Nacional

Horóscopo: saiba qual o signo mais favorecido. Veja o Tarot de 22 a 28 de agosto

Veja as previsões do horóscopo para os diferentes signos, interpretadas por Vera Xavier LifeCoach & Tarot, para a semana de 22 a 28 de agosto.

LifeCoach & Tarot
  • 22 ago, 15:59
Tarot
Tarot

CARNEIRO - O Louco 

Andamos às voltas com o passado, com o futuro e, por incrível que pareça, somos completamente indiferentes ao presente, que tem todo a potencial para fazer com que as coisas mudem ou fiquem na mesma. 

O mais impressionante é que, às vezes, somos mais felizes do que imaginamos, porém, só mais tarde é que vamos ter a consciência de que era feliz e não sabia. E porquê? Porque queremos sempre mais. Porque queremos coisas e pessoas, é isso. Nunca estamos bem, nunca estamos satisfeitos. Esta insatisfação é interior e nós tentamos colmatar esta sensação com conquistas externas… Grande engano.

Não se esqueça que a vida é este momento. É este momento que deve ser vivido, não o passado, não o futuro. 

Aproveite esta fase de férias para descansar a sua mente tipicamente acelerada. Quando estamos assim esgotados, pouco adianta pensar porque as ideias não surgem, pelo menos as ideias boas/construtivas não surgem. É por isso que os momentos de silêncio e de isolamento são tão importantes. Na verdade, são mais do que importantes, são fundamentais para termos alguma sanidade mental. Com isto proponho reduzirmos o tempo que perdemos nas redes sociais, pode ser? Está combinado?

O Louco indica uma fase de libertação, de novas oportunidades, de bem-estar; vai sair do mundo das distrações e desfrutá-la?

***

TOURO - Cavaleiro de Copas 

É através do seu charme - e não através de confrontos - que vai conseguir atingir os seus objetivos. Esta é a mensagem que o Tarot lhe transmite, esta semana.

O Cavaleiro de Copas é charme, sedução e idealismo, e ele faz tudo da melhor maneira que lhe é possível. Ele acredita na natureza humana e é por isso que de vez em quando se dececiona. Ainda assim, ele decide conscientemente continuar a acreditar no ser humano. 

Todos falhamos e, no meio dessas falhas tendemos, consciente ou inconscientemente, a magoar os outros. Não é justo, sabemos, mas pouco fazemos para o evitar. Estamos zangados com o mundo, estamos magoados, então, vai tudo a eito. Que pena porque no meio desses vendavais emocionais em que disparamos em todas as direções, acabamos por "matar" oportunidades valiosas.

Durante esta fase, faça um esforço extra para atenuar os seus ímpetos, tenha cuidado consigo mesma/o, porque quem sai mais magoado dessas tempestades, por norma, somos nós mesmos.

***

GÉMEOS - Ás de Ouros 

Este é um dos Arcanos menores mais poderosos do Tarot. Ligado à força e energia do elemento Terra, o Ás de Ouros traz habitualmente prenúncios de prosperidade, fertilidade e começos auspiciosos desde que haja iniciativa e persistência, claro. 

Esta lâmina não promete golpes de sorte nem vitórias fáceis, mas indica que existe um grande potencial que pode ajudar a atingir o que deseja, se colocar o seu saber, engenho e afinco ao serviço dos seus objetivos. 

Obstáculos poderão surgir, adversários poderão tentar dificultar, mas se se focar na meta nada nem ninguém a conseguirá deter. 

Se está à espera que alguma situação financeira se desbloqueie, é provável que isso aconteça, talvez até mais breve do que esteja à espera.

É possível também que alguém próximo precise de sentir mais conforto e segurança. Esteja disponível para eles. Mais do que se envolver na crítica, envolva-se na compaixão e empatia.

