urlvisit

Naomi Campbell é atacada por usar vestido que simula um tiro

Naomi Campbell é atacada por usar vestido que simula um tiro
Naomi Campbell fala sobre descriminação racial na moda
Naomi Campbell na Selfie

Depois de desfilar na Semana da Moda de Londres, Naomi Campbell voltou a ser o centro das atenções e não foi pelos melhores motivos.

Foi na grande festa do 90.º aniversário de um fabricante de armas bilionário que Naomi Campbell decidiu escolher usar um longo vestido branco bastante polémico, já que o look simulava que a manequim tinha sido atingida com um tiro, suscitando, assim, inúmeras críticas. 

Depois de serem divulgadas fotografias do outfit, além de choverem críticas nas redes sociais, o Daily Mail avançou que várias foram as associações apoiantes de vítimas de tiroteios que se pronunciaram, mostrando-se revoltadas com a escolha do vestido, sublinhando a epidemia de tiroteios nos Estados Unidos. 

"Isto é um insulto para cada pessoa cujo filho foi assassinado no Reino Unido. Odeio quando as celebridade acham que é ótimo dar ‘glamour’ ao crime armado, é nojento", afirmou Lucy Cope, fundadora da Mothers Against Guns. 

Já a chefe da Rede de Controlo de Armas, Gill Marshall-Andrews, disse tratar-se de uma escolha "deplorável": "É óbvio que Naomi está um pouco velha e quer publicidade. É claro que é deplorável e um insulto a todos aqueles que foram afetados pela violência armada, mas de certa forma tenho pena dela".

Naomi Campbell, de 49 anos, não ficou indiferente às críticas e referiu: "Eu quis apoiar o jovem designer britânico Mowalola Ogunlesi, que fez um excelente trabalho e é apaixonado por levar um assunto tão sério como este a destaque."

Veja, agora, as imagens, na galeria de fotografias que preparámos para si.