Nacional

Horóscopo: saiba o que lhe reserva o Tarot para esta semana (27 de dezembro a 2 de janeiro)

Veja as previsões do horóscopo para os diferentes signos, interpretadas por Vera Xavier LifeCoach & Tarot, para a semana de 27 de dezembro a 2 de janeiro.

LifeCoach & Tarot
  • 27 dez 2021, 11:41
Tarot
Tarot

CARNEIRO - 4 de Paus

"A vida é demasiado curta para nos permitir interessar por todas as coisas, mas é bom que nos interessemos por tantas quantas forem necessárias para preenchermos os nossos dias." (Bertrand Russel)

Lá diz a pirâmide de Maslow que, depois de satisfeitas as necessidades básicas, é preciso avançar. E avançar pressupõe que se faça com qualidade. Depois das necessidades fisiológicas estarem resolvidas, é preciso tratar da segurança, depois dos afetos e, depois, da autoestima. Em que degrau quer estar? Importa pouco onde está, o que importa é para onde está a ir.

Abra horizontes, abra alas, porque é preciso sair de onde está. Pronto, já aprendeu o que tinha de aprender neste estágio, agora siga em frente!

O 4 de Paus é uma carta muito sólida que indica uma fase bonita na sua vida, principalmente na pessoal.

Se está emocionalmente disponível, olhe à sua volta, veja as pessoas de forma mais profunda. Veja para além do que elas mostram. Seja mais perspicaz do que o costume, Carneirinha/o. E, claro, veja mais do que a beleza física, que é a menos relevante. Bons encontros! E feliz ano novo!

TOURO - 9 de Copas

"Quando se diz às pessoas que a felicidade é uma questão simples, querem-nos sempre mal." (Bertrand Russel)

Que dureza! Não diria tanto, mas a verdade é que a manutenção da felicidade é a parte pior do processo. É relativamente fácil deixarmo-nos envolver pelo clima, pela vibração e energia, mas, e depois? A continuidade? O dia a dia? Esse é o verdadeiro desafio. Como se nutre, como se alimenta uma vida ou uma relação saudável, permanentemente? Com atenção, com mimos, com respeito e mantendo a admiração num nível respeitável.

Sabe o que ajuda muito nesta manutenção? A nossa própria autoestima. Se estivermos em baixo, se não confiarmos nas nossas capacidades intelectuais, morais ou físicas, se não confiarmos no nosso poder de sedução, nos nossos valores será, de longe, muito mais difícil e desgastante, porque a insegurança e os consequentes ciúmes arruínam qualquer relação, por mais 'amor' (?) que haja.

Lembre-se disso, ao fazer uma cobrança, uma reclamação ou mesmo uma crítica menos... construtiva. O respeito é, ao lado do afeto, o elemento mais importante das relações, sejam elas de que tipo forem.

Esta semana poderá ser - segundo esta carta - de bons momentos sociais, de intensidade social. Acho bem!

Ora, o que isto pode representar? Novos encontros ou encontros renovados. E o que isto pode representar? Uma nova fase de vida mais animada, na qual poderá crescer ainda mais. Porquê? Porque crescemos uns com os outros. A solidão nem sempre é boa mestre.

Feliz ano novo!

GÉMEOS - Ás de Espadas

"O invejoso, em vez de sentir prazer com o que possui, sofre com o que os outros têm." (Bertrand Russel)

Ora, em vez de nos ocuparmos com as nossas próprias necessidades, perdemos muito tempo com as coisas alheias e, nem sempre, importantes. É, de facto, uma perda de tempo e de energia. Queixamo-nos de falta de tempo e, depois, empregamo-lo mal. Somos tão estranhos, não somos?

Quer? Vá à luta! Deseja? Concretize. Sonha? Torne realidade, através das suas ações. Não fique à espera da ajuda do tempo ou do destino. Não caia nessa potencial armadilha. Agora é o momento certo, não é amanhã nem no próximo mês, é agora.

Este Arcano é muito cerebral e pede que use a sua racionalidade para reorganizar os seus planos. Pode estar um pouco baralhada/o. A sua insegurança e falta de fé no futuro podem atrapalhar e adiar a ação que deve haver na sua vida. Invista no movimento atual, na mudança, até porque está farto de pensar, verdade ou não? Então, vamos lá. Ponha em prática os seus planos. Vá atrás do que quer e não se fique, apenas, pelo que já tem - em termos globais, claro. A sua ambição pessoal precisa de um boost. Nunca estamos plenos, então, o que lhe falta? É por aí o caminho. Seja audaz!

