"Big Brother". Pedro Soá sai em defesa de Hélder: "Se decidirem que ele deve sair, eu saio também"

Pedro Soá: «Se os portugueses deciderem expulsá-lo, eu saio também»
Frase de Hélder gera indignação entre concorrentes
"Big Brother": conheça o concorrente Hélder Teixeira
"Big Brother": conheça o concorrente Pedro Soá

Após a nomeação de Hélder, na sequência de um comportamento de descriminação sexual, Pedro Soá saiu em defesa do concorrente.

"Foi uma pessoa com quem tive logo uma ligação. Além disso, eu tenho mãe, tenho irmã, tenho amigos homossexuais e pessoas lá fora que sabem que nunca iria defender algo que sentisse que ia contra tudo aquilo que a minha família sempre defendeu, começou por dizer.

Em seguida, prometeu sair, caso Hélder seja votado nesse sentido: "Eu digo aqui: coloco as 'mãos no fogo' pelo Hélder. E se os portugueses decidirem que ele, realmente, deve sair, eu saio também".

Note-se que, depois do incidente, Helder será punido, com uma nomeação direta, correndo o risco de sair. O concorrente esteve no confessionário para falar com Cláudio Ramos, que, durante a conversa, fez questão de repreender o concorrente pela atitude discriminatória: “Não se refira a ‘esse tipo de pessoas’. É um comportamento feio, para não dizer homofóbico. [...] Para a minha filha, quando se refere ao pai, diz que ele é pai, homem e homossexual, não há discriminação”.

O Big Brother também teve algo a dizer: "Hélder, as suas ações, nos últimos dias, deixaram muito a desejar. [...] No 'Big Brother', as atitudes sexistas, homofóbicas, xenófobas e racistas são inadmissíveis, tal como na nossa sociedade. Todas estas transgressões são delitos graves a que o 'Big Brother' jamais poderá fechar os olhos. Não é por estar numa casa que pode dizer e fazer o que bem lhe apetecer. [...] Hoje, Portugal acordou extremamente revoltado com o seu comentário. É esperado que esta casa seja um reflexo da sociedade, de uma forma positiva e não de uma forma negativa ou preconceituosa. Como não posso deixar passar esta sua atitude em branco, vou deixar que sejam os portugueses a decidir se querem que o Hélder permaneça no jogo ou seja expulso."

Recorde-se que Hélder estava a segurar a corda, ao mesmo tempo que Soraia e na companhia da Iury, quando acabou por parecer dizer algo ofensivo sobre um dos colegas da casa. As concorrentes do reality show da TVI repreenderam o colega quando este diz: "Prefiro ser mulherengo a...". Ainda que o concorrente não tenha completado a frase, termina a mesma a olhar na direção de Edmar, parecendo estar a falar sobre a orientação sexual do colega.

Recorde, agora, o momento polémico e as consequências do momento.