Realeza

Realeza em pânico: colegas dos príncipes George e Charlotte em quarentena devido a coronavírus

Pelo menos quatro alunos do Thomas's Battersea, no sudoeste de Londres, apresentaram sintomas que levaram a suspeita de coronavírus, após uma viagem a Itália.

Existem suspeitas de casos de coronavírus na escola dos filhos de Kate Middleton e do príncipe William, no Reino Unido, o que está a deixar a realeza em alvoroço.

Quatro alunos da escola dos filhos mais velhos do príncipe George e da princesa Charlotte, estão em isolamento em casa por suspeitas de estarem infetados com o novo Covid-19, avança o Mirror.

Até ao momento, não há nenhum caso confirmado na escola dos Duques de Cambridge, mas este não é caso único no Reino Unido, em que vários estabelecimentos de ensino fecharam por tempo indeterminado.

Através de um porta-voz o Colégio Thomas Battersea veio esclarecer que, como em outras escolas, estão "a levar muito a sério os riscos potenciais relacionados à disseminação do Covid-19".

Recorde-se que a Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência de saúde pública de âmbito internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão nos últimos dias.

Recorde, agora, o primeiro dia dos príncipes na escola.

Relacionados