urlvisit

Emocionada, Cristina Ferreira assume: "Sentia que tinha de voltar, porque ajudei a destruir"

Cristina Ferreira: «Voltei sabendo de tudo o que me ia cair em cima»
Cristina Ferreira revela data de estreia do seu novo programa
Cristina Ferreira: «Eu não estava bem, precisava mesmo de sair»
Cristina Ferreira: «Se correr mal, é apenas o início de algo muito bom»
Cristina Ferreira: «Regressei naquele que achei ser o momento certo»

Após 14 anos de dupla nas manhãs na TVI e dois anos de separação, Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira reencontraram-se na condução do programa "Você na TV!".

"Vi a TVI a cair e sentia que tinha de voltar para ajudar a pôr tudo no lugar, porque eu ajudei a destruir", afirmou Cristina Ferreira, durante a conversa, "olhos nos olhos," que teve com Manuela Luís Goucha, referindo-se ao que a fez voltar à estação de Queluz de Baixo.

"Como foi viver dois anos sem mim, profissionalmente?", questionou o apresentador, no início da conversa, com a Diretora de Ficção e Entretenimento da TVI a revelar: "És das pessoas que melhor compreende a minha ida. Sabes como gosto de fazer televisão. Senti que, aqui, não estavam a valorizar isso e estava a ser mais uma. Houve um convite e já fui para a primeira conversa a saber que ia embora. Já tinha sido diretora desta casa e nunca pude pôr em prática. Por ser mulher sempre fui colocada no meu lugar. O programa que fiz na SIC já o tinha apresentado aqui e ficou numa gaveta, algo que compreendo."

Cristina Ferreira frisou, então, que a saída foi motivada pela necessidade de provar que era "capaz" de atingir resultados sem Manuel Luís Goucha e que, apesar do grande orgulho que sentiu ao ver "O Programa da Cristina" ser líder de audiências desde o primeiro dia, a 7 de janeiro de 2019, "nunca quis competir".

Depois, quando começou a ver que os objetivos estavam cumpridos, Cristina Ferreira assume que sentiu "culpa" e vontade de regressar. "Vi a TVI a cair e sentia que tinha de voltar para ajudar a pôr tudo no lugar, porque eu ajudei a destruir. Senti culpa. [...] Podia ter ficado na SIC, a ganhar muito mais, com muito mais condições do que, hoje, estou a ganhar aqui", afirmou, explicando, de seguida: "Eu não negoceio com ninguém, eu tomo decisões."

Durante a conversa, a apresentadora revelou, ainda, que "O Dia da Cristina" estreia-se esta quarta-feira, dia 23, pelas 10:00 horas, e que "vai revolucionar a televisão em Portugal".