Feliz ano novo!

CARANGUEJO - 4 de Espadas

"Não sejas prisioneiro do passado. O passado é uma lição e não uma sentença de vida."

Esta é a lâmina do descanso do guerreiro. O sempre merecido descanso de quem jamais desiste. Pode até abrandar o ritmo, pode até ter momentos de desalento e fragilidade, mas cruzar os braços e maldizer a vida, nunca! Este é o verdadeiro herói.

Esta semana, o Tarot pede que dê a si própria/o momentos de descanso, porque pode estar a chegar a um ponto qualquer de exaustão, seja físico, seja psíquico. Um retiro seria ótimo. Umas pequenas férias? Pois, tem mesmo de ser. Organize-se, porque, como bem sabe, a saúde é a base de tudo.

A sua vida pessoal também está a precisar de uma lufada de ar novo. Como está a sua vida social? A dinamização deste departamento ajuda muito a renovar a parte pessoal. Há momentos para estarmos em silêncio e há momentos para deixarmos o ruído entrar, mas um ruído alegre e benéfico e não apenas o ruído vazio. Use a sua enorme intuição para saber quando fazer o quê.

E feliz ano novo!

LEÃO - 10 de Espadas

"Não possuir algumas das coisas que desejamos é parte indispensável da felicidade." (Bertrand Russel)

Conhecemos, com certeza, casos de vidas facilitadas que correram mal, verdade? Pois é, é talvez exatamente isso que este filósofo/matemático agnóstico queria dizer, que as 'negas' também fazem parte do processo de crescimento, fazem-nos melhores, fazem-nos dar valor ao que temos, seja isso muito ou pouco.

Indira Ghandi - primeira-ministra indiana - foi mais longe, quando abençoou a vida dificílima que teve, mas esta é uma exceção à regra, um caso muito especial, uma mulher como poucas.

O 10 de Espadas é uma carta de fins, o que faz todo o sentido nesta altura do ano. Estes fins devem ser libertadores, caso contrário, tornam-se dolorosos. Não se apoie nas boias velhas e frágeis que nada têm de salvadoras, porque é claro que acabará por ir ao fundo com elas.

Libertação é o significado mais importante deste assustador Arcano menor. Olhe para trás. O que vê? O passado, verdade? Apesar de ser um alicerce, é preciso continuar a construir sobre ele. Dê um passo em frente. Tem de dar um passo em frente, de outra forma, acabará por o próximo ano ser igual ao que termina agora. Nem pensar, não é? Boa!

Feliz ano novo!

VIRGEM - Cavaleiro de Paus

Vós, que viveis e sempre atribuís tudo o que ocorre na Terra aos movimentos celestes, como se tal movimento imprimisse em todas as coisas uma necessidade, se assim fosse, em vós seria destruído o livre-arbítrio, e não seria justo que o Homem tivesse, por bem, a alegria e, por mal, a dor." (Dante Alighieri)

Não é fácil esta citação, mas o que nos expande a consciência e a inteligência são precisamente estas provocações complexas e diferentes do nosso modus pensandi.

[No Budismo Zen, este tipo de frases chamam-se koans, que nos ajudam a controlar a mente na meditação.]

O que é que isto tem a ver com o Cavaleiro de Paus? Bem, este cavaleiro traz a vontade de conhecer mais, mais e mais profundamente. Porque é isso mesmo, é que este é um dos arcanos das viagens. Viagens! Sim! Viajar é uma das melhores maneiras de abrir horizontes, verdade? Então, para além da curiosidade típica do nosso signo, que vai estar em alta - espero que lhe tenham oferecido bons livros, a mim ofereceram! -, a probabilidade de viajar é muito boa. Pode ser uma viagem romântica, espiritual ou profissional, o que importa é que saia da rotina e comece o ano desta forma. Já se sabe que esta viagem pode não ser física e, sim, espiritual, o que também é excelente.

Na sua vida pessoal, o Cavaleiro pode indicar alguma tensão. Não deixe que as conversas saiam do controlo e do respeito.

