Nacional

Tarot deixa alertas para alguns dos signos! Veja as previsões para a semana de 13 a 19 de junho

Veja as previsões do horóscopo para os diferentes signos, interpretadas por Vera Xavier LifeCoach & Tarot, para a semana de 13 a 19 de junho.

LifeCoach & Tarot
  • 13 jun, 12:49
Tarot
Tarot

CARNEIRO - Pajem de Ouros

"Esperar pelo melhor e preparar-se para o pior: eis a regra." (Fernando Pessoa)

Estamos à espera da conjuntura perfeita, da energia perfeita, de estarmos preparados para dar aquele salto, para arriscar, para conquistar ou para simplesmente mostrar o que sentimos… estamos sempre à espera do momento ideal e se esse momento não existir? E se ele surgir e nós estivermos distraídos, como estamos quase sempre? O que vai acontecer? Nada. 

Será que existem momentos perfeitos para agir? Há um momento ideal, sim, chama-se agora.

É claro que podem existir conjunturas melhores ou piores, mas perfeitas? Hummm, não me parece! Essa é apenas mais uma desculpa que a nossa mente usa para continuarmos parados no nosso cantinho, aparentemente, seguro. 

Digamos que, demasiadas vezes, ficamos a ver passar os navios. O mais engraçado é que, mesmo assim, somos capazes de nos queixar da vida. Se formos honestas/os, brutalmente honestas/os, vamos admitir que houve várias ocasiões em que poderíamos ter feito mais. 

O Pajem de Ouros pode indicar que esta é uma semana de novas oportunidades. Fique atenta/o pois elas podem vir de onde menos esperar. Com muita paciência e serenidade, analise cada uma delas, pesquise para saber se é mesmo o que deseja e, depois, decida com a certeza possível. Como se costuma dizer nem tudo o que luz é ouro e nesta era, em que muita gente procura soluções fáceis e rápidas, acabamos por nos envolver em enganos danados, daí que os passos devem ser dados quando existe alguma certeza e acordo entre o coração e a mente. Consegue, sim!

***

TOURO - 4 de Copas

"A coragem que vence o medo tem mais elementos de grandeza do que aquela que o não tem. Uma começa interiormente; outra é puramente exterior. A última faz frente ao perigo; a primeira faz frente, antes de tudo, ao próprio temor dentro da sua alma." (Fernando Pessoa)

O ser humano é pró a criar hábitos, vícios e rotinas mais ou menos agradáveis, talvez porque assim se sinta mais seguro. É o chamado controlo freakismo

Há até quem prefira aprisionar-se em rotinas desconfortáveis em vez de enfrentar uma mudança, seja ela boa ou má. Sim, seja ela positiva ou negativa. O pensamento 'para mal, já me basta assim', torna-nos seres medianos numa vida banal. 

Vejamos este simples exemplo: toda a gente sabe que fumar faz muito mal, verdade? Perde-se qualidade de vida, gasta-se dinheiro, etc.. Então, porquê manter esse hábito letal? Será um género de suicídio inconsciente? Se sabemos que nos mata…

Preferimos tapar o sol com a peneira a resolver o que há a resolver. Até quando? Até apanharmos um susto valente. Porque será que tem de ser assim? Porque é que a bem não aprendemos?  

Tudo começa em nós, tudo provem de nós, portanto, se mudarmos hábitos mudamos a qualidade de vida. Viver bem ou mal é uma decisão nossa. Vou repetir isto até ao fim dos meus dias. 

Perguntemo-nos: "Como posso melhorar?"; "Quais são as minhas melhores qualidades?"; "O que posso fazer para limar as arestas que faltam limar?". Devemos perguntar isto sem ceder à tentação de culpar a vida ou os outros por aquilo que passámos e nos tornámos; porque foi ao passarmos por esses momentos mais complexos que nos tornámos melhores seres humanos… esperemos.

***

GÉMEOS - 9 de Paus

"Tudo é ousado para quem nada se atreve." (Fernando Pessoa)

É importante não ficarmos de braços cruzados a ver a vida passar, mas há que ter em mente que o movimento per se nem sempre significa progresso, tal como ação também não significa realização. Um ratinho num cárcere que passa o tempo todo a andar na roda está em movimento, mas ele nunca irá a lado nenhum. 

