urlvisit
SELFIE TAROT

Horóscopo: saiba as previsões do Tarot para esta semana (25 - 31 de janeiro)

Vera Xavier
LifeCoach & Tarot
Signos

Vera Xavier LifeCoach & Tarot dá-lhe a conhecer as previsões dos signos, para a semana de 25 a 31 de janeiro.

Carneiro - Ás de Ouros

"O homem que é firme, paciente, simples e natural está perto da Virtude."

Complicamos tanto as coisas, oh deuses! Complicamos o que é simples e o que é complexo. Vai tudo a eito! Todos os acontecimentos são analisados através de uma lente de pessimismo e derrotismo que nos consome, dia após dia, ano após ano.

A partir do momento em que não vemos alternativas à nossa frente é porque desistimos de tentar, porque alternativas teremos sempre. Umas mais trabalhosas do que outras.

Às vezes, devemos mesmo recomeçar por aquilo que parece o princípio, mas não é. A nossa "bagagem", a experiência que já adquirimos faz com que isso não seja um começar do zero.

Um recomeço assusta? Sim, é verdade, até porque pode implicar o deixar para trás algo ainda precioso.

O Ás de Ouros reforça a sua confiança, no que diz respeito a projetos materiais. Qualquer negócio, qualquer mudança no emprego ou de emprego estarão protegidos por este arcano menor poderosíssimo. Ele pede que confie no "destino" e em si.

Esta lâmina indica que está focado quase exclusivamente nestas questões, mas, e, então, o coração, fica de lado (até fica, do lado esquerdo!)? Os antigos diziam que nós temos três corações e que o da esquerda é o dos tolos, o do lado direito é o dos sábios e o do centro é o secreto e mais profundo - é a câmara da alma. É aquilo a que chamamos de Chama Trina.

Resumindo e baralhando, tem espaço mental e emocional para nutrir os vários aspetos da vida. Basta organizar-se.

Touro - 6 de Ouros

"Fale a verdade, seja ela qual for, clara e objetivamente, usando um toque de voz tranquilo e agradável, liberto de qualquer preconceito ou hostilidade." (Dalai-Lama)

Esta ambígua lâmina do Tarot tem muito a ver com verdade e generosidade. Ela pode indicar que ou está numa situação em que deve dar mais, porque pode, como pode indicar que uma ajuda está prestes a chegar.

Algo pode, finalmente, acontecer, aquela questão legal pode ser resolvida ou algum tipo de negociação pode ser finalizada. Tende a haver resoluções nesta fase. Axé!

Nos afetos, o mesmo se pode passar. Pode dar de forma "incondicional", o que nem sempre é sensato, como pode indicar que não tem retribuído na mesma medida.

O equilíbrio deve ser encontrado, para que não surjam as cobranças mútuas que tanto desequilibram as relações. Dar e receber pode ser o segredo de uma relação saudável.

Gémeos - O Louco

O Louco, umas das lâminas mais libertadoras do Tarot, diz que tudo pode acontecer nesta fase da vida. Não é ótimo?

Ter várias hipóteses em aberto é, no mínimo, fantástico, mas, também, pode ser muito assustador, certo? Qual caminho escolher? Qual será o mais sereno ou o mais doloroso?

Muita gente pergunta-se como se faz um caminho, a resposta é "simples": palmilhando-o.

Se perdermos muito tempo com planos e estratégias, não saímos do mesmo sítio tão depressa e o tempo é, como sabe, precioso.

Precisa de mudar de emprego? De começar uma nova vida?

Sob a influência do Louco, as condições estão reunidas, basta que junte uma pitada de ousadia, bom senso e confiança.

O Louco também convida a uma reflexão sobre a sua vida amorosa. Tem feito aquilo que pode para que a relação dê certo? Tem a certeza? Tem dado de si? Tem partilhado e tem mostrado interesse por aquilo que preocupa a sua querida "metade"? E o respeito mantém-se intacto? Sem este elemento uma relação deixa de ser relação. Não se pode amar quem não respeitamos. É absolutamente antagónico e é um engano. Pode ser tudo; dependência, hábito, conforto, mas amor… nop.

Esta questão do respeito também deve ser levantada relativamente a si. Respeita-se? Olha-se ao espelho e sente-se bem na sua pele? Não falamos em orgulho, falamos em sentir-se bem. Este é um bom tema de meditação, não é? Força!

