Crónicas

Maria Duarte Bello: "A liderança feminina é um símbolo de ousadia"

A consciência da liderança feminina e o seu impacto é fundamental na construção de uma sociedade mais justa e equilibrada.

CEO da MDB - Coaching e Gestão de Imagem, Coach PCC & Mentor Senior
  • 12 jun, 16:55
Maria Duarte Bello
Maria Duarte Bello

Quando as mulheres reconhecem o poder da sua liderança, elas não transformam apenas as suas próprias vidas, mas também servem de inspiração para outras mulheres e meninas ao redor do mundo.

A liderança feminina é um exemplo de determinação. Muitas mulheres enfrentam desafios significativos para chegar a posições de liderança, incluindo discriminação de género, preconceitos culturais e falta de oportunidades. Ao superarem estas barreiras, demonstram uma incrível resiliência e persistência. Este exemplo de determinação pode motivar outras mulheres a persistirem nos seus objetivos, mesmo diante das adversidades.

Além disso, a liderança feminina é um símbolo de ousadia. Para muitas mulheres, alcançar uma posição de liderança exige que saiam das suas zonas de conforto e desafiem o status quo. Esta ousadia não só abre caminho para novas oportunidades, mas também redefine o que é possível para as futuras gerações de mulheres. Ao verem mulheres a assumir papéis de destaque, outras sentem-se encorajadas a ousar mais, a sonhar mais alto e a buscar as suas próprias aspirações sem medo.

A coragem é outra característica inerente à liderança feminina. Num mundo onde muitas vezes as mulheres são subestimadas ou subvalorizadas, aquelas que se destacam como líderes mostram uma coragem admirável. Enfrentam críticas, resistências e, muitas vezes, precisam equilibrar múltiplas responsabilidades. A coragem para enfrentar estes desafios e continuar a liderar é um testemunho poderoso do que é possível quando se tem coragem e determinação.

Mulheres líderes também desempenham um papel crucial na promoção da igualdade de género e na criação de ambientes mais inclusivos. Ao ocuparem posições de liderança, têm a capacidade de implementar políticas que promovem a diversidade e a inclusão, beneficiando não apenas outras mulheres, mas toda a sociedade. A presença de mulheres em cargos de liderança traz perspetivas variadas e soluções inovadoras, contribuindo para um desenvolvimento mais sustentável e equitativo.

Na minha opinião, a liderança feminina tem o poder de moldar o futuro. Quando meninas e jovens mulheres veem exemplos de liderança feminina, elas ganham modelos a seguir e sentem-se mais capacitadas para perseguir as próprias ambições. A visibilidade das mulheres líderes é fundamental para quebrar estereótipos de género e mostrar que a liderança não é uma questão de género, mas de competência, habilidade e visão.

Portanto, é essencial que as mulheres reconheçam a importância da sua liderança. E é necessário promover uma nova geração de mulheres líderes. Abordar as problemáticas da liderança feminina, destacar os desafios em cargos de liderança e revelar as complexidades de um cenário marcado por crenças limitantes profundamente enraizadas. E ter em atenção que, muitas vezes, o grande inimigo são elas próprias pondo em causa o amor próprio. Desde o viés de género que coloca em causa as capacidades das líderes femininas até as barreiras estruturais como o "teto de vidro" que limita o avanço profissional. Deve explorar-se as questões que impactam a trajetória das mulheres em posições de destaque e ainda as competências essenciais para se ser líder. Sabemos que ao enfrentar resistências culturais, estereótipos persistentes e desafios na conciliação da dupla jornada e a falta de role models, as líderes femininas procuram superar os obstáculos para alcançar equidade no ambiente de trabalho. A promoção de si mesma ou como tornar-se relevante, a importância do networking, são temas ainda por explorar devidamente.

Maria Duarte Bello
CEO da MDB - Coaching e Gestão de Imagem, Coach PCC & Mentor Senior

Relacionados

Patrocinados