urlvisit

Cláudia Lopes chora morte: "A sua partida deixa-me sem reação"

Cláudia Lopes na SELFIE
Como nunca a viu! Cláudia Lopes, a mulher para além do MaisFutebol
O que não pode faltar num "first date"? Cláudia Lopes responde
SELFIE SEM FILTOS convida Cláudia Lopes
Imagens inéditas do casamento de Cláudia Lopes

A jornalista Cláudia Lopes mostrou-se de luto, nas redes sociais.

Foi este sábado, dia 28, que faleceu Vítor Oliveira. O treinador português morreu, aos 67 anos, vítima de um ataque cardíaco, durante uma caminhada.

Nas redes sociais, multiplicam-se as homenagens a Vítor Oliveira. É o caso de Cláudia Lopes, jornalista da TVI24, que apresenta o programa desportivo "Einsteins", cujo um dos comentadores era, precisamente, o técnico.

"Conheci-o em fevereiro de 98 antes de um [jogo] União de Leiria-Boavista. Fui a Leiria fazer o treino, o meu primeiro treino. Foi gentil e afável: '"Pergunte o quiser e fique aqui no relvado que eu explico-lhe tudo'. Se segui o jornalismo desportivo, talvez lho deva, pela forma como me acolheu e me quis ajudar. Depois, os caminhos sempre se cruzaram com respeito e profunda admiração. Em agosto, consegui convencê-lo a juntar-se a nós, na TVI24, aos domingos à noite. Foi um privilégio, Mister", começou por desabafar Cláudia Lopes, na legenda de uma fotografia de Vítor Oliveira.

"Olhe que nunca fui pessoa de ficar muitas vezes sem palavras, mas a sua partida deixa-me sem reação. Mas sabe o que me dói mais? Estes tempos, que agora vivemos, em que possivelmente nem lhe podemos prestar a homenagem que merece. À família um profundo pesar e um pedidos de desculpas. Porque foi para nos animar os domingos e nos ensinar a amar o jogo que tantas vezes vos deixou. Obrigada, Mister, devo-lhe tanto", rematou.

Veja, agora, a imagem de Vítor Oliveira, partilhada por Cláudia Lopes, na galeria de fotografias que preparámos para si.