Caranguejo - 10 de Paus

Esta é o Arcano do workhacolic (maníaco ou dependente de trabalho) e do stress. Muitas vezes, quando nos empenhamos nas nossas tarefas, não conseguimos ter a perceção de que estamos a ser perfeccionistas. Achamos, muitas vezes, que os outros não fazem o trabalho tão bem quanto nós, o que, até, às vezes, é verdade, mas não é sempre.

Na partilha, para além de se aliviar o "fardo", aprende-se muitíssimo. E infeliz daquele que pensa o contrário, quer dizer que ainda tem muito que aprender, mas o Universo encarregar-se-á de ensinar.

"Um mestre não é aquele que ensina sempre, é quem, de repente, aprende."

É tudo tão relativo, tão subjetivo, não é?

Essa azáfama será uma fuga, um escape? Lembre-se de que a vida são dois dias, verdade?

Tem noção de que o tempo está a passar rápido, não tem? Então, não desperdice o seu tempo só com deveres! O que não quer dizer que o seu trabalho seja secundário, quer dizer que ele deve preencher apenas uma parte do seu tempo e disponibilidade. Há quanto tempo não faz um programa cultural (virtual #fiqueemecasa ), por exemplo? É fundamental ter estes momentos de descontração, nos quais, ainda por cima, adquire cultura! É ouro sobre azul!

Leão - 6 de Copas

Ai, a nostalgia, a nostalgia… Não nos conseguimos libertar do passado nem por nada deste mundo, canecos!

Como dizia alguém: vivemos a vida a olhar para o espelho retrovisor e não vemos a paisagem, as estações e os apeadeiros, quem passa, a beleza que nos rodeia… Podemos atualizar para os telemóveis: ninguém levanta o raio do nariz dos gadgets. É impressionante. E a vida vai acontecendo…

Este Arcano tão ligado ao passado indica que pode voltar a encontrar algum Dom Sebastião da sua vida ou antigos amigos. Por que motivo é que isto acontece? Não, não é só para causar confusão, é, muitas vezes, para resolvermos definitivamente, esses "rabos de palhas" - expressão esquisita esta, não é? - e seguirmos, em frente, mais leves. O facto de essas pessoas voltarem das brumas não quer dizer que tenham de ficar, como muita gente acha, bem pelo contrário. Tende a ser, de facto, para fechar essas portas entreabertas.

Esta lâmina tão harmoniosa pede que use mais a sua criatividade. Não deixe que as obrigações façam com que perca a sua imaginação e os dons criativos. Continue a desempenhar as suas funções e os passatempos sem pressões, que são tão nocivas.

Virgem - A Papisa

A Papisa é um dos Arcanos mais difíceis de interpretar. Ela é tão enigmática e está tão envolvida no seu véu, que nem sempre conseguimos chegar à sua profundidade e ao seu significado.

No entanto, pode dizer-se que é a lâmina da intuição e o melhor conselho dela é: ouça e confie na sua. Esteja atenta/o aos sinais que lhe são mandados e, mesmo que lhe pareçam disparatados, ouça-os. A intuição funciona de variadas maneiras, algumas delas muito pouco ortodoxas, portanto, por favor, não ache que são loucuras da sua cabeça.

A intuição é uma das melhores ferramentas que nos foi dada por Deus, mas, talvez, a que menos utilizamos. Pode haver muitas explicações para tal - outro bom tópico de meditação -, mas o que importa dizer, agora, é que ela está subaproveitada por todos nós, aliás, até temos medo dela.

A Grande Sacerdotisa é uma lâmina passiva. Será que se está a acomodar a alguma situação que não devia? Será que parou de lutar por algo em que acreditava e que, no fundo, ainda acredita? O facto de, ainda, não ter conseguido o que deseja não quer dizer que não venha a conseguir! O facto de estar a demorar não quer dizer que não venha a acontecer ou que deva desistir, não senhora! Não ceda ao cansaço. Sabe quem é que é o único lesado? Pois é… (já viu as dicas para o amorzinho no Instagram?)

Balança - Pajem de Paus

O que está para além da curva do medo?

Existe, ainda, infelizmente, muita gente que continua a viver encerrada em prisões imaginárias - a situação agravou-se com a pandemia, é claro -,  que foram sendo construídas ao longo de anos e anos e das quais não conseguem ou nem tentam sair. Limitam-se a elas próprias, resignam-se e acomodam-se a uma vida pobre, em termos pessoais e espirituais. Contrariam e resistem aos impulsos naturais da vida que conduzem inevitavelmente à mudança e desistem de tentar o que quer que seja.

