Festa é Festa

Roberto Pereira, autor de "Festa é Festa" revela: "O final já está pensado"

A SELFIE marcou presença no Algarve, num dos dias de gravações de "Festa é Festa", e conversou com Roberto Pereira, autor da novela.

  • 10 jun, 12:00
Redação

As gravações da quarta temporada da novela "Festa é Festa", da TVI, aconteceram em Portimão, no Algarve, e o autor da história marcou presença num dos dias de filmagens. Em conversa com os jornalistas, Roberto Pereira falou sobre a novela, que tem sido um verdadeiro sucesso.

"Os portugueses aderiram a esta festa e nós tivemos a sorte de ter criado uma matriz, várias personagens e uma aldeia que conseguem perdurar no tempo. Esta história não se gastava em 40 episódios e, por isso, a novela 'Festa é Festa' está aberta a durar mais tempo", começou por referir.

Sobre o impacto que a novela tem tido, Roberto Pereira mostrou-se pouco surpreendido e explicou o motivo: "Estava à espera deste impacto, porque, no período de pandemia que estávamos a viver e sendo uma história leve, eu sabia que as pessoas iam gostar disto."

De entre todas as personagens da trama, há uma que se destaca, para o autor: "Numa novela de cariz humorístico, a Corcovada [interpretada por Maria do Céu Guerra] traz temas mais sérios e dá-nos lições de vida de como era a vida antigamente."

Roberto Pereira revelou, ainda, que recebe, diariamente, muitas ideias para a novela, algo que não lhe agrada particularmente. "Não gosto, porque, se corro o risco de ter alguma ideia idêntica, depois, as pessoas acham que a ideia era delas", disse, acrescentando que, muitas vezes, sente que as pessoas gostariam de ver mais "polémica", mas que é necessário definir limites e ter algum cuidado por se tratar de uma novela humorística.

Já sobre o rumo da história garantiu que será "surpreendente" e que "o final já está pensado".

Quanto à novela "Rua das Flores", da qual, também, é autor, Roberto Pereira confessou que não está desanimado com os números das audiências, porque sabia que a hora a que a narrativa ia passar na TVI seria desafiante. "É o não 'Preço Certo'. A perder, que seja com o Fernando Mendes", rematou.

Relacionados