Preocupado, George Clooney compara Meghan Markle a princesa Diana: "Isto é a história a repetir-se"

Os 10 looks de Meghan Markle inspirados na princesa Diana
Os 10 looks de Meghan Markle inspirados na princesa Diana
Meghan Markle e príncipe Harry nos Endeavour Fund Awards
Meghan Markle e príncipe Harry visitam a One25, em Bristol
Meghan Markle visita a Associação das Universidades da Commonwealth, em Londres
George Clooney na Selfie

Amigo de Meghan Markle, George Clooney mostrou-se preocupado com o assédio de que a ex-atriz tem sido alvo desde que se juntou à família real britânica.

Meghan Markle é "uma mulher grávida de sete meses" que tem sido "perseguida e vilipendiada", denunciou George Clooney durante uma entrevista, em Los Angeles, onde apresentava o mais recente filme, "Catch-22".

O ator mostrou-se preocupado e traçou um paralelo com a trágica história da princesa Diana, que morreu num acidente automóvel, em 1997, em Paris. "Estão a perseguir a Meghan Markle em todo lado", sublinhou George Clooney.

Amigo da agora duquesa de Sussex, o ator americano, que, em maio de 2018, esteve com a mulher Amal Clooney no casamento da atriz da série "Suits" com o príncipe Harry, deixou mesmo o aviso: "Isto é a história a repetir-se. Já vimos como é que isto acaba".

Recorde-se que esta semana foi divulgada nos media uma carta pessoal enviada pela duquesa de Sussex ao pai, Thomas Markle, na qual lhe diz que este lhe "partiu o coração em mil pedaços" por ter dado entrevistas, inventado histórias sobre o seu passado e atacado o príncipe Harry. Para Clooney também esta situação é "irresponsável": "Nem consigo explicar o quão frustrante é ver isto. Pegam numa carta de uma filha para o pai e divulgam-na por todo o lado".