O que, no fundo, parece ser o mesmo que desistir de viver. É o chamado sobreviver.

"O dia em que o ser humano perder a fé e deixar de acreditar em milagres é o dia em que se entregará à ruína, deixando morrer os seus sonhos e a si mesmo."

O Pajem de Paus lembra que nunca é tarde para recomeçar e que as crianças não deveriam ser as únicas a acreditar que tudo é possível! Onde perdemos a nossa fé? 

Avalie as suas opções, deixe-se inspirar pelos exemplos generosos e bonitos que vão acontecendo nesta altura tão complexa. Uns dominam o medo e transformam-no em positividade e gestos amorosos, outros deixam-se envolver, de tal maneira, pelo medo que não conseguem fugir da teia. Todos temos medo, todos! Se uns conseguem dominá-lo, por que motivo é que outros não conseguem? Será falta de vontade? Mas o que está por detrás dessa falta de vontade? Eis um bom tópico para uma meditação.

Ora, no amorzinho (já viu as dicas para o amorzinho no Instagram?), este pajem fala na chegada de novas oportunidades ou na possibilidade de reencontrar a chama perdida. Não se deixe levar por pensamentos sombrios, achando que já tentou e fez tudo o que podia, pois, isso é desistir. Desistir é um direito? Claro que sim, mas não fique em cima do muro; ou sai ou fica de corpo e alma.

Escorpião - A Roda da Fortuna

A base de tudo o que existe, de todos os seres e coisas, consiste na inevitável e permanente mudança: tudo flui, tudo passa, tudo se transforma, nada é inalterável. Nunca nos banhamos duas vezes nas mesmas águas de um rio.

O ser humano, no seu processo de crescimento e maturação, está sempre num movimento contínuo - sereno ou não, depende muito de nós - de crescimento.

Esta é a essência da Roda da Fortuna, que nos diz que não existem certezas na vida, a não ser a incerteza. (acho que baralhei mais do que ajudei, agora…)

O Arcano X do Tarot pode prenunciar aquilo que poderá ser uma semana algo inconstante. Ora, se não gosta da rotina nem da pacatez, vai sentir-se nas suas "sete quintas". Rasgos de iluminação, acontecimentos surpreendentes são alguns dos prenúncios desta lâmina.

Seria bom que se concentrasse no que quer, caso contrário, corre o risco de se dispersar e perder-se num emaranhado de quimeras, deixando escapar verdadeiros momentos por entre uma nébula de ilusões.

Nos amores (já viu as dicas para o amorzinho no Instagram?), a Roda vai rodar. O que está bem pode entrar numa fase menos boa - que não acontecerá por acaso, compreenda os porquês - e as relações que não estão bem, tendem a melhorar. Faça a sua parte, não se esqueça!

Sagitário - O Papa

Talvez esteja na hora de enfrentar aquelas memórias recônditas que tem guardadas dentro de si. O Papa promete ajudar e protegê-la/o nesta operação.

Há temáticas que o ser humano, na sua dinâmica interna, faz questão de (tentar) esquecer e manter fora do campo da consciência, porque incomodam ou por falta de coragem de trabalhá-las e integrá-las sadiamente.

A sociedade, em geral, parece achar muito mais fácil e cómodo viver uma vida inteira reprimindo as memórias dolorosas, já que dá muito mais trabalho tratá-las. Pronto, já acabei o ralhete.

A questão é que devemos perceber, de uma vez por todas, que essas lembranças condicionam o nosso presente, impedindo-nos de voar mais alto, pois são como âncoras que nos mantêm aportados a um porto seguro, mas, sem aventura, sem riscos e sem aprendizado. (Eu tinha dito que já tinha acabado o ralhete, não foi? Agora é que foi!)

O Papa representa o conhecimento exterior e interior e, esta semana, ele pede que se foque um pouco mais nas questões internas a resolver, deixando que o seu "Eu" maior se manifeste.

Por mais que confie naquilo que lhe foi incutido, seja fiel aos seus próprios princípios maiores (já viu as dicas para o amorzinho no Instagram?).

