Nick Carter pede ordem de restrição contra o irmão, Aaron Carter, que acusa de ter tentado matar a sua mulher grávida

Nick Carter pede ordem de restrição contra o irmão, Aaron Carter
Aaron Carter na Selfie

As polémicas em torno de Aaron Carter não param. Agora, é o irmão do cantor, Nick Carter, a pedir uma ordem de restrição, acusando-o de ter tentado matar a sua mulher grávida.

Nick Carter entrou com uma ordem de restrição contra o irmão Aaron Carter, alegando que o cantor de "I Want Candy" ameaçou matar a sua "esposa grávida e o bebé".

Nick Carter, de 39 anos, fez uma publicação no Twitter em que alega: "Depois de uma cuidadosa consideração, eu e a minha irmã Angel lamentamos ser obrigados a intentar uma ordem de restrição contra o nosso irmão Aaron".

O membro da banda Backstreet Boys justifica a decisão devido ao "comportamento cada vez mais alarmante de Aaron e à sua recente confissão de que tem pensamentos e intenções de matar" a sua esposa grávida e o nascituro.

"Ficamos sem escolha, a não ser tomar todas as medidas possíveis para nos protegermos e à nossa família", concluiu Nick Carter, que reitera que ama o irmão e espera que este "receba o tratamento adequado de que precisa antes que qualquer dano aconteça a si ou a qualquer outra pessoa".

Já Aaron Carter, de 31 anos, reagiu à ordem de restrição, também, no Twitter, partilhando que não vê o irmão há quatro anos, nem pretende fazê-lo. "Estou surpreso com as acusações feitas contra mim e não desejo mal a ninguém, especialmente à minha família. Tudo o que peço é que minha família me deixe em paz. Isso é sangue. Não é amor", reiterou o cantor que, recentemente, deu uma entrevista em que assumiu a luta contra a toxicodependência.

Recorde, agora, a entrevista com as revelações de Aaron Carter.

Recorde, agora, alguns sucessos dos Backstreet Boys e de Aaron Carter.