Nacional

Sara Carreira: Ivo Lucas e Cristina Branco acusados de homicídio por negligência pelo Ministério Público

O site da CNN Portugal confirmou que o Ministério Público acusa o cantor Ivo Lucas e a fadista Cristina Branco de homicídio, por negligência, de Sara Carreira.

Após ter sido contactado pela CNN Portugal, Tony Carreira, pai de Sara, recusou-se, para já, a prestar quaisquer declarações sobre o caso, reservando, para mais tarde, uma tomada de posição pública. O site do canal informa, ainda, que o advogado do cantor confirmou que a família já foi notificada da acusação.

Segundo a CNN Portugal, citando a publicação Jornal de Notícias, o relatório final do inquérito, realizado pela GNR e que foi entregue ao Ministério Público, tinha concluído que Ivo Lucas, que conduzia a viatura no momento do acidente, seguia a 128 quilómetros por hora, num piso escorregadio, uma velocidade que as autoridades consideraram ser excessiva, tendo em conta as condições climatéricas na altura.

Além disso, o documento responsabiliza os condutores dos dois veículos (num dos quais estava a fadista Cristina Branco), que embateram antes do capotamento da viatura, na qual seguia Sara Carreira e Ivo Lucas, e que, de acordo com o relatório, deveriam ter sinalizado o acidente.

Mesmo assim, o documento atribui uma maior responsabilidade a Ivo Lucas, porque ficou concluído que, na altura do embate, não estava a chover e havia visibilidade suficiente para evitar o choque - como, aliás, outros veículos conseguiram fazê-lo.

Relacionados