***

CARANGUEJO - Ás de copas 

"Amor é uma tela fornecida pela natureza e bordada pela imaginação." (Voltaire)

Na nossa sociedade, o Amor é visto como um sentimento que toda a gente anseia sentir, permanentemente. Parece quase uma obrigação e se não sentirmos, senão nos apaixonarmos, algo de errado se passa connosco. O que fazemos perante tal pressão? Envolvemo-nos em relações que nada nos acrescenta porque não queremos ser estranhos, não queremos ser marginalizados. Para conseguirmos lidar com estas relações dizemos a nós mesmos que as relações não são perfeitas - e não são. Mas daí a aceitarmos desrespeito e maus tratados vai um passo muito longo. Estamos tão habituados a ouvir histórias miseráveis e violentas que achamos que faz parte. Não faz! As relações servem para nos fazer crescer. Elas devem acrescentar e não tirar, desgastar, denegrir, etc. Pois é, as relações tóxicas tornaram-se normal nesta sociedade… 

Isto tudo acontece porque o medo de ficarmos sozinhos é avassalador. Tentamos preencher um vazio interno com algo externo… 

Ok, de volta ao Tarot. Ainda no Amorzinho no que diz respeito a assuntos mais práticos, este Ás de Copas fala-lhe numa semana mais amorosa e criativa. Repare, criatividade. Seja criativa/o e não caia nos mesmos tipos de pensamentos de medo que levam a ter atitudes incongruentes. 

Se está a dar os primeiros passos num relacionamento este é um ótimo presságio.

***

LEÃO - 10 de Copas

"Ah, não é verdade que a vida seja dolorosa, ou que seja doloroso pensar na vida. O que é verdade é que a nossa dor só é séria e grave quando a fingimos como tal. Se formos mais naturais, ela passará assim como veio, esbater-se-á assim como cresceu. Tudo é nada, e a nossa dor nele." (Bernardo Soares)

Este é o caminho para que consigamos dar tréguas a nós mesmos e encontremos a tão desejada paz. 

O 10 de Copas fala exatamente numa fase de maior tranquilidade, pedindo-lhe que se afaste dos ambientes confusos ou mesmo conflituosos que possam destabilizá-la/o. É preciso saber manter a paz e não cair no erro de tomar tudo como garantido, ou seja, há que fazer um esforço para que a harmonia se perpetue independente dos acontecimentos. Eis a o desafio! É fácil estarmos num bonito estado de graça quando tudo corre bem, e quando surgem os desafios como agimos?

Sim, porque nós, seres humanos complicados, quando não temos problemas inventamo-los, isto porque já não conseguimos viver sem essa adrenalina, sem esse desconforto. Estamos formatados desta forma. Habituámo-nos a viver sob pressão e não sabemos viver sem ela. MAS, podemos sair dessa formatação, garanto. Como? Trabalhando em nós, domando a nossa mente e mudando os tais hábitos. Consegue-se, sim. Peça ajuda se não conseguir fazê-lo sozinha/o.  

Pedir ajuda é um ato de humildade muito corajoso. 

***

VIRGEM - Pajem de Ouros 

O pensador H. Jackson Brown disse que se podia dividir a sociedade em três grupos de pessoas: as que fazem com que as coisas aconteçam, as que assistiam ao que está a acontecer e as que, chegando sempre atrasadas, perguntavam o que é que aconteceu. A que grupo pertence? 

Todos nós temos o potencial de nos tornarmos líderes e vencedores, mas, na maioria das vezes, deixamos que o medo e o conformismo tomem conta de nós. "Para que é que eu hei-de arriscar se até já me habituei a esta realidade?" Bom… se é o suficiente, então o melhor é não arriscar (?!). Mas estar habituado não é um sinónimo de bem-estar. Estar habituado não é um sinónimo de realização, verdade? Então, quando uma nova oportunidade surgir não a deixe escapar. Não é uma pessoa de se atirar de cabeça? Quem pediu isso? Não, não tem de ser assim. Podemos e devemos analisar tudinho até porque há oportunidades que são autênticas falácias. Estar disponível não é ser crédulo (ou toino). 

