Conta-me

Nuno Graciano confessa: "Se não tivesse entrado no 'Big Brother', não sei qual seria o meu futuro"

O ex-concorrente do "Big Brother Famosos 2" Nuno Graciano teve uma conversa emotiva com Maria Cerqueira Gomes, no programa "Conta-me", e falou sobre a participação no reality show da TVI.

Nuno Graciano foi o protagonista da emissão deste sábado, dia 7, do programa "Conta-me". Numa conversa emotiva, o apresentador, de 53 anos, falou sobre como a sua vida mudou, após a participação na segunda edição do "Big Brother Famosos".

O comunicador começou por recordar um dos maiores riscos que o próprio reconhece já ter cometido: a candidatura à Câmara Municipal de Lisboa, pelo partido Chega.

"O que acontece é que conheço pessoalmente o André Ventura [líder do partido] há muito tempo e achei que foi muito engraçada a forma como me convidou, dando-me total independência. O que ele me disse foi: 'Nuno, tu és independente, tens aqui um projeto que podes desenvolver como quiseres'. E eu disse: 'André, há coisas no partido, no teu partido, com as quais concordo e há coisas com as quais não concordo nada.' E o André disse-me: 'Isso não é problema. É a tua liberdade. Não vejo problema nenhum nisso.'", começou por recordar Nuno Graciano.

Após um resultado que quase o elegeu como um dos vereadores do município, o apresentador foi convidado para continuar a trabalhar, politicamente, com o partido. "Não quis continuar a minha carreira política, nem faço questão de continuar carreira política de espécie alguma", assegurou.

Considerando esta incursão na política como um dos maiores riscos que já correu, Nuno Graciano garantiu que não quer "limpar este momento", mas confessou que a participação, no "Big Brother Famosos 2", chegou "em boa altura", numa fase em que a popularidade do comunicador estava em crise, devido a esta ligação ao Chega: "Quando entrei, estava mesmo muito triste. Tinha-me esquecido imenso de mim. Se não tivesse entrado neste 'Big Brother', não sei, francamente, qual seria o meu futuro. Andava tão desanimado, tão triste que esta experiência fez-me lindamente. Oxigenou-me. Acho que podia ter entrado numa depressão ou, até, numa coisa mais grave."

Veja, agora, na íntegra, a entrevista concedida por Nuno Graciano, no programa "Conta-me".

Relacionados