Irmão de Kate Middleton faz revelações inéditas sobre depressão

Igor Pires
James Middleton na Selfie
Kate Middleton surge deslumbrante com look azul
Kate Middleton brilha com vestido reciclado
Após rumores de separação, príncipe William e Kate Middleton mostram-se cúmplices
Kate Middleton deslumbrante em celebração do aniversário da Rainha Isabel II

James Middleton abriu o coração a uma publicação internacional.

Numa entrevista à publicação "Tatler", James Middleton desabafou que chegou a sentir que não tinha o direito de ficar deprimido, pela sua condição económica abastada. 

"[A depressão é] o que te mantém na cama, enquanto que a ansiedade faz com que te sintas culpado por estares lá. Pensei: 'Com o que é que estou deprimido?' Tive muita sorte com a minha educação, tinha tudo o que queria, não é que quisesse mais, mas havia algo que não estava sempre lá... E quanto mais eu ignorava, mais lamentava", começou por confessar.

Segundo o irmão de Kate Middleton, a doença também provocou um afastamento da família: "[Os meus pais] sabiam que alguma coisa não estava bem, mas eu não os queria perto de mim. Desliguei-me, deixar de comunicar com a minha família."

Foi no fim de 2017 que James Middleton acabou por entrar em contacto com um médico quando chegou a uma situação limite e nem sequer era capaz de sair do carro para trabalhar: "Lembro-me de não ser capaz de explicar. O médico disse: 'James, estás bem?' E eu disse: 'Não, não estou'. Mesmo dizendo que isso era um alívio da pressão, eu disse que não estava bem, quando todos os dias acordava e fingia que estava."

Entretanto, o empresário fez terapia, afastou-se dos negócios e, agora, garante que se sente bastante melhor: "Estou feliz, sinto-me novamente o James Middleton. Sinto-me como quando tinha 13 anos, feliz com a vida. Não posso pedir mais."

Veja a nossa galeria com fotografias de James Middleton.