Nacional

Horóscopo: saiba quais os signos mais favorecidos. Veja o Tarot de 3 a 9 de outubro

Veja as previsões do horóscopo para os diferentes signos, interpretadas por Vera Xavier LifeCoach & Tarot, para a semana de 3 a 9 de outubro.

LifeCoach & Tarot
  • 3 out, 17:28
Tarot
Tarot

CARNEIRO - O Carro

Quando o ser humano se mentalizar de que tudo está ao seu alcance, aí ele começa a viver.

Enquanto vivermos em função dos erros do passado e das inseguranças que eles provocaram, não conseguiremos andar para a frente, nem ir ao encontro dos objetivos (ou superações de obstáculos) que tanto desejamos. E depois ficamos zangados e admirados por não passarmos da chamada "cepa torta". Se uma conquista mundana é tão satisfatória, imagine o que poderemos sentir com uma vitória sobre nós mesmos.

Bom, O Carro indica que para conquistar o seu equilíbrio pessoal é fundamental que se dedique a si própria/o e à harmonização das suas emoções, emoções que poderá estar a abafar lá no fundo do seu ser. 

Arrume de vez o que já não faz parte da sua vida atual para poder dar uma hipótese ou um espaço a outras situações com maior potencial. O equilíbrio da sua mente e coração acabará por se refletir em todas as restantes áreas da sua vida, atraindo novas oportunidades e realizações. É surpreendente constatar o que um coração aberto e com vontade de Amar pode alcançar.

Em contrapartida, um coração cheio de ressentimento e ódio não consegue sair das trevas.

TOURO - Pajem de Espadas

"Aquele que não consegue perdoar os outros destrói a ponte por onde irá passar." (Francis Bacon)

Como vai enfrentar os desafios desta semana? Cheio de certeza e convicção de que vai sair vitoriosa/o ou…? Bem, só tem esta opção. Se partimos para uma batalha não acreditando nela, o melhor é ficarmos sossegados no sofá. Seria uma perda de tempo e energia, por certo.

Mais importante até do que a nossa postura antes da contenda, é talvez a maneira como lidamos com os adversários pós-batalha. Os adversários, tal como os amigos, são necessários para o nosso crescimento. No entanto, será que os conseguimos vê-los desta forma? E será que conseguimos perdoar aquelas manobras menos luminosas que às vezes são utilizadas? O Perdão… Como lidamos com as maldades que nos são feitas? Conseguimos perdoar e seguir em frente ou guardamo-las como se fossem jóias preciosas? A maioria de nós guarda-as e vive em função delas. O poder que nós damos aos outros é impressionante. É uma pena que não guardemos da mesma forma as benesses que recebemos. Que injustos somos para com a vida.

Uma semana agitada é o que a/o espera, pode ser isto no trabalho ou na vida pessoal. Deixe-me lembrar que isto pode ser muito bom. A rotina é que é assustadora, pelo menos aquela rotina de que não gostamos e que nos vai corroendo aos poucos. Pois então, venham de lá esses desafios!

GÉMEOS - 7 de Paus

"Quem não quer pensar é fanático; quem não pode pensar é idiota; quem não ousa pensar é cobarde." (Francis Bacon)

Há batalhas que valem mesmo a pena ser travadas e que nos fazem aprender, evoluir e crescer. Mas esse nem sempre é o caso, pois o ser humano poucas vezes distingue um bom desafio de uma escusada perda de tempo. Uma discussão descontrolada nunca traz vencedores. Pense antes de se deixar envolver em conflitos.

Perceba até que ponto essa disputa poderá ser importante e se ela estará a servir os seus verdadeiros princípios e valores.

Por outro lado, esta lâmina também poderá indicar que algo ou alguém tenderá a atravessar no caminho, tentando desviá-la/o dos seus objetivos. Afaste-se deste tipo de oposições e limpe os calhaus no seu caminho, porque, olhe bem, o Olimpo está logo ali.