Feliz ano novo!

BALANÇA - Rainha de Ouros

"Quanto mais auxiliares os outros, mais amplo auxílio receberás da Vida Mais Alta." (Bezerra de Menezes)

A Rainha de Ouros é generosa, sociável, alegre, otimista e solidária. Ela está sempre pronta para ajudar quem precisa. Ela é a Mãe coragem que rouba para dar de comer aos filhos famintos. Mata até, se assim tiver de ser. Sempre, porém por uma causa justíssima.

Estes valores perdem-se com o tempo, dizem alguns. Será?

Há pessoas que são incapazes de dar uma informação, um "bom dia", um sorriso, uma qualquer ajuda… Contudo, o que devemos valorizar são aqueles que se recusam a fazer parte deste grupo. Importa os que não têm vergonha de dar - porque até parece que é embaraçoso ajudarmos e sermos compassivos!

Os "duros" é que são donos do mundo, dizem outros. Que grande mentira! Não são donos de nada, nem da própria vontade. Pobres marionetas materialistas.

O Tarot pede aos diplomáticos e generosos Balancinhas para nunca cederem e nunca enveredarem pelo caminho, aparentemente mais fácil, da revolta e do chico-espertismo.

Para este novo ano, peça, para além de prosperidade - a que tem todo o direito -, bens mais elevados e sublimes, nomeadamente fé e coragem, para combater o seu aspeto sombra - o pessimismo, a descrença, o desânimo - que todos temos.

Feliz ano novo!

ESCORPIÃO - 10 de Paus

"Nada é tão fatigante como a indecisão e nada é tão fútil." (Bertrand Russel)

As indecisões podem ser um fardo difícil de carregar, de facto, e o tempo que se perde com elas é irrecuperável. Não lhe peço que aja levianamente, mas, às vezes, um pouquinho de impetuosidade até nos faz bem, verdade? A impetuosidade é irmã da confiança. Só quem confia é que dá passos ousados. Contudo, ousadia é coisa que não falta nestes amorosamente estouvados e destemidos nativos! Será que a maturidade está a transformá-los? É natural... Já lhes custa pôr em causa coisas que são significativas ou que acham que o são; já compreenderam que a vida é mais agradável e fácil, quando estamos bem acompanhados; já compreenderam, à custa do próprio sofrimento, que não se tratam as situações e pessoas com desrespeito. Não digo que se faça conscientemente. Muitas vezes, estas atitudes são fruto de deceções do passado, mas a verdade é que nós magoamos as pessoas mais importantes para nós e não aquelas que nos marcaram… Concorda, não concorda?

É a Roda da Vida?! Não, não é. É uma opção. Há quem tenha sido muito maltratado e tenha escolhido ser melhor e não seguir os piores exemplos que teve.

Uma nova etapa de vida se aproxima; uma nova oportunidade está a ser-lhe dada. Como vai ser o seu novo ciclo de vida?

Feliz ano novo!

SAGITÁRIO - 3 de Espadas

"O maior de todos os pecados: o arrependimento." (Paulo Coelho)

O que mais nos atormenta, possivelmente, não são as deceções, as derrotas ou as perdas. Talvez o que mais nos fragiliza sejam os remorsos, a consciência de que podíamos ter feito mais, melhor, etc., e não fizemos. A dor que se sente, nessas alturas de maior consciência, juntamente com a sensação de impotência, é difícil de ultrapassar. Por norma, o arrependimento vem já tarde demais, por isso é que é tão penoso. Nestas alturas, lamentamos a falta de coragem, lamentamos não ter cuidado melhor de nós e dos outros e entra-se numa espiral descendente que pode culminar numa fase depressiva.

O Tarot pede que não vá por aí! Não se deixe cair em estados de alma densos e autodestrutivos, nem pensar! O ano está a acabar e, com ele, devemos deixar ir o que nos magoou, o que nos fez mal! Não podemos reiniciar a vida com este peso às costas e no coração, não! Por si mesma/o, não queira isto. O seu amor-próprio é forte o suficiente para não querer isto para si.

E não vai entrar com o pé direito no novo ano, vai entrar com os dois pés direitos! Como é que vai fazer isso? Não sei! Seja criativa/o!