Capricórnio - O Eremita

"A vida tem para nos oferecer coisas que somos incapazes de ver durante algum tempo, porque é preciso fazer grande esforço para sair da câmara escura em que, muitas vezes, a infância nos colocou. Mas, quando a pessoa vê a luz, não consegue esquecê-la." (Isabelle Adjani)

O Eremita, tal como a Papisa, é uma lâmina muito ligada à sabedoria, ao que está oculto e à qual a nossa natural curiosidade não resiste. E ainda bem. Ou seja, parece que, esta semana, o seu mental, o hemisfério esquerdo do cérebro, poderá estar particularmente aguçado e, por isso, como necessidade de encontrar respostas para questões profundas no intuito de encontrar e compreender o que se passa neste momento da sua caminhada. Chegou a hora de deixar de procurar as respostas que precisa no plano físico/material, chega de responsabilizar as circunstâncias e a vida.

Sem medo, descubra o caminho dentro de si mesma/o, compreenda o seu passado, compreenda qual a melhor forma de transmutar e integrar as experiências passadas, pois, só assim se poderá fechar um ciclo de vida para dar início a outro.

Se as respostas que procura são do foro "cardíaco" (já viu as dicas para o amorzinho no Instagram?), este arcano aconselha-a/o a pensar muito bem, antes de decidir o que quer que seja. É possível que esta altura não seja a melhor para isso. Por agora, pense e sinta apenas.

Aquário - 9 de Ouros

O 9 de Ouros fala de um equilíbrio e bem-estar que vem de dentro e que nos faz resplandecer aos olhos dos outros. Quantas vezes já nos cruzámos com pessoas que, ao sorrirem, transmitem uma onda de boa energia que nos faz sorrir, natural e espontaneamente? Mesmo aquelas pessoas que não são particularmente bonitas (e a beleza é um conceito bastante abstrato) segundo os padrões (tolos) da sociedade tornam-se, com um sorriso luminoso, as pessoas mais encantadoras do mundo.

Já nos aconteceu a todos, com certeza, apaixonamo-nos por seres fisicamente menos "interessantes", mas que faziam os nossos olhos brilharem, não é verdade? E as borboletas no estômago? Tão bom!

Pois, isto quer dizer que conseguimos ver para além do físico, para além do visível. Há valores mais apaixonantes do que o físico: a inteligência e o humor, por exemplo, não concorda?

Esta lâmina tão positiva convida-a/o a mostrar, com coragem, a sua verdadeira essência. Sorria intensamente por nenhuma razão em particular, brilhe e ilumine a sua vida e a daqueles que a/o cercam.

Sem medo do ridículo, sem inseguranças infantis, sem mágoas passadas, decida-se a viver com mais qualidade e bem-estar. Desafio-a/o a ter mais qualidade de vida! Aceita? (já viu as dicas para o amorzinho no Instagram?)

Peixes - 3 de Copas

"Nada é mais agradável à alma do que uma amizade terna e fiel. É bom encontrarmos corações atenciosos, aos quais podemos confiar todos os segredos, sem perigo, cujas consciências receias menos do que a tua, cujas palavras suavizam as tuas inquietações, cujos conselhos facilitam as tuas decisões, cuja alegria dissipa a tua tristeza, cuja simples aparição te deixa radiante!" (Séneca) Não é lindo?!

É uma época estranha esta que estamos a viver agora - e não falo da pandemia -, em que o ser humano valoriza coisas materiais, em detrimento de uma boa amizade.

Atraiçoam-se pessoas por nada... e com uma facilidade medonha. Consideramos prudente aquele que passa a vida a instigar, a dissecar tudo e todos e que vive numa crítica constante a todos: aos conhecidos, aos colegas, à família, etc., ninguém escapa. Será essa uma atitude justa?

Não, até porque este comportamento leva indubitavelmente à solidão. Vamos parar de o fazer? Quando dizemos a alguém que fez qualquer coisa errada ou lenta ou confusa, estamos a dizer que faríamos melhor. Então, façamo-lo! Há muitas formas de censurar, umas mais subtis do que outras. Tenha isso em mente, por favor, para o bem das suas relações (já viu as dicas para o amorzinho no Instagram?).

Por outro lado, o 3 de Copas fala da capacidade de expandir sentimentos e emoções, de experimentar e viver as pequenas e grandes alegrias e de partilhar a felicidade, que mais não é do que esses pequenos ou grandes momentos. Não há a menor dúvida de que a alegria é contagiante e, como diz o povo: "Tristezas não pagam dívidas". Então, sorria mais, porque o seu sorriso é lindo, mesmo que seja "bidente" (Definição: pessoa com apenas dois dentes).