CARANGUEJO - 6 de Copas

Há muita gente que procura locais considerados sagrados para restabelecer a sua força, para superar momentos delicados ou para fazer pedidos - a chamada cunha - relativos à realização de sonhos.

Vejamos, o que torna um local sagrado? Serão locais associados a milagres e outras manifestações do divino? Locais onde há muita concentração de orações ou meditações? Sim, a oração pode tornar um lugar comum num lugar sagrado. Se é assim, também a nossa casa pode ser, certo?

Visitar este género de locais pode ajudar-nos a combater a desmotivação, a descrença, mas o essencial é, sem dúvida, encontrar dentro de nós o nosso próprio refúgio sagrado. É em nós mesmos que reside todo o tipo de cura e superação. Que mania temos nós de procurar fora o que temos dentro!

Esta lâmina aconselha a parar de olhar para o espelho retrovisor da sua vida. Acorde para o momento, guarde as memórias no baú e siga em frente, porque o tempo não pára, o tempo não se compadece com as nossas lamentações. Ele é implacável.

É natural que se sinta mais nostálgica/o. Os pontos de interrogação que ficam por resolver, os "e ses" são terríveis. É por isso que é sempre bom viver tudo até ao fim. Espremer tudo de todas as relações e depois, de consciência tranquila, dizer: "Fiz a minha parte. Fiz o que pude para que desse certo." Só depois disso, conseguimos estar em paz para fechar ciclos.

LEÃO - 2 de Paus

Pior do que a dúvida, só o silêncio e a inacção.

Tomar uma decisão nunca é fácil, principalmente se dela depender o rumo da nossa vida. E quando somos confrontados com esse tipo de situações, nessas alturas, é que entramos numa espiral mental e emocional que alterna incessantemente entre o acreditar e desacreditar, que nos faz andar para a frente e para trás, para cima e para baixo. O que fazer nestas alturas? Devemos parar. Depois, devemos encontrar mais informação sobre as opções de forma a eliminarmos, tanto quanto possível, a hesitação para finalmente agirmos firmemente.

O 2 de Paus vem dizer aos queridos filhos do Sol que está na hora de agir, pois, enquanto não tomarem aquelas decisões que têm vindo a adiar, a tristeza vai persistir, desgastando-os cada vez mais. 

O seu coração está apertado e cada vez mais ansioso pela libertação, então que tal parar de protelar? 

O truque de ocupar o tempo para não pensar nos assuntos incómodos é muito antigo e raramente dá certo, pois, mais cedo ou mais tarde, as questões por resolver voltam à superfície. Como é que vai ser? Vai quebrar o padrão e agir? Procrastinar não tem nada a ver consigo. 'Bora lá!

VIRGEM - 9 de Ouros

"Não vos aconselho o trabalho, mas a luta. Não vos aconselho a paz, mas a vitória. Seja o vosso trabalho uma luta. Seja a vossa paz uma vitória." (Que canseira, Nietzsche) 

Confundimos luta e conflito e não tem de ser assim. Podemos vencer a luta, serenamente, firme, mas serenamente. Porém, por norma, cegamos. A ansiedade e o umbiguismo (leia-se, egocentrismo) cega-nos, não olhamos à volta e tornamo-nos egoístas - não é fácil olhar para o nosso umbigo e para a vida em simultâneo.

No entanto, em algum ponto do nosso percurso, temos de encontrar a paz ou, pelo menos, devemos compreender que não vamos encontrá-la externamente. Vamos ser superficial e transitoriamente felizes se dependermos dos outros para isso.

Belíssima lâmina, esta! A semana promete ser mais positiva. O 9 de Ouros representa esse bem-estar interior que se repercute em todos os aspectos da vida.

Em particular nos amores, se estiver solteirinho/a, algo bonito pode nascer. Não deixe que a sua secreta timidez atrapalhe. Vá, olhe nos olhos dessa pessoa que não sai do seu pensamento; leia as mensagens que eles transmitem. É tão bom conquistar uma pessoa especial, não é? E se não for especial? Bem, pelo menos tentou, verdade?