Quem se deixa levar pela maré não está parado, mas também não sabe para onde vai. Esta postura resulta? Às vezes, resulta. Leva-nos aonde queremos ir? Quase nunca. Leva-nos para onde a vida quer que estejamos. Isso é bom? Sim, pode ser ótimo, porque nós não fazemos ideia o que é melhor para nós. 

O Tarot pede-lhe que fale menos sobre os seus intentos - consegue, sim :) e aja mais. Como disse Alfred Montapert: "Seja um executor e não um falador."

Um objetivo de cada vez, degrau a degrau chegará mais próximo do que quer. 

Quanto aos pensamentos de derrota, esses não podem ter espaço para criar raízes e essa é uma tarefa que só pode ser feita por nós. Aja como se fosse impossível falhar! Aja como se o mundo fosse seu e a vitória fosse uma consequência inevitável e… assim será. Nunca se esqueça que é a qualidade das suas ações que determina e mostra o seu valor.

***

CARANGUEJO - A Papisa

"Digo-vos: praticai o bem. Porquê? O que ganhais com isso? Nada, não ganhais nada. Nem dinheiro, nem amor, nem respeito, nem talvez paz de espírito. Talvez não ganheis nada disso. Então por que vos digo: praticai o bem? Porque não ganhais nada com isso. Vale a pena praticá-lo por isto mesmo." (Fernando Pessoa)

Todos desejamos viver em Paz, mas poucos são os que se predispõem a fazer as pazes, que passa pelo perdão, preferindo ficar na angústia, na dor. 

Já não acreditamos que uma zanga entre família,  amigos, em casal, se possa resolver com facilidade e optamos por virar as costas de forma radical. Preferimos não ceder, agarrarmo-nos ao orgulho desmesurado e perdemos as pessoas que amamos, mas ceder nunca! Somos tão infantis…

Parece ridículo, mas é verdade! Ah, o orgulho ao que obriga! Somos seus escravos. Será assim tão difícil perceber que o que nos torna humanos é o reconhecimento dos nossos erros? É a nossa capacidade de recomeçar todos os dias e mudar o que for preciso que nos distingue das máquinas.

Todos erramos, todos excedemos limites, os nossos e os alheios, a diferença é como gerimos o "após asneira". 

A Papisa pede que reveja as suas atitudes e pondere se vale a pena continuar com a casmurrice e perder algo ou alguém importante. Já perdeu algumas coisas valiosas por orgulho, não já? Então, não cometa o mesmo erro.

***

LEÃO - Rainha de Espadas

"Custa tanto ser sincero quando se é inteligente! É como ser honesto quando se é ambicioso." (Fernando Pessoa)

Esta semana a sua carta é a Rainha de Espadas; mulher erudita, lógica, mulher que sabe dominar de forma plena as dependências emocionais e que, com isso, evita todos aqueles sentimentos que a fariam ir até ao fundo do poço. Ela sabe parar antes que isso aconteça, porque nem sempre tem de ser assim tão intenso.

O Tarot revela que, durante a influência desta carta, poderá estar mais racional. Para os impulsivos leõezinhos isto poderá ser uma bênção, pois, esta rainha, trará a calma necessária para não deitarem por terra determinadas situações. 

Nem sempre podemos fazer e dizer que o nos vem à cabeça, principalmente se isso ferir os sentimentos alheios. Até a verdade - seja lá o que isso for - deve ser dita com delicadeza. 

Seja em questões profissionais ou pessoais, quando perceber que está prestes a zangar-se, pare e, se for preciso, vire as costas, afaste-se, pois o confronto direto nem sempre é a melhor alternativa… quase nunca é.

No Amor, poderá sentir algum distanciamento. Mais do que culpar alguém, pense como pode aproximar-se e nutrir a relação. 

Pois é ser racional é bom para algumas coisas, mas esta é uma característica que tem que ser usada com conta, peso e medida. Fechar a porta aos seus sentimentos fará apenas com que se sinta presa/o, afastando-a/o cada vez mais da sua metade. A falta de comunicação e o medo de demonstrar o que sente poderá sabotar a união e como sabemos, unidos somos muito mais fortes.

