Psicóloga Tânia Correia e os grandes mitos sobre a educação das crianças

Disseram-nos tantas mentiras.

Psicóloga, mestre em Psicoterapia Cognitiva-Comportamental na área da infância e adolescência / OPP: 24317
  • 6 abr 2023, 07:00
Tânia Correia
Tânia Correia

Mentiram-nos ao dizerem que se dermos colo aos nossos filhos eles ficam mal habituados. O único hábito que uma criança que não vê as suas necessidades acolhidas cria é o hábito de não se sentir amada. Infelizmente, este é um hábito difícil de perder, acompanha-a pela vida fora como uma verdade absoluta - se nem os pais a conseguiram amar, por que é que os outros o iriam fazer?

Mentiram-nos ao dizer que "de pequenino é que se torce o pepino". Os nossos filhos não são vegetais, eles têm vida e são seres únicos, com direitos. A nossa função não é torcê-los, desvirtuá-los, manipulá-los; enquanto pais estamos nas suas vidas para os elevar, nunca dobrar.

Mentiram-nos ao dizer que "se não tiveres mão neles agora, nunca mais terás". Quanto mais tentarmos "ter mão" nos nossos filhos, mais apertados e esmagados eles se irão sentir e ansiarão pelo dia em que se poderão soltar - nesse dia vamos perdê-los. Não precisamos de ter mãos neles, precisamos de andar de mãos dadas com eles, lado a lado.

Mentiram-nos, sem dúvida, mas podemos e merecemos repor a verdade.

Texto de 3m’s - Menina, Mulher, Mãe

Tânia Correia
Psicóloga, mestre em Psicoterapia Cognitiva-Comportamental na área da infância e adolescência / OPP: 24317

Relacionados