BALANÇA - 10 de Copas

"Um homem de bom senso saberá criar melhores oportunidades do que aquelas que se lhe deparam." (Francis Bacon)

O 10 de Copas é uma lâmina de conforto, de aconchego da família e que, normalmente, traz consigo boas notícias. Estas notícias vão trazer de volta a esperança e a certeza de que as coisas vão resolver-se a seu tempo. Estas certezas devolver-lhe-ão o sorriso ao seu semblante.

Seja um novo emprego, seja um novo amor, seja uma qualquer importante resolução, esta semana, algo tende a concretizar-se. 

Algo chegou ao fim de forma tranquila, um ciclo fechou-se e o novo vai nascer. Aceite.

ESCORPIÃO - Ás de Espadas

"É preciso dizer a verdade apenas a quem está disposto a ouvi-la." (Séneca) 

Por mais que queiramos ou achemos que estamos a fazer uma boa ação ao darmos a nossa opinião, conselho, clareza de espírito, etc., nem sempre isso é positivo. Isto, porque nem sempre os outros conseguem ou querem ouvir-nos. O que fazer nesses momentos? Nada. Temos de aceitar e respeitar as necessidades deles por mais que nos custe ficar passivos. E não precisamos ficar passivos, podemos abraçar e reconfortar. Pois é, nem sempre aquilo que achamos que é uma boa ação é.

A influência do Ás de Espadas vai trazer-lhe uma maior lucidez que tenderá a desfazer ilusões e dúvidas. Ora, o desfazer de ilusões pode ser um pouquito duro. Está preparado/a para este embate? Pode ser forte.

Nos amores, as conversas francas devem ser controladas para que não fujam da zona do civismo e respeito e entrem em terrenos… sensíveis. Inverta os papéis e sinta o que pode ser melindroso e supérfluo nessa conversa. Há coisas que só são ditas no sentido de magoar, mas, se amamos essas pessoas, isto é a última coisa que queremos fazer, verdade?

SAGITÁRIO - 10 de Espadas

"Quanto mais violenta a tempestade, menor é a sua duração." (Séneca) 

O 10 de Espadas representa um ponto de viragem na nossa vida. Vamos lá, Sagitarianos, sem medos! Mudanças de mentalidades e posturas é o que este arcano sugere e vêm em boa altura, não é verdade? Não, não quer ondas? Isso não existe. O que é que acontece a águas paradas? Isso.

As mudanças profundas são sempre desencadeadas por acontecimentos, por norma, dolorosos. Os deuses gritam-nos aos ouvidos: "Chega de bater na mesma tecla. Andas a repetir o mesmo erro há eras! Está na hora de despertar!"

De facto, e aparentemente, há um despertar interessante a acontecer na sociedade. As pessoas procuram as respostas para as suas preocupações em sítios e em pessoas que, há uns anos, nem sequer ponderariam procurar. Tabus e dogmas caem por terra, finalmente, mas isto ainda se circunda a uma pequena minoria, mas o que importa é que está a acontecer.

Os Sagitarianos são um pouquinho racionais, tentam compreender as coisas para, depois, as integrarem, o que é muito positivo. 

A época da devoção sem questionamento já passou - foi a Era de Peixes. Agora, a era de Aquário traz o desenvolvimento pessoal, o poder pessoal de cada um de nós. Isso pode ser assustador, porém, é aqui que se distinguirão os audazes dos débeis.

Conclusões avizinham-se. Novas fases bem melhores surgem, após deixar para trás o passado.

Se há algum aspeto da sua vida em particular que precisa de mudança, vire as baterias para lá. Não se disperse. Conquiste esse objetivo. Não fique à espera de ser conquistada/o. É fácil de dizer e difícil de fazer, não é? Pois é, mas é por isso mesmo que o Tarot pede que mude de postura; essa "de princesa no cimo da torre" pode já não fazer sentido... se é que alguma vez fez.

