urlvisit
SELFIE TAROT

Horóscopo: saiba as previsões do Tarot para esta semana (26 de outubro - 1 de novembro)

Vera Xavier
Taróloga e Life Coach
Signos

A Taróloga e Life Coach Vera Xavier dá-lhe a conhecer as previsões dos signos, para a semana de 26 de outubro a 1 de novembro.

Carneiro - A Torre

"Nunca desista dos seus sonhos porque com eles continuará a existir, mas deixará de viver."

Isto é algo que, teoricamente, até sabemos ou, pelo menos, sabemos numa forma mais ou menos consciente, mas, à medida que vamos crescendo e vamos precisando de pagar a renda e outras despesas, matamos o “eu” sonhador, criativo, exigente e otimista. Deixamos que as circunstâncias arrasem com a alegria que trazemos da infância. E, se olharmos à volta, percebemos isso no rosto daqueles que se cruzam connosco, na rua, todos os dias – esperemos que não seja essa a imagem que vemos refletida no espelho. Nota-se que há uma forte presença do elemento “desistência” nesses rostos. As pessoas já não esperam nada da vida, portanto, apenas acordam de manhã e… deitam-se à noite.

Será isso que é esperado de nós? Mesmo nas situações em que parece que os Deuses estão contra nós, isso é coisa do nosso ego! Talvez um dos aspetos da nossa missão na Terra seja, precisamente, o de tentarmos distinguirmo-nos do “rebanho” e fazer a diferença, não lhe parece? Será que ganhamos o céu, sendo medianos? Não me parece.

A Torre diz que nesta fase é preciso mais consistência e mais concentração. Pode andar meio disperso/a, meio distante da realidade, e isso pode causar uma ou outra situação mais tensa em casa, ou no trabalho.

Touro - Pajem de Paus

"A vida é um eco. Se não gosta do que está a receber, observe o que está a emitir."

Lá vamos nós falar de pensamento positivo. É tão simples como: repare nas fases mais complexas da sua vida, como é que estava a sua vibração? Quando se sentia zangado/a com a vida, o que é que acontecia? Mais desafios, mais situações difíceis, mais surpresas desagradáveis; Quando se sente em paz, até parece que os outros são mais simpáticos e disponíveis para si. É verdade!

Quando decidimos que “agora, vou deixar as coisas seguirem o seu rumo”, para além de nos tirar um peso enorme dos ombros - o que é facto - começam mesmo a fluir. Tudo se resolve. Naquele momento de aperto financeiro; Naquele momento em que parecia que todos estavam doentes, ou com problemas; Naquele momento em que nos partiram o coração… Eis que uma qualquer situação surge e a questão resolve-se. Chama-se a isto confiança no futuro, em Deus…

O Pajem também é uma carta de mexericos e “diz-que-disse”, vai daí fica o conselho: não critique, não fale demais, e, principalmente, não ligue ao que dizem de si. O que importa é a sua opinião pessoal. 

Gémeos - O Carro

Uma vitória, por si só, não tem assim tanto valor, o que importa, verdadeiramente, é o que fazemos com o conhecimento adquirido, com a experiência vivida e com as recompensas que recebemos. O Carro é o Arcano do triunfo, por excelência, ele traz a coroação depois de um período de lutas e trabalho árduo. O problema é que, muitas vezes, esta carta, também, traz uma certa arrogância e atitude de superioridade… Celebrar um triunfo é uma coisa, vangloriarmo-nos, depreciando os outros, é outra bem diferente, já que nunca nos deveríamos esquecer que, um dia, já estivemos - e poderemos voltar a estar - na posição de vencidos. Tenha orgulho em si mesmo/a, mas nunca abandone a humildade.

O Carro favorece todos os inícios e diz que é através de um alto nível de motivação e força de vontade que conseguirá avançar e conquistar o que deseja. Crer em nós mesmos sempre foi -  e sempre será - a melhor base para encetar qualquer projecto.

Ao nível sentimental, esta carta fala de sentimentos fortes, arrebatamento… É de aproveitar, não acha? Não deixe de aproveitar todas as oportunidades de ser feliz que o Universo lhe enviar. Sabe do que gosta? Sabe o que o/a faz feliz? Então não se iniba, não se recrimine, não se castre e permita-se viver sem amarras.   

Caranguejo - A Imperatriz

A Imperatriz é a senhora da criatividade e maternidade. Qual será a mensagem que ela tem para si? Como nativo/a de Caranguejo, o seu instinto maternal/afectuoso deve estar sempre muito vivo e a sua necessidade de dar está muito presente na sua realidade - o que não quer dizer que dê, porque, até aqui, nos bloqueamos constantemente. Mas, mesmo assim, será que tem recebido da mesma forma? Sente-se recompensado/a pela vida e por aqueles que ama, ou os pratos da balança estão descompensados? Tudo na vida requer equilíbrio, inclusive no “dar e receber”.

A Imperatriz, também, é o Arcano dos prazeres. Tem vivido esta parte da vida, ou será que acha que isso é coisa para os outros? Que não tem tempo, nem paciência para isso? Que isso é fútil e perda de tempo? Quem é que disse que não nos podemos divertir? Ah, sim, aqueles sermões antigos! Pois, mas esses já estão absolutamente obsoletos! Já percebemos que isso era conversa demagoga e castradora, portanto, vamos lá apagar isso da nossa memória coletiva!

O Arcano III representa a sensualidade no seu todo, o que indica que pode estar a precisar de se cuidar mais, para que possa, na mesma medida, dar muito mais à sua querida “metade”. Se nós estivermos de bem connosco, damos de uma forma completamente diferente, e bem mais intensamente. Sente que se tem entregue a ela/e? Sente que tem feito o seu melhor? Sente que ama, sem condicionantes, ou pelo contrário, pensa tanto que acaba por dar pouco?

O conselho da semana é, como já entendeu, pensar em como dá e recebe.

Leão - 7 de Paus

Enquanto andamos às voltas com este ou aquele assunto, os dias vão passando acelerados. Entretemos a nossa mente com preocupações e ansiedades e não vemos que já se passaram 5, 10, 15 ou 20 anos desde aquela fase, lembra-se?

O 7 de paus é uma carta de muita força que diz que, nesta fase, pouco ou nada o/a consegue deter na concretização de alguns objetivos. É preciso um plano para que não se disperse, mas isso os leõezinhos fazem com relativa facilidade. Lá despachados são. O que acontece é que se atrapalham, com as várias coisas que gostam de fazer ao mesmo tempo. Aliás, acham… acham, não têm a certeza de que conseguem fazer tudo em simultâneo. E, às vezes, até conseguem, porque, desde que estejam em equilíbrio, são de uma energia que até cansa! O problema é quando caem em depressão... Depressão: essa coisa tão importante, que nós não damos a mínima importância! A depressão é uma doença grave e deve ser tratada como tal. Ou seja, há tratamento e deve ser tratada e não dizer: "Ah, amanhã já ‘tou bom/a!"

Então, o Tarot pede que use a sua força vital e nata para avançar mais uns degraus. Não arranje desculpas para não fazer isto ou aquilo. Como sabe, se não fizermos por nós mesmos, ninguém faz!

Virgem - Rainha de Ouros

"Importante não foi o dia em que te conheci, mas o momento em que passaste a viver dentro de mim", não sei quem disse isto, mas será que ele quer casar comigo?! Que linda é esta singela declaração de amor…

Afinal, nós até somos muito românticos, os outros é que acham que não somos. Somos românticos e bem mais sensíveis do que demonstramos e, de vez em quando, o pessoal esquece-se disso e espeta uma farpa no nosso coraçãozinho delicado. Pois é, é o raio da vida! Da vida, não, das pessoas, dos nossos coabitantes terrestres.

A carta desta semana representa firmeza de caráter, maturidade para resolver assuntos ligados, principalmente, a questões materiais. A Rainha de Ouros é expansão, é ousadia, mas tudo isto é regado com uma grande dose de prudência. A soberana do elemento Terra não se atira, sem saber se tem onde cair! Desde quando é que ousadia é sinonimo de burrice?

Esta semana, é natural que se concentre nas questões mais práticas da vida e com o seu conforto. As questões emocionais devem esperar uma melhor fase. Arrefeça a sua mente e, depois, sim, tome decisões.

Balança - Pajem de Paus

"Não escolhemos a forma do nosso destino, mas podemos dar-lhe conteúdo. O que procura aventura encontrá-la-à — à medida da sua coragem. O que procura o sacrifício, será sacrificado — na medida da sua pureza." (Dag Hammarkskjod)

Quando é que deixámos de estar apaixonados pela vida? Quando éramos novos fazíamos tudo com ânimo e vontade. Éramos sempre heróis de um livro de aventuras ainda por escrever, mas algo aconteceu no caminho e a nossa vontade de mudar o mundo perdeu-se, tal como a energia que púnhamos em todos os desafios que enfrentávamos. E, agora, a mente começa a entrar em ação, a dizer coisas como: “Foram os solavancos da vida que me ensinaram!” ou algo do género, “Já estou farto/a de lutar.” Quem é que ainda não teve problemas na vida? Claro que há pessoas com uma vida mais facilitada do que outras, mas isso não quer dizer que não sofram, não chorem e não lutem!

Sartre dizia algo do género: “Todos os homens têm medo. Quem não tem medo, não é normal e isso nada tem a ver com a coragem.”

O Pajem de Paus vem, provavelmente, dar-lhe o empurrãozinho que está a precisar para tomar determinadas atitudes que têm vindo a ser adiadas há muito tempo. Esteja atento/a a novas ideias que possam surgir, já que este Pajem pode ser a faísca inesperada que será capaz de acender à sua criatividade, de forma a poder encontrar as soluções que procura. Ele é um catalizador de mudanças que pareceriam impossíveis noutras situações!

Escorpião - 5 de Espadas

"Há vitórias que exaltam, outras que corrompem; derrotas que matam, outras que despertam". Antoine de Saint-Exupéry

O segredo da mestria está em como enfrentamos cada situação, seja ela de vitória ou de derrota. E como devemos enfrentá-la? Com respeito pelo nosso Eu, pela nossa dignidade e pela dos outros! Uma vitória só é digna, quando justamente merecida, e perdermos uma  batalha de cabeça erguida, sabendo que lutámos condignamente, não nos deita a baixo, antes pelo contrário, enaltece-nos, fortalece-nos.

Esta semana o Tarot alerta-o/a para o perigo de lutas desleais. Por muito difícil que seja qualquer questão, saiba estar à altura do Guerreiro que é, e lembre-se que o desencanto faz parte deste grande “Jogo” e vamos passar por isso outras vezes… e porquê? Porque criamos expectativas, mesmo sem querermos… porque, ainda somos só humanos… mas o que importa é que ainda temos coragem de nos encantar, não é verdade?!

No trabalho, evite tricas e discussões fúteis. Proteja-se de colegas que poderão não gostar tanto de harmonia.

No Amor, lembre-se que o diálogo é essencial! Seja franco/a com aquela pessoa que lhe está mais próxima e, sobretudo, seja leal consigo mesmo/a… perceba o que realmente deseja.

Sagitário - A Justiça

O que é justo para uma pessoa pode não ser para outra. Quantos de nós já não achámos que estamos a ser justos, mas, afinal, estávamos a magoar alguém?

A Justiça é uma carta que apela ao nosso racional, na resolução de alguma questão. O seu coração pode estar demasiado envolvido na questão, não sendo, por isso, capaz de “ver” com lucidez a melhor saída. Ou seja, reja-se pela mente, mas tendo sempre em conta os sentimentos dos outros. É claro que, por vezes, é impossível impedir que os outros se magoem, mas o importante é agirmos, de forma correcta para que, à noite, possamos encostar a cabeça no travesseiro e dormir o chamado “sono dos justos”.

Esta carta pode, também, indicar que, se estiver para resolver questões legais, acordos ou outros assuntos ligados à justiça, o mais provável é que o desfecho seja positivo. O Universo nunca abandona quem tem merecimento!

Capricórnio - 5 de Espadas

"Se fracassar, ao menos que fracasse ousando grandes feitos, de modo que a sua postura não seja nunca a dessas almas frias e tímidas que não conhecem nem a vitória nem a derrota." (Roosevelt)

Este é uma das cartas menos simpáticas do Tarot, já que, habitualmente, aborda temas como a perda, ou momentos difíceis pelos quais todos nós já passámos. Quem é que ainda não recebeu um não, ou viu uma porta a fechar-se? Aliás, não é através desses momentos difíceis que aprendemos muita coisa e nos tornamos mais fortes? O problema é que, na maioria das vezes, ao tornámo-nos mais fortes, também nos tornamos mais fechados, colocando, cada vez mais, protecções e frias armaduras. Quem é que consegue carregar tanto peso? Algum dia, o peso irá tornar-se insuportável e acabará por ceder.

Os nativos de Capricórnio são teimosos por natureza e, regra geral, não gostam muito de ceder ou mostrar o seu lado mais frágil, o que os leva a encher… encher… até rebentar. É por isso que o Tarot lhe vem pedir que não tenha vergonha de procurar alguém de confiança e de desabafar, ou, ao menos, tirar algum do peso das costas. Olhe à sua volta… por vezes, no meio do tumulto, encontramos caras que surpreendentemente nos acalmam, caras que consolam com um só olhar…

Por outro lado, o Tarot vem lembra-lo/a de que um não, não passa de um não, ou seja, não é o final de nada, mas, sim, a oportunidade de recomeçar com uma nova estratégia. Não tem dúvidas do que quer, pois não? Então mude de estratégia, estabelecer novos planos pois a maior prova de coragem é saber suportar as derrotas, sem perder o ânimo.

Aquário - 10 de Copas

"Não procures prémio, porque tens uma grande recompensa nesta terra: a tua alegria espiritual, de que só o justo pode desfrutar." (Dostoievski)

Quando damos o nosso melhor, seja em que situação for, gostamos que tudo corra bem e, muitas vezes, o mais importante nem são as recompensas, mas, sim, as consequências. Mas não serão estas duas palavras “irmãs”? Pois é, o 10 de Copas fala disso mesmo, das merecidas recompensas/consequências que advêm do esforço de cada um. Parece que o final de um ciclo se poderá estar a aproximar e tudo indica que culminará num “happy end”.

Serenidade e paz poderão reger a sua semana e, por momentos, poderá, simplesmente, esquecer todos as dificuldade do mundo que o/a rodeia, aproveitando apenas as boas vibrações que o invadem. Esqueça tudo o que diz respeito ao material e saboreie o merecido descanso do guerreiro, depois de muitas provas superadas e de muitos obstáculos transpostos.

Como esta é uma carta do naipe de copas, não poderia deixar de falar no lado mais romântico da vida. No amor, esta carta continua a lançar as suas boas vibrações, tornando os relacionamentos existentes mais sólidos, superando crises… Para os que ainda deambulam à procura da sua «metade» o Tarot pede calma e indica que esse encontro poderá estar para mais breve do que julga.   

Peixes - Pajem de Ouros

Novas oportunidades de projetos poderão surgir na sua vida! Esta é uma das mensagens que o Pajem de Ouros vem trazer. A ocasião até pode surgir, mas cabe a si desenvolvê-la e colocar em marcha o projeto. Chega de teorizar! É altura de ser prático/a, descer um pouco à Terra e enfrentar as situações de uma forma um pouco mais realista. O que é que já conquistou até agora? O que é que ainda pode e quer conquistar? Estas são perguntas fundamentais, para que não se deixe cair no marasmo, já que um pouco de ambição é necessário para continuar o seu processo evolutivo. Este arcano vem, também, avisar que esta fase requer a sua atenção redobrada, para que possa reparar nas portas que se abrem à sua frente.

Conhece os seus limites? Acha que já fez tudo o que podia? Deu o seu melhor? Poucas são as pessoas que foram até ao limite das suas forças e, infelizmente, a maioria dos seres humanos prefere desistir… Seja exigente consigo mesmo/a, para que possa ir mais além e aventure-se em "mares nunca dantes navegados" e isto tanto se pode aplicar à sua vida profissional, como à sua vida pessoal.