Vai entrar cheia/o de confiança, de alegria, de fé e cheiinha/o de amor por si - e nada de cuecas azuis, se faz favor! Tem resultado? Não, pois não?! E por aqueles que sempre estiveram lá para si, ok? Está prometido?

Feliz ano novo!

CAPRICÓNIO - Pajem de Ouros

"O Homem, hoje, para ser salvo, só tem necessidade de uma coisa: abrir o coração à alegria." (Bertrand Russel)

É tão estranho: dantes os homens eram matemáticos, astrólogos, astrónomos, filósofos... Hoje, ou somos racionais ou emocionais, somos práticos ou espirituais... Por que motivo é que tem de ser assim?! Porque temos de nos categorizar desta forma estreita? Somos quadrados ou somos redondos... Feios ou bonitos. Que redutor! Não tem de ser assim, isto limita-nos e restringe-nos ao "poucaxinho".

Bom, o Pajem de Ouros é uma carta de boas novas, o que convém nesta altura tão especial do ano. Não podemos começar um novo ciclo sem novos - e tangíveis! - planos, ou pelo menos, devemos renovar/atualizar os planos antigos.

Por favor, comece 2022 motivada/o, com a sua fé saudável e a confiança em si ainda mais saudável. Como sabe, a força do pensamento cria e proporciona a manifestação dos nossos objetivos.

O Pajem traz alguma novidade material ou emocional. Pode ser uma vitória, em termos profissionais ou pessoais/sentimentais. Receba este presente de braços abertos e não com desconfianças, sim?

Feliz ano novo!

AQUÁRIO - A Papisa

O Arcano mais sereno do Tarot pede que, nesta época tão especial, abrande o seu ritmo, por norma, agitado. Concentre-se, particularmente, em si. Talvez seja a hora indicada para fazer uma retrospetiva do que conseguiu ou não atingir, mas, sempre, com a candura, a tolerância e a sabedoria que A Papisa lhe transmite.

Ela é sensível e compassiva e estas são as características que deve usar nesse processo tão íntimo e importante que é a avaliação de si mesma/o. Repare, sem crítica, nem julgamento. A sugestão é que não torne este exercício numa autoflagelação, combinado? Lembre-se: compaixão, muita compreensão e carinho.

Estes predicados devem ser usados, também, no seu passado recente ou longínquo e com a sua família. Perceba que apesar de, às vezes, as reações e atitudes serem difíceis de compreender, e ainda mais de perdoar, cada um faz o seu melhor ou, pelo menos, o seu possível.

Entre no novo ano com o coração limpo e com muito espaço para abraçar o que vem por aí. Feliz ano novo!

PEIXES - Rei de Copas

"Se os homens fossem autênticos, afáveis, íntegros e sagazes, então, teríamos o paraíso na Humanidade. (Confúcio) E teríamos, mesmo...

Será que é assim tão difícil assimilar as mensagens dos mestres de sabedoria e compaixão? Foram vários os que deixaram a mesma mensagem amorosa, cristã, que, no fundo, é a salvação do Homem.

Porque não queremos aprender... Hum, aprender, talvez, já o tenhamos feito, então, por que motivo não queremos pôr em prática estes simples (?) ensinamentos?

Neste novo ano, escolha a Luz, a tolerância e a compaixão. E, com esta escolha, não temos de viver numa caverna. Tudo faz parte. A espiritualidade e a materialidade podem coexistir, harmoniosamente. Somos seres divinos a ter uma experiência na Terra, como sabem. Então, tudo faz parte.

O Rei de Copas vive para criar bem-estar. Bem-estar que envolve paz, saúde, prosperidade, abundância, amor em todas as suas manifestações, mas, principalmente, amor-próprio. O seu bem-estar começa dentro de si e não fora! Não procure o pote de ouro do arco-íris lá no fim do mundo, porque o arco-íris está no seu íntimo, na sua alma.

Que engano é procurar a felicidade nos outros, que ilusão e que desilusão! Os outros vão e nós ficamos vazios... outra e outra vez! Irra, ainda não compreendemos isto. Porquê?! Porque andamos dispersos com coisas que não têm a menor importância. É tempo de querer o melhor para si e isso, é o seu bem-estar.

Feliz ano novo!

Relacionados