urlvisit

Em lágrimas, ex-jogador do Benfica Kenedy assume vício do jogo: "Perdi quase tudo"

Daniel Kenedy (Lusa)

Daniel Kenedy recordou o que o levou ao vício do jogo e como tem vivido desde então.

Depois de uma entrevista a um jornal desportivo no início desta semana, Daniel Kenedy abriu o coração a Cristina Ferreira e falou sobre o período mais negro da sua vida.

O ex-jogador do Benfica admitiu que perdeu tudo com o vício no jogo. "Quando estamos numa situação destas cometemos alguns erros e quem saiu mais prejudicado disto tudo fui eu. Perde-se pessoas. Perdemos pessoas que tinham confiança em nós", começou por explicar, antes de assumir: "Falar sobre isto é aumentar a minha responsabilidade para o futuro."

O ex-jogador do Benfica, de 46 anos, contou que tudo começou, em 2002, quando foi suspenso de participar no Mundial de futebol ao serviço da Seleção, depois de ter sido "apanhado" em testes de doping. "Eu sou suspenso por algo que nunca me passou pela cabeça. Na altura, eu tomava uns comprimidos para emagrecer. Foi tudo abaixo dentro de mim. Não fui forte", assumiu, revelando que foi, então, que começou a frequentar o casino. "Comecei a ir por brincadeira", explicou, confessando: "Eu não estava bem e ali era o único sítio no mundo em que estava sozinho. (...) Nunca fui às máquinas. Estava sempre na roleta. Quando estava ali, estava naquele mundo, o resto não interessava."

Daniel Kenedy contou que "havia alturas em que eu ia quase todos os dias", acrescentando, a seguir: "Depois há a necessidade de recuperar. Perdi quase tudo no jogo."

A determinada altura recorreu a amigos para recuperar o dinheiro perdido e chegou a escrever ao casino para não o deixarem entrar.

Agora, o antigo jogador reconhece que tem noção de que falhou com os dois filhos, a quem nunca contou o que se passou: Alexandre, de 20 anos, e Eva, de 15. "Sei que falhei. Talvez o mais velho, o Alexandre, que é um campeão, desconfiasse que o pai não estava bem", frisou, antes de sublinhar: "Não tenho medo do futuro nem do que aí vem. Se fui forte neste período, agora vou ser ainda mais."