Insólito: Johnny Depp acusa Amber Heard de defecar na cama após discussão

Ana Albernaz
Amber Heard na Selfie
Johnny Depp visivelmente mais magro, um ano após a separação
Johnny Depp na Selfie

A conturbada separação de Amber Heard e Johnny Depp ganhou mais um capítulo, no mínimo, insólito. O ator acusa a ex-mulher de ter defecado na cama do casal após uma discussão.

O caso terá acontecido em abril de 2016, um mês antes de Amber Heard ter acusado Johnny Depp de a ter agredido, o que levou ao divórcio do casal.

Agora, o ator vem dizer que a ex-mulher defecou na cama do casal como vingança, após uma discussão por este se ter atrasado duas horas para a festa do 30.º aniversário da atriz.

Segundo o jornal The Mirror, a empregada do ex-casal terá descoberto os lençóis sujos quando o ator, de 55 anos, saiu do quarto, em Los Angeles, depois de uma grande discussão.

Amber nega as acusações e diz que o responsável pelas fezes é o cachorro Boo, um pequeno Yorkshire Terrier. "Ele tem sérios problemas intestinais. Nunca houve nenhuma brincadeira, não foi para ser desrespeitoso. Foi uma coisa inocente, que muitos animais de estimação fazem. Não temos mais nada a dizer. A Sra. Heard está a seguir com a sua vida e não nos queremos envolver neste absurdo", explicou uma fonte ao jornal.

Recorde-se que Heard e Depp se casaram em 2015 e que o divórcio do casal foi decretado em 2017.