urlvisit

Canadá corta financiamento para a segurança do príncipe Harry e Meghan Markle

A cumplicidade do Príncipe Harry e Meghan Markle
Príncipe Harry canta ao lado de Jon Bon Jovi
Príncipe Harry participa na Britain Africa Summit
Meghan Markle participa em primeiro evento após a cimeira real
A cumplicidade de Meghan Markle e príncipe Harry no primeiro compromisso oficial de 2020

O governo canadiano informou que não irá providenciar mais segurança para o príncipe Harry e Meghan Markle.

A Polícia Montada Real Canadiana vem auxiliando a Polícia Metropolitana de Londres no que concerne à segurança do príncipe Harry e de Meghan Markle, "intermitentemente", desde novembro, quando o casal iniciou as férias de seis semanas no Canadá.

Agora, apesar da intenção do casal passar mais tempo no Canadá, as autoridades daquele país deixarão de ser responsáveis pela sua segurança, assim que os duques de Sussex deixem de ser membros sénior da família real inglesa.

"Como o duque e a duquesa de Sussex são reconhecidos, atualmente, como Pessoas Protegidas Internacionalmente, o Canadá tem a obrigação de fornecer assistência de segurança na medida do necessário", explicou o comunicado governamental, que acrescenta: "A assistência cessará nas próximas semanas, em consonância com a sua mudança de status."

Recorde-se que o Palácio de Buckingham revelou a data oficial da saída dos duques de Sussex, que ficou conhecida como Megxit. Meghan Markle e o príncipe Harry deixarão de ser considerados como membros seniores da realeza já no próximo dia 31 de março.