E o Thai continuou... Continuou até ficar mais velho. Até ter dificuldades em andar. As escadas passaram a ser impossíveis e os passeios cada vez mais curtos. A hidroterapia e a acupuntura melhoraram a sua qualidade de vida, mas o tempo é um cruel cobrador e o pior havia de chegar. O Thai ficou imobilizado e a vida deixou de ser vida. Para ele e para aqueles que estavam à sua volta. Afinal de contas, o sofrimento daqueles que sofrem também o é para aqueles que os amam. E foi por amor que o deixámos descansar. Não fosse o amor a condição maior da sua existência. Tudo o que lhe demos o Thai devolveu. Ou talvez tenha sido o contrário", equacionou.

No final, Ruben Rua lembrou que Thai "passou a ser parte da família que nunca tinha tido qualquer animal de estimação". "E será sempre", garantiu, assegurando também que "o espaço que deixa nunca voltará a ser ocupado". "Não é, contudo, um espaço vazio. Ficam as infinitas memórias de tudo o que vivemos juntos. Hoje, é um dia triste, principalmente causado por uma vida tão feliz. Despeço-me com amor e na certeza de que nunca me esquecerei dele. Thai", rematou.

A acompanhar esta mensagem, o apresentador homenageou o animal de estimação partilhando várias fotografias das várias fases da respetiva vida. Veja-as, agora, na galeria que preparámos para si.

Relacionados

Patrocinados