urlvisit
EXCLUSIVO

Miguel Cruz anuncia novidades, no 14.º aniversário da M80

Miguel Cruz

A propósito do 14.º aniversário da M80, a SELFIE esteve à conversa com Miguel Cruz, diretor da estação, que anunciou novidades.

Qual a primeira memória que guarda da M80?
A minha primeira memória da M80 reporta aos cerca de nove meses que passei com o meu colega Nelson Miguel (ainda hoje, o programador musical da estação), a planear o lançamento de uma rádio nova, com música destinada a público acima dos 35 anos. Na altura, estávamos longe de imaginar que essa rádio se viria a transformar na atual M80!

Qual o melhor momento que viveu na M80?
O melhor momento que vivi na M80 aconteceu no final do ano passado, quando a rádio bateu o segundo máximo histórico consecutivo de audiências. Estamos muito satisfeitos com a resposta do auditório, pois, desde a sua criação, em 2007, a estação ainda não parou de subir patamares de performance, mostrando, sempre, resultados, cada vez mais, positivos.

As festas da M80 sempre foram míticas. Como se celebra em confinamento?
Infelizmente, não temos podido levar a cabo essas festas M80… mas as emoções provocadas pela nossa música continuam disponíveis, mesmo em confinamento, não só através da emissão em FM, mas, também, através da nossa vasta oferta de rádios digitais (acessíveis pelo site, ou pela aplicação da M80). Assim que for possível, vamos voltar a percorrer o país com as nossas festas e, desta forma, regressar ao contacto direto com o nosso auditório.

Se pudesse eleger um Top 3 das músicas dos anos 80, qual seria?
Vou deixar que sejam os ouvintes da M80 a responder a essa pergunta. De acordo com o nosso último estudo musical, o Top 3 de preferências do auditório relativo aos anos 80 é o seguinte: 1. Queen - "Who Wants to Live Forever"; 2. Queen - "Friends Will Be Friends"; 3. Queen - "Radio Ga-Ga". Por mais incrível que pareça, as dez músicas preferidas do auditório são, habitualmente, dos Queen ou do Freddie Mercury, a solo. No início, este facto parecia estranho, mas, ao fim de 14 anos, já é uma tradição na M80!

Qual a música que mais o marcou nessa década, e porquê?
É uma pergunta que me fazem muitas vezes e à qual é sempre muito difícil de responder. Apesar disso, se calhar, destacava o tema "Money for Nothing", dos Dire Straits. Esta canção tornou-se importante, para mim, porque constava do primeiro CD que chegou ao estúdio da rádio, onde eu trabalhava em 1985. Nessa altura, os Compact Discs ainda eram uma grande novidade tecnológica e aproveitávamos todas as ocasiões para desfrutar, não só da sua maior qