urlvisit
SELFIE TAROT

Horóscopo: saiba o que lhe reserva o Tarot para esta semana (20 a 26 de dezembro)

Vera Xavier
LifeCoach & Tarot
Tarot

Veja as previsões do horóscopo para os diferentes signos, interpretadas por Vera Xavier LifeCoach & Tarot, para a semana de 20 a 26 de dezembro.

CARNEIRO - Ás de Copas

"Não olhes para longe, despreocupando-te com o que tens perto." (Eurípedes)

Há quem consiga se livrar do presente com alguma facilidade. Quando não se gosta do que se tem - seja isso justo ou não -, a tendência é para criar uma outra realidade paralela que é, evidentemente, um escape frágil e que rói ao sopro do vento. A queda, aí, é valente. 

Isto tudo para dizer que pode estar a cair nesta armadilha, carneirinha/o. Tenha em mente que só consegue construir um futuro solar, se o seu presente melhorar. Não há outra forma de viver melhor. Qualquer outra alternativa é uma ilusão. E ilusões nós temos de sobra… Aliás, nós quase só acreditamos em ilusões. Bom, em última instância, a própria vida é uma ilusão; esta terceira dimensão é um holograma, verdade? 

O Ás de Copas, o Arcano menor do amor, pede que, nestes próximos tempos, trabalhe mais em si, na sua elevação e ascensão em todos os aspetos da sua existência. Sim, todos! Trabalhe o Amor por si e pelos outros. Sinta no seu peito a vontade de continuar este processo interior tão importante e verá que, com as mudanças internas, as externas nem precisarão do seu impulso ou ação. Todo este processo precisa de fé e confiança.

Se estiver preparada/o, o amor, na sua forma mais terrena, também pode surgir. O Ás de Copas pede muita ternura, ao lidar com as novas pessoas que entrarão na sua vida. Sim!

Tenha o mais belo Natal de todos, cheio de tolerância, compaixão e amor fraterno e divino.

TOURO - 4 de Ouros

O 4 de Ouros pergunta se não estará demasiado aprisionada/o pelos seus preconceitos e "verdades absolutas". À mistura, tende a haver uns medos que ainda podem bloquear mais a sua lucidez.

Já fez planos para o próximo ano? Isso pode ser um excelente incentivo para se sentir mais animada/o. Vá, pegue num papel e numa caneta e faça a sua lista. Inclua a parte pessoal, profissional, espiritual, social e o que mais se lembrar. Já sabe que alguns desses planos não se irão materializar, mas outros, que não foram idealizados, vão. A vida tem graça por isso mesmo. 

Bom, o Natal aproxima-se e isso também pode influenciar o seu humor. Por favor, foque-se no agora, neste Natal e não nos passados. 

Esteja disponível para ter o melhor Natal de sempre e faça o seu possível para que isso aconteça. Mesmo que custe um pouquinho, a sua família e você mesmo merecem um Natal extraordinário, é verdade ou não? Muito depende de si, não totalmente, eu sei, mas muito vem do nosso trabalho, da nossa paciência e benevolência. Lembre-se disso, especialmente nos momentos de tensão ou tristeza. 

Tenha o mais belo Natal de todos, cheio de tolerância, compaixão e amor fraterno e divino.

GÉMEOS - A Estrela

"Além da terra, além do infinito, eu procurava, em vão, o céu e o inferno. Mas uma voz interior disse-me: 'O céu e o inferno estão em ti mesmo.'" (Omar Kháyyám)

Podemos criar um paraíso ou um inferno com a nossa mente, já sabemos disto, mas o que fazemos em concreto e conscientemente? Andamos num constante sobe e desce, num remoinho, numa roda gigante que, aparentemente, não tem controlo, mas tem. Esse controlo é mental, ou seja, se a vida está calma nós inventamos dificuldades e erguemos defesas porque "vem aí alguma desgraça!" e pronto, destruímos a beleza do momento. Se estamos em fases de conflito - que a mente adora . queixamo-nos, incessantemente. 

Em vez de usarmos a nossa preciosa energia na busca de soluções, usamo-la para criar ainda mais obstáculos e confusões. A verdade é que o nosso diabinho - a mente - adora tumulto. Estamos na Terra para destronar o diabinho e dar cada vez mais espaço ao anjo que tenta dar-nos conselhos, coragem e dignidade. 

Tenha o mais belo Natal de todos, cheio de tolerância, compaixão e amor fraterno e divino.

CARANGUEJO - 4 de Paus

Olha que bom, esta lâmina anuncia boas notícias! Principalmente no que respeita aos bens materiais... Será um aumento de salário ou será um aumento de trabalho (brincadeira!)? A concretização de um negócio, um progresso, enfim, o que seja pode estar por perto. Mas atenção, isto não significa que se possa encostar já, ainda há mais trabalho pela frente, como bem sabe, porém, força de vontade é o que não lhe falta! Por isso, mãos à obra...

No amor, esta carta anuncia uma fase bonita em que deve celebrar e focar-se no que tem e não no que não tem.

O frio aperta, o Inverno está rigoroso, estamos no Natal, o amor anda no ar e, talvez, o Menino Jesus traga uma (bela) prenda para si. Espero que tenha uma chaminé bem grande! 

O que no fundo importa reter é que há bênçãos a cair dos céus, por isso, nada de desânimo, insegurança ou medo. É Natal! 

Esteja recetiva/o ao amor e dê, dê o que de melhor tem em si aos outros, pois nada nos pode fazer mais felizes do que contribuir para a felicidade dos que nos rodeiam. 

Tenha o mais belo Natal de todos, cheio de tolerância, compaixão e amor fraterno e divino.

LEÃO - A Força

"O pensamento positivo pode vir naturalmente para alguns, mas também pode ser aprendido e cultivado. Mude os seus pensamentos e mudará o seu mundo." (Norman Vicent Peale) [Todos os pensadores e até já os cientistas dizem isto!]

Nesta época de amor - que deveria ser durante o ano todo - que se aproxima, é preciso ter ainda mais em mente que a vida torna-se no que imaginamos. É importantíssimo reaprender a pensar de forma positiva, construtiva.

A nova era traz esse gigante desafio: liberdade com responsabilidade. Chega de culpar Deus pelos nossos infortúnios. Ele não tem a ver com isso. Deus/a está um pouquinho ocupado com a gestão de milhares de… universos! A nova era dá-nos a oportunidade de criarmos a nossa realidade com novos paradigmas. Isso pode ser duro, porque assumir que nem tudo vai correr bem não é fácil. É bem mais fácil colocar as culpas em outrem. 

Temos de crescer. Temos de usar a nossa força divina para subliminar a nossa força primitiva - que é fundamental também, porque senão seríamos apenas seres passivos -, mas ela deve ser dominada, caso contrário, ela domina-nos e obriga-nos a ser aquilo que não queremos e obriga-nos a agir de forma pouco digna. Podemos mudar, sim, e devemos e conseguimos fazê-lo para nosso próprio bem.

Tenha o mais belo Natal de todos, cheio de tolerância, compaixão e amor fraterno e divino.

VIRGEM - Cavaleiro de Copas

"A tolerância mútua é uma necessidade em todos os tempos e para todas as raças. Mas tolerância não significa aceitar o que se tolera." (Mahatma Gandhi)

Ora bem, eu poderia ter escolhido uma citação mais fácil, mas quem é que disse que a maltinha Virgem gosta de coisas fáceis? Que ninguém diga uma heresia dessas!

Então, tolerância. Diz o dicionário: ato ou efeito de tolerar; ato de admitir, sem reação agressiva ou defensiva; atitude que consiste em deixar aos outros a liberdade de exprimirem opiniões divergentes e de atuarem em conformidade com tais opiniões; aceitação, disposição ou tendência para perdoar erros ou falhas; condescendência, indulgência.

Se reagirmos imponderada e rapidamente pensamos: "Eu faço isto tudo!". É melhor pensarmos novamente e com mais calma. Será que o fazemos, mesmo? Será que damos essa liberdade aos outros? Será que os aceitamos como eles são? Será que, na nossa distorcida forma de amar, não queremos mudar aqueles que nos são próximos? Será que aceitamos formas diferentes de pensar e viver? Onde está a verdade? Não está. Não a encontramos com a mente. Não a escutamos, enquanto o ego tomar conta de nós, porque, quando tentamos controlar os outros, é o ego que nos rege. O que está implícito neste comportamento é: "Eu faço melhor" ou "Eu sei mais". Subtil, não é? E perigoso, também.

O Cavaleiro de Copas traz uma mensagem amorosa, ou não fosse ele do elemento Água. Ele pede que trabalhe, para além da tolerância, a compaixão. Veja tudo e todos de forma mais afetuosa, mais sublime, mais profunda. 

Neste Natal, abrace mais; dê mais do que bens materiais. 

Bem sei que é uma das nossas formas de demonstrar amor, mas tente que este ano seja ainda melhor.

Tenha o mais belo Natal de todos, cheio de tolerância, compaixão e amor fraterno e divino.

BALANÇA - 2 de Espadas

"Não devemos ter medo dos confrontos. Até os planetas se chocam, e do caos nascem as estrelas." (Charles Chaplin)

O 2 de Espadas indica que pode estar a evitar enfrentar algo ou alguém. Pode ser a conhecida "paz podre". Não gostamos disso. É frágil.

Há necessidade de debater ideias que provocam esse tumulto interno. 

Frases como: "Estarei a ser adulto, maduro e justo para comigo? Serei a pessoa que julgo ser? Que máscaras criei para sobreviver? Quais dessas máscaras posso já prescindir? Que bengalas posso deitar fora?"

Que maravilha de questionamento! Sinta o quão mais madura/o sairá deste debate!

Esta lâmina sugere que deve buscar a imparcialidade e, nesse processo, encontrar um compromisso - interno - para que possa viver em paz. Ficar num eterno limbo não lhe fará nem nenhum bem. É preciso sair de cima do muro. Escolha um dos lados e assuma essa decisão. 

Aceite os momentos de conflito que servem, essencialmente, para nos acordar e para fazer progredir. É preciso viver esses momentos. É preciso tirar deles o edificante e não ficar no destrutivo "coitadinho". 

Nesta época de condescendência e generosidade, é preciso dar mais, mas dar de forma diferente, mais madura e sem esperar retorno. 

Tenha o mais belo Natal de todos, cheio de tolerância, compaixão e amor fraterno e divino.

ESCORPIÃO - 5 de Ouros

"A biblioteca é o templo do saber e este tem libertado mais pessoas do que todas as guerras da história." (Carl Rowan)

Há muito caminhos para se chegar à plenitude/iluminação; um deles é através do conhecimento, o caminho da severidade da Árvore da Vida. "O conhecimento libertar-te-á", disseram vários mestres. Como? Quanto mais lermos, quanto mais ouvirmos, mais expandiremos a nossa mente. A expansão da consciência faz com que saiamos da mediania, do rebanho, do triste "o que sei chega-me". O conhecimento, que também pode ser chamado de "filosofia", torna-nos responsáveis e ponderados. A filosofia ensina-nos a pensar, faz-nos inteligentes o suficiente para destrinçarmos o que é nosso e o que nos foi incutido pelos outros, pela sociedade e pelos media, até porque somos bombardeados de lixo mental constantemente.

Em termos pessoais, esta semana, pode haver alguma contrariedade. Como lidar com ela? Pensando que, de facto, não existe nada seguro, porque nada nos pertence. Quando realizarmos isto, a liberdade entra em nós, porque há espaço. Enquanto não, as mágoas, os ressentimentos, e outros que tais, tomarão conta de nós até darmos, finalmente, "o grito do Ipiranga". Todos o daremos um dia.

Tenha o mais belo Natal de todos, cheio de tolerância, compaixão e amor fraterno e divino.

SAGITÁRIO - 2 de Paus 

Momento de pausa, indecisão, retrospetiva  e expetativa. Estes são alguns dos significados desta lâmina, que chega no momento certo.

Esta semana poderá ser uma ótima altura para tirar dias para fazer uma pausa… Hum, uns dias não chega? Bom, mas, pelo menos, quebra a rotina, faz coisas de que gosta (compras em shoppings cheios que nem um ovo, por exemplo), passa mais tempo com a família, passeia sem hora marcada para voltar, faz meditação e decide o que vai priorizar e mudar para o próximo ano. Não se esqueça de começar essa avaliação por si, vença aquela tendência humana de querer mudar os outros, as situações, as circunstâncias e, só depois, é que mudamos algo em nós! Fica um sábio conselho de Willian George Ward: "O pessimista queixa-se do vento, o otimista espera que ele mude e o realista ajusta as velas."

Tenha o mais belo Natal de todos, cheio de tolerância, compaixão e amor fraterno e divino.

CAPRICÓRNIO - 2 de Copas

"Quando nasceste, todos riam e só tu choravas. Vive de tal modo que, quando morreres, todos chorem e só tu rias." (Confúcio)

É exatamente isto! Por estas e por outras é que este Homem é lido e estudado até hoje. 

Este é um grande exercício para esta fase de reflexão e balanço. Se morresse amanhã, morreria feliz, realizada/o? O que falta fazer para que isso aconteça? Talvez dar-se mais ao mundo...

Uma das cartas mais amorosas do Tarot, o 2 de Copas, indica e pode prever algo especial, no campo amoroso. Será que vai se apaixonar por si própria/o? Acho muito bom! Depois disso, espere uma legião de fãs! A sua vibração mudará com certeza e isso faria com que atraísse novas pessoas para si que iriam ajudar a confirmar se essa mudança seria genuíno ou não. Ah, pois é, não vale fazer batota, até porque não se consegue. 

Curta esta vibração do Arquétipo do Romeu e Julieta e tenha um Natal muitíssimo feliz e cheiinho de coisas boas!

AQUÁRIO - 5 de Paus

"Coragem é aquilo que precisamos para nos levantarmos e falar e é também aquilo de que precisamos para nos sentarmos e ouvir."

Há tempo para nos impormos e tempo para ouvirmos, humildemente. Há tempo para aprender e tempo para ensinar. Todos passamos por estas etapas e, muitas vezes, elas misturam-se, o que também é saudável. Nunca sabemos o suficiente e, quanto mais aprendemos, mais consciência temos de que nunca é suficiente. Mas também aqui devemos ser equilibrados e não deixar que a nossa sede de conhecimento prejudique nem a nossa vida profissional, nem a pessoal. Ou seja, há tempo para estudar, há tempo para descobrir mais, há tempo para fazer coisíssima nenhuma, há tempo para interiorizar e tempo para, simplesmente, deixar a vida fluir livre. Quando alimentamos excessivamente o intelecto, o aspeto emocional fica num plano secundário, claro, o que acaba por ser altamente nocivo pessoal e espiritualmente falando.

Sendo uma das cartas de competição e pequenas lutas, o conselho é: se fugir da concorrência, o resto da vida nunca vai experimentar o gosto de uma vitória. 

Por falar em vitória: Feliz Natal! Que este seja o seu melhor Natal de sempre!

PEIXE - Rei de Paus

"Se o homem fizer apenas o que se exige dele, é um escravo. No momento em que faz mais um pouco, é um homem livre." (A. W. Robertson)

Quantos de nós pode, honestamente, considerar-se livre? O que é a liberdade? Alguns consideram que a liberdade é um direito de agir conforme lhes apetece, sem olhar à volta, mas isto não tem nada a ver com liberdade, isso tem a ver com falta de educação e compaixão. Um ato de egoísmo não pode ser considerado livre. Liberdade é amor, também. Amor por nós e amor pelos nossos companheiros de viagem. De quando em vez, temos a triste tendência de deturpar os bons valores e conceitos que nos incutiram, mas em nosso benefício, claro.  

O egoísmo é antinatural, ao contrário do que julgamos. A questão é que se tornou, à força da persistência, natural, constante, um hábito humano. Mas é um hábito do ego e não da alma. É bom que nos lembremos disto nos momentos de maior desafio, porque precisamos todos uns dos outros.

Nesta época de generosidade, o Rei de Paus pede que reveja um ou outro ponto de vista do seu ego, uma ou outra característica sua que possa melhorar. Todos temos de fazer esse trabalho, se quisermos conquistar o Paraíso. Então, vamos lá que ainda há muito a fazer! E entretanto… 

Tenha o mais belo Natal de todos, cheio de tolerância, compaixão e amor fraterno e divino.