Mudança do príncipe Harry e Meghan Markle pode custar milhões aos contribuintes canadianos

A cumplicidade de Meghan Markle e príncipe Harry no primeiro compromisso oficial de 2020
Meghan Markle e o príncipe Harry revelam foto inédita do casamento
Meghan Markle em destaque no Royal British Legion Festival of Remembrance
Meghan Markle e o príncipe Harry no Remembrance Day
Meghan Markle e rainha Letizia usam saia igual

Os contribuintes canadianos podem pagar milhões de dólares, por ano, em despesas de segurança se o príncipe Harry e Meghan Markle se mudarem para o Canadá.

Após o anúncio que apanhou o mundo de surpresa de que os Duques de Sussex vão abandonar as funções reais e passar mais tempo na América do Norte, os especialistas começaram a questionar qual seria o país eleito pelo príncipe Harry e Meghan Markle para viver.

Muitos apontam o Canadá como uma escolha lógica, dado que o casal passou a época natalícia naquele país, que faz parte da Comunidade Britânica de países que têm a rainha Isabel II como chefe de Estado.

Agora, começam já a fazer contas ao que tal decisão implicaria, uma vez que o governo canadiano teria de providenciar a segurança do casal real.

De acordo com o especialista em segurança privada Mike Zimet, citado pela "Reuters",. o custo pode facilmente chegar aos milhões de dólares. "Se eles querem proteção privada, uma máquina inteira precisa ser construída em torno deles", explicou, ainda, o especialista, que referiu, igualmente, a preocupação com uma ameaça de sequestro de Archie.