"Casa dos Segredos": Cristiana Dionísio revela, finalmente, quem é o pai do filho e faz acusações graves

Cristiana Dionísio, da "Casa dos Segredos", batizou o filho

Foi através das redes sociais que a ex-concorrente decidiu quebrar o silêncio sobre o pai do filho.

A jovem, que, até à data, preferiu não revelar a identidade do pai de Dylan, de um ano, perdeu o medo e contou tudo.

Cansada de ser julgada, a ex-concorrente do reality show da TVI sentiu necessidade de se defender: "Muitas vezes fui julgada, sim, por tudo aquilo que saiu na imprensa. Muitas vezes sou mal falada, sim, por não saber quem é o pai do meu filho. Muitas vezes sou apontada, sim, pelo meu passado, então, agora, também vou ter o meu direito: o direito de me defender. Não é que alguém tenha alguma coisa a ver com isso, mas se todos podem dizer mentiras sobre a minha vida, por que é que eu não me posso defender? Como mulher e como mãe que sou, não posso mais ficar calada perante isto. Aquilo que tem vindo a matar a curiosidade de muita gente - vai ser matada hoje. Talvez eu dê sangue a quem não gosta de mim, mas lembrem-se de que todos nós passamos momentos difíceis na vida."

"Quando há um tempo tinha saído na imprensa quem era o pai do meu filho e eu desmenti que seria ele o pai, pois é: eu menti. O Euciodalcio sempre foi o pai do meu filho. Eu só desmenti, porque estava cansada, cansada de ser mal falada, como se eu fosse uma qualquer que ele tivesse engravidado!!! Então, eu não sou uma qualquer, não. Eu sou um caso em muitos casos que acontecem de mães solteiras. Tive uma relação com o pai do meu filho, uma relação que só eu e ele é que sabemos, porque só eu e ele é que vivemos a nossa história", sublinhou Cristiana Dionísio.

Magoada, a jovem confessou que o seu nome ficou manchado com toda esta situação: "Por mais que ele diga o que quiser para enganar as pessoas, para ele ficar bem, por mais que ele invente o que queira para a burra da namorada dele - que, coitada, ainda é uma miúda. É normal deixar-se iludir. Por mais que ele esconda o filho perante o mundo e os amigos, ele sabe que nada do que ele diga da boca para fora comprava a realidade do que passámos."

Cristiana Dionísio admitiu, ainda, estar arrependida de se ter envolvido com o pai do filho: "Se me perguntassem, hoje, se eu voltava atrás, eu voltava, sim, mas era para desconhecer essa pessoa, que, para mim, é uma vergonha de ser humano. Essa pessoa, para conseguir estar com mulheres, para conseguir ficar bem perante a família e os amigos, queimou-me, sujou-me, humilhou-me e eu sempre fiquei calada, mas chegou a minha hora. Cansei de ouvir comentários sobre eu não saber quem é o pai, sobre o meu filho ser filho de A, B, C, D. O meu filho tem pai, sim! Sempre teve pai desde a hora que foi feito! Só que tem um pai que o esconde, que diz a toda a gente que não é filho dele. Não acho justo o meu filho sair prejudicado, por causa de uma pessoa sem caráter, sem noção, com um mau espírito que não consegue ver o quanto é feio essas atitudes, que só pensa nele, que é ruim, egoísta, manipulador! Em momento algum largou a vida dele para ir a um hospital ou a uma consulta com o filho. Em momento algum se preocupou se o filho precisava de comer ou de vestir. Sempre me apontou o dedo, mas nunca ele foi um exemplo a seguir... Eu era incapaz de gastar o meu dinheiro com homens, noites, ostentações, sem pôr o meu filho em primeiro lugar. Graças a Deus, eu tenho muito orgulho em ser quem sou! Sou uma mulher, sou uma mãe, sou um ser humano com coração! Se eu pudesse tinha escolhido outro pai para o Dylan, pois o meu filho é a melhor coisa que Deus me deu!"