Esta lâmina pede, também, que encontre tempo para estar com os que mais ama. O trabalho não é tudo; o trabalho é apenas um dos aspetos da vida, não é mais importante do que a família. Onde é que vamos buscar energia para continuar? Não é no trabalho com certeza. 

***

BALANÇA - 7 de Ouros 

"Não se viam as plantas cobertas pela neve. - E o lavrador, dono do campo, comentou jovialmente: "Agora, crescem para dentro". - Pensei em ti; na tua forçosa inatividade - Diz-me: também cresces para dentro?" (Escrivá) [Não é lindo?]

Raramente a nossa passividade indica crescimento interior, indica pelo contrário, uma recusa mais ou menos consciente de crescer, de evoluir. É aí que adotamos aquele tipo de postura determinista e infantil que tanto nos fazem mal, tipo, Deus quer que seja assim. Não quer, não! Nós é que escolhemos não lutar! É favor não misturar as águas. Ter uma vida mais ou menos é uma escolha nossa! E se parar para analisar a sua vida chegará a essa conclusão. ‘Ah, não tive escolha!’ Será isso verdade? Pense mais um pouquinho. 

Esta lâmina de Ouros indica que uma boa parte do percurso já foi feito e uma boa parte do trabalho mais pesado também. YES! Veja o que já construiu, faça uma avaliação honesta da sua vida. Há mais trabalho pela frente? É verdade, há, mas que seca seria a vida sem trabalho, sem esforço, sem adrenalina! 

***

ESCORPIÃO - 9 de Espadas  

"Não serve de nada atormentarmo-nos com uma coisa depois de a termos feito, a não ser para torná-la pior."

Todos temos noites em que damos voltas e mais voltas sem conseguir adormecer. Noites em que os pensamentos se tornam exagerados, em que nos culpamos ou responsabilizamos os outros, em que nos preocupamos com o que fizemos, com o que deixamos de fazer e nos debatemos com as dúvidas e mais dúvidas. São essas dúvidas e arrependimentos que nos fazem entrar em estados de inquietação que provocam um desgaste físico e mental bastante grande e que acabam por nos levar a doenças, sejam elas físicas ou psíquicas. 

Pare um pouco para pensar. O que passou não pode ser corrigido, já não há nada a fazer, por isso não vale a pena gastar a sua energia a pensar no que poderia ter feito, no que poderia ter acontecido de diferente. Foque a sua atenção e intenção naquilo que ainda pode alterar, aquilo pelo qual ainda pode lutar, nas batalhas que ainda pode vencer. Varra da sua mente a confusão, estabeleça prioridades, crie planos de ação, assim a sua mente não andará à deriva, desviando-a/o do Caminho. Uma mente desocupada vai buscar lixo para se entreter, é verdade ou não? 

***

SAGITÁRIO - A Torre 

"Dai-me forças, Senhor, para aceitar com serenidade tudo o que não pode ser mudado. Dai-me coragem para mudar o que pode e deve ser mudado. E dai-me sabedoria e discernimento para distinguir uma coisa da outra." (Esta é uma das minhas orações preferidas) 

Às vezes, é preciso apanharmos uns sustos para darmos valor ao que temos, esta é a forte mensagem do Torre, da temida Torre. Ela pede que tenha um cuidado especial com os seus pensamentos e ações durante esta fase. Foque-se no que de melhor a sua Vida tem, valorize a sua existência Não se concentre nas derrotas porque um "não" agora, pode vir a ser um grande "sim" amanhã.

Seja o que for que possa não ter corrido como esperava, mantenha a fé, porque um desfecho melhor tende a acontecer. Não bloqueie nem tente controlar o destino. Isso porque, para além de ser um desgaste monstro, não funciona assim, como sabemos. Há coisas que temos de viver e quanto mais fugimos, quanto mais resistirmos, mais agravamos as situações. Aceite e cresça com as experiências menos boas e deixe-me lembrar-lhe que nós possuímos uma força inimaginável, se a usarmos de forma mais pensada o sucesso pode acontecer-nos. 