***

VIRGEM - 2 de Copas

"O amor romântico é como um traje, que, como não é eterno, dura tanto quanto dura; e, em breve, sob a veste do ideal que formámos, que se esfacela, surge o corpo real da pessoa humana, em que o vestimos. O amor romântico, portanto, é um caminho de desilusão. Só o não é quando a desilusão, aceite desde o princípio, decide variar de ideal constantemente, tecer constantemente, nas oficinas da alma, novos trajes, com que constantemente se renove o aspeto da criatura, por eles vestida." (Fernando Pessoa)

Amar? Sim, sempre e o mais possível. Não confundir, no entanto, amor e carência, solidão, posse, etc. 

É preciso ter em mente que não vamos gostar de tudo em cada pessoa. Podemos amá-las, mas elas terão características que não vamos gostar. É natural. Pensar o contrário é uma ilusão, ou melhor, uma desilusão certinha. 

Cuidado com a exigência. A exigência pode ser um mecanismo de sabotagem que conduz ao isolamento. Não queremos isso, certo? Certo. :)

***

BALANÇA - O Imperador

"Sê plural como o universo!" (Fernando Pessoa)

Cada ser é único! Então, por que passamos a vida a querer ser igual aos outros? Olhamos à volta e desejamos ser com aquela pessoa ou ter a vida da outra, mas o que sabemos nós sobre elas? Será que são felizes? 

Acha que alguém consegue ser feliz. Não sendo quem é? Acha que fingindo ser algo que não é conduzirá ao bem-estar? Não, não conduz. Conduz a uma existência superficial. E imagine o esforço que é preciso para manter esse teatro.

Cultive a sua diferença! Não deixe que a sociedade, o sistema, destrua a sua faceta mais espontânea, rebelde e sonhadora, uniformizando-o e delapidando tudo aquilo que a/o torna um ser único. Tem medo que a sua diferença seja negativa? Aquilo que uma pessoa tem a mais, existirá outra que terá a menos e essa é a lei da vida. Em algumas coisas somos melhores do que os outros e noutras somos piores, o que fazer? Trabalhar os nossos pontos mais fracos, claro, competindo unicamente connosco.

***

ESCORPIÃO - O Eremita

"Ah, não há saudades mais dolorosas do que as das coisas que nunca foram!" (Fernando Pessoa)

Tem tratado bem quem ama? Tem a certeza? Será que não pode fazer um pouquinho mais? Vá, não estamos a falar de ser dependente, tipo melguinha, mas existe um meio-termo, ou não? 

O Eremita indica que poderá estar a isolar-se e a provocar distanciamento, tanto da família como dos amigos. É verdade que toda a gente precisa, de vez em quando, do seu espaço e do seu tempo, o busílis é que, quando nos damos conta, estamos tão longe que, inclusivamente, deixamos de nos ver a nós mesmos, tal o alheamento.

Não descure os seus, há tempo para tudo. 

Qual é a melhor forma de fazer com que os outros se sintam amados e especiais? Dizendo e demonstrando o que lhe vai na alma.

Privilegie o diálogo com todos e entre todos.

***

SAGITÁRIO - O Papa

"Uns governam o mundo, outros são o mundo." (Fernando Pessoa)

Vivemos encarcerados no mundo do "politicamente correto", tentando ser felizes com os valores que a sociedade instituiu como os melhores. Com o passar da vida, percebemos que muitos deles são anacrónicos, absurdos e altamente restritivos. 

A quantos de nós não aconteceu já conhecermos alguém com um "embrulho" lindo, mas que, depois, por dentro, deixava muito a desejar. 

O Papa sugere que talvez esteja na hora de se insurgir contra algumas dessas regras que a/o poderão estar a impedir de se mostrar e expor como verdadeiramente é. 

Vamos a um exemplo extremo? Vamos. Se lhe apetece dançar de uma forma esquisita, dance! Se discorda de algumas questões e resoluções apresentadas (tanto no trabalho, como na vida pessoal), expresse-o, com firmeza e em voz alta (mas não aos gritos!)! Já sabemos que à vontade não é… ;)

Tem todo o direito de se insurgir contra regras ou ideias que acha incorretas, ainda assim, não se esqueça que a agressividade nunca foi a melhor arma. Ela só gera anticorpos e ainda mais agressividade. Aliás, é assim que, automaticamente, perdemos a razão. Porque não usa o seu charme e diplomacia?