CAPRICÓRNIO - O Louco

O Louco é uma lâmina essencial no Tarot, já que ele é a faísca que põe o resto em movimento; é o sopro divino que dá vida e inspira o primeiro passo em direção à plenitude e perfeição. Apesar do primeiro passo parecer, por vezes, muito pequeno, devemos sempre pensar que sem ele a Viagem nunca teria começado. O Louco é a causa por trás do efeito, é o poder por detrás de qualquer tipo de manifestação e a semente que tudo faz crescer.

E a quem é que chamamos loucos? Aos que ousam, aos que não têm medo de ir mais além, aos que não seguem o que os outros dizem, aos que não ligam ao sistema… Em última instância, talvez seja o Louco o único ser verdadeiramente livre e sábio. É ele quem decide o caminho que deseja percorrer, não se desmoraliza com as críticas dos outros, porque não precisa do reconhecimento alheio, ele sabe qual o seu valor e nem se deixa influenciar ou desviar do seu verdadeiro objetivo. 

Esta é a mensagem que o Tarot lhe traz esta semana. Seja decidido/a, seja fiel ao que sente, siga e viva os seus impulsos mais puros.

É possível, também, que o dia a dia esteja a precisar de mudanças, de coisas novas, de novas atividades. Por exemplo, aquelas caminhadas que tinha planeado... tem-nas feito?

Dê um passo em frente, se não o der, as circunstâncias não mudam… e a vida não o surpreenderá.

AQUÁRIO - 4 de Copas

O 4 de Copas é a lâmina do "sentado à sombra da bananeira", a ver a vida passar, com a agravante de estar envolto num, vá, ligeiro mau-humor. É verdade? Está focada/o na dificuldade em vez de na solução, certo?

Mesmo que esteja a passar por uma fase menos positiva, não é razão para se deixar cair na inércia e cravar os olhos no chão numa atitude derrotista, deixando de ver as várias oportunidades que se desenham à sua volta. Não vê nada? Não vê porque está zangada/o! E isso torna-se um círculo vicioso! As soluções que procura poderão estar mesmo à frente dos seus lindos olhos, mas se continuar com esse tipo de atitude "mi-mi-mi" não as vai conseguir ver. Tem todo o direito de se querer recolher e entrar numa fase mais introspetiva. Se é isso de que precisa, força. Mas não fique nessa clausura durante muito tempo, sim? Faz falta cá fora.

Outro alerta é: cuidado com a hipersensibilidade. Não encare as vicissitudes da vida como pessoais. Não pense que é o único a sofrer, o único culpado, o único que não é amado, etc., etc., porque esses pensamentos são puramente destrutivos e ilusórios. Cuidado com os estados depressivos. Desperte! Desistir do que lhe faz bem não é opção.

PEIXES - Rei de Copas

Os Peixinhos vão andar, esta semana, às voltas com as emoções. 

Grande novidade. O desafio desta altura é achar o equilíbrio entre elas - nem ser demasiado submisso, nem ser bossy. Nada fácil, pois não? Mas se não tentarmos como vamos ter noção de quanto é fácil ou difícil? Lá está, não saímos da especulação. Teorizamos, lemos muito, mas… Somos prós a dar bitaites, em dar conselhos, mas ação, mudanças, isso é outra conversa, outros 500. Adiamos e adiamos e adiamos mais um pouco. É no próximo mês, é no próximo janeiro… 

Sabemos que o exercício físico é fundamental. Quantos de nós consegue manter-se ativo, a não ser nos meses que antecedem o verão? E é quando é! Sabemos que a meditação traz incontáveis benefícios, quantos de nós a pratica?

Bom, depois do ralhete, vem a parte boa: uma fase mais terna abeira-se nos amores. Baixe as armas. Viva esses momentos sem perguntas, sem cobranças. Não estrague o romance com racionalismos exacerbados e inseguranças. Dê a si mesma/o o direito a viver esta fase de encanto. Está combinado? 

Relacionados

Patrocinados