"Game of Thrones" vence Emmy de Melhor Série em noite de fortes emoções

Os vencedores dos Emmy 2019
Kim Kardashian e Kendall Jenner são o centro das atenções nos Emmy
Os casais mais apaixonados dos prémios Emmy 2019
Todos os looks das estrelas nos Emmy
Charme masculino nos prémios Emmy 2019

A Academia da televisão dos Estados Unidos entregou, este domingo, os Emmy, numa cerimónia em que "Game of Thrones" era candidato a 32 estatuetas douradas.

A série "Game of Thrones", que terminou em maio com a sua oitava temporada, foi a vencedora da noite ao levar para casa a ambicionada estatueta dourada.

Também Peter Dinklage viu distinguido o seu papel como ator secundário e disse que, se fosse preciso, atravessaria "o fogo e o gelo" para viver Tyrion Lannister de novo.

Na noite de entrega dos Emmy, o elenco da famosa série esteve presente e mostrou-se já nostálgico com o fim das aventuras nos "sete reinos".

A HBO foi a cadeia que conquistou mais prémios Emmy na 71.ª cerimónia da Academia de Televisão dos Estados Unidos, mantendo-se à frente da rival Netflix, com um total de 34 estatuetas.

A cerimónia não teve apresentador, ao contrário do que é habitual, mas o ator Thomas Lennon foi encarregado pela Fox de fazer os comentários durante as três horas de espetáculo.

Entre várias piadas ao longo da noite, Lennon deu uma "mensagem de apoio" às estrelas que estavam a assistir aos Emmy a partir da prisão. "Essas duas semanas vão passar a voar", disse o ator, numa referência à sentença da atriz Felicity Huffman por subornos no processo de seleção universitária.

No início da cerimónia, Bryan Cranston, protagonista de "Breaking Bad", lembrou que foi há 50 anos que Neil Armstrong pisou pela primeira vez na lua e que 530 milhões de pessoas viram esse feito histórico através da televisão.

"Cinquenta anos depois, a televisão ainda nos transporta para outros lugares", afirmou. " A televisão nunca foi tão grande nem tão boa como agora", disse.

Veja a lista completa de vencedores:

Melhor Série Dramática - “Game of Thrones” (HBO)

Melhor Série de Comédia - “Fleabag” (Amazon)

Melhor Atriz numa Série Dramática - Jodie Comer, “Killing Eve”

Melhor Realizador de uma Série Dramática - Jason Bateman “Ozark”

Melhor Ator numa Série Dramática - Billy Porter, “Pose”

Melhor Atriz Secundária numa Série Dramática - Julia Garner, “Ozark”

Melhor Argumento de uma Série Dramática - Jesse Armstrong, “Succession”

Melhor Ator Secundário numa Série Dramática - Peter Dinklage, “Game Of Thrones”

Melhor Talk-Show - “Last Week Tonight With John Oliver”

Melhor Apresentador de Programa de Competição - RuPaul, “RuPaul’s Drag Race”

Melhor Realizador de Talk-Show - Don Roy King “Saturday Night Live”

Melhor Programas Variedades em Sketch (Talk-Show) - “Saturday Night Live”

Melhor “Argumento” de Talk-Show - “Last Week Tonight With John Oliver”

Melhor minissérie ou filme para a TV - “Chernobyl” (HBO)

Melhor Atriz numa minissérie ou filme para a TV - Michelle Williams, “Fosse/Verdon”

Melhor Telefilme - “Bandersnatch,” (Netflix)

Melhor Ator numa minissérie ou filme para a TVe - Jharrel Jerome, “When They See Us“

Melhor Argumento de uma minissérie ou filme para a TV - Craig Mazin “Chernobyl”

Melhor Ator Secundário numa minissérie ou filme para a TV - Ben Whishaw, “A Very English Scandal”

Melhor Realizador de uma Série de uma minissérie ou filme para a TV - Johan Renck, “Chernobyl”

Melhor Atriz Secundária numa minissérie ou filme para a TV - Patricia Arquette, “The Act”

Melhor Programa de Competição - “RuPaul’s Drag Race”

Melhor Atriz numa Série de Comédia - Phoebe Waller-Bridge, “Fleabag”

Melhor Ator numa Série de Comédia - Bill Hader, “Barry“

Melhor Realizador de uma Série de Comédia - Harry Bradbeer “Fleabag”

Melhor Argumento de uma Série de Comédia - Phoebe Waller-Bridge “Fleabag”

Melhor Atriz Secundária numa Série de Comédia - Alex Borstein, “The Marvelous Mrs. Maisel”

Melhor Ator Secundário numa Série de Comédia - Tony Shalhoub, “The Marvelous Mrs. Maisel”