***

CAPRICÓRNIO - A Força

"Tive grandes ambições e sonhos dilatados - mas esses também os teve o moço de fretes ou a costureira, porque sonhos tem toda a gente: o que nos diferencia é a força de conseguir ou o destino de se conseguir connosco." (Fernando Pessoa)

Força e coragem para defender as nossas convicções, é o que distingue os homens entre si e são estas palavras que deverá relembrar durante a sua semana. Está preparada/o para lutar com determinação pelas suas paixões? Não bloqueie a sua vontade e motivação, esqueça as outras tentativas e prepare-se, porque está na altura de tomar decisões (nunca antes pensadas) para conseguir os resultados que deseja. Já tentou por outras vias e não deu resultado? Então, não vale a pena insistir na mesma estratégia. Tire tempo para si e para se organizar mentalmente.

A Força indica, também, que é hora de perdoar e esquecer. Limpe o seu coração de mágoas ou rancores que só ocupam espaço e energia. Estes sentimentos menos luminosos apenas fomentam guerras e fazem com que desperdicemos tempo e recursos. 

Não somos iguais, temos necessidades diferentes, por isso é necessário sermos tolerantes, muito mais tolerantes e o autocontrolo tem de estar sempre presente, para o bem das  suas relações. 

***

AQUÁRIO - Rei de Espadas

"Digo-vos: praticai o bem. Porquê? O que ganhais com isso? Nada, não ganhais nada. Nem dinheiro, nem amor, nem respeito, nem talvez paz de espírito. Talvez não ganheis nada disso. Então por que vos digo: praticai o bem? Porque não ganhais nada com isso. Vale a pena praticá-lo por isto mesmo." (Fernando Pessoa) [não é lindo?]

Há alturas em que esperar não é uma solução e é isso mesmo que o Rei de Espadas transmite. Esta semana, poderá ter de levar em frente uma decisão importante, tomar uma posição e/ou defender com unhas e dentes as suas convicções. O nosso percurso de vida, a nossa evolução, tudo isto depende das resoluções que tomamos a cada dia. Somos capazes de mudar o mundo se quisermos… o importante é querer e agir tal como Pessoa referiu, fazendo o Bem pelo Bem. Num nanossegundo podemos mudar o rumo da nossa vida. Não acha que já chega de adiar?

No Amorzinho, o Tarot pede que não tenha medo de expressar as suas emoções. Tenha em mente que não é transparente, nunca foi e nunca será. Demonstre, demonstre muito mais e com qualidade.

***

PEIXES - 9 de Espadas

"Assim como lavamos o corpo devíamos lavar o destino, mudar de vida como mudamos de roupa." (Fernando Pessoa)

Ter objetivos na vida é essencial mas não podemos, nem devemos, ser obstinados pensando que só determinado caminho - ou pessoa - nos fará felizes. Isto porque, um dia, quando surgir algo mais real, não nos apercebemos de tão focados que estamos "naquilo", que teimosa e cegamente, insistimos em acreditar - muitas vezes, com provas cabais de que são mentiras. 

Vamos pensar: o trabalho é importante, mas será que seria feliz sem amor, sem aquela pessoa especial ao seu lado? Acha que seria feliz se apenas se dedicasse à família, desistindo da sua carreira? Porque é que temos de desistir do que quer que seja? Porque é que não podemos investir em tudo? Onde é que isso está escrito? 

Então, o que esta lâmina lhe transmite é que é fundamental encontrar a harmonia.

O 9 de Espadas indica que pode ter alguma questão por resolver, a assombrar-lhe a mente. Deixou passar uma boa oportunidade de amar? Nunca é tarde para conquistar ou reconquistar um coração! Tomou alguma atitude menos positiva? Está sempre a tempo de a corrigir! Ou foi algo que acabou e lhe deixou um vazio? Tudo acaba por alguma razão, mesmo que ela agora não seja clara, mas um dia será.

"O minuto de escuridão que a lagarta considera o fim do mundo, é o momento ensolarado que a borboleta considera o princípio."

Patrocinados