O que nos impede de sermos bem-sucedidos? O medo e, é por isso, que a maioria de nós desiste imediatamente antes de lá chegar… 

***

CAPRICÓRNIO - O Imperador 

O Imperador é o Arcano do poder, da autoridade, do pensamento estruturado, mas é também o Arcano que demonstra alguma insensibilidade relativamente às emoções. Tenha atenção, pede o oráculo, aos seus conceitos rígidos porque eles podem causar estragos ao seu coração e às relações próximas. A tolerância é fundamental para viver em paz consigo, com os seus familiares e amigos. Não se feche e principalmente, não caia na tentação de ser a vítima. Não há vítimas, há pessoas adultas que fazem as suas escolhas. 

Em termos de trabalho, O Imperador é uma excelente lâmina que pode indicar que está no caminho certo. Não tire os olhos do seu objetivo e não dê demasiada importância a tricas e insignificâncias, porque elas são apenas distrações.

***

AQUÁRIO - Rei de ouros

"Nunca se viu egoísmo que não se queixe de ingratidão." (Emanuel)

A propagação do "umbiguismo" na nossa sociedade é no mínimo alarmante, para além de triste. Não conseguimos tirar os olhos de nós, já nem sequer sentimos compaixão pelas desgraças alheias, pelas notícias no telejornal, pelos nossos colegas e, demasiadas vezes, já nem prestamos atenção àqueles que estão mesmo ao nosso lado. 

Há quanto tempo não se pergunta como está a tampa da sua panela? Tem olhado para ela? Tem-na sentido bem? A vida a dois não é isso também, estar presente nos bons e maus momentos? Não foi essa a jura que se fez? Pode estar na hora de desfocar de si. 

Sei que nem sempre nos conseguimos aperceber que estamos mais egocêntricos porque andamos às voltas com isto e com aquilo por resolver, mas isso acaba por afastar as pessoas importantes fazendo-as sentir que não são relevantes para nós. 

Por outro lado, o Rei de Ouros diz que demasiadas pre-ocupações materiais vão fazer com que se isole do mundo e que tenda a criar uma realidade só sua. Essa realidade é ilusória e muito frágil. Será que é essa mesma a intenção ou simplesmente se deixou enredar pela sua própria mente? 

Momentos de pausa e reflexão farão milagres na sua vida. Não tema, porque os insights podem ser incrivelmente reveladores. Fique atento e desperta/o.

***

PEIXES - 4 de Ouros 

"O possível pergunta ao impossível: Onde é a tua moradia? O impossível responde: Nos sonhos dos que nada podem." (Tagore - ler tudo o que encontrar deste maravilhoso mestre)

Dos que nada podem… Estes que nada podem, em algum ponto do seu percurso desistiram de sonhar, de querer mais. Estes seres, algures pelo caminho, desistiram de si. Será que estes ainda têm a capacidade de sonhar? 

Dificilmente isto poderá acontecer a estes sensíveis, artísticos e tímidos nativos, filhos de Neptuno, ou será que pode? Desistência é dar-nos por vencidos. 

Será este tipo de exemplos que devemos passar aos nossos filhos? É esta a herança que devemos deixar-lhes? Não é, pois não?

O 4 de ouros é uma lâmina de resistência à cedência e à mudança. Temos que ceder, temos que deixar que as mudanças aconteçam. Quanto mais resistimos mais vamos levar no toutiço. 

Não se pode nem se deve querer parar o processo natural do crescimento | maturidade. Tudo nasce, cresce e morre. Não há nada que possamos fazer em relação a isso. O objetivo primordial da vida é o aperfeiçoamento e evolução em todos os campos, portanto, até à hora da partida continuaremos a mudar.

Dê para receber, pede o Tarot. Não fique à espera do prémio antes de ter feito a sua parte. Dê, mas dê de forma espontânea e generosa, sem pensar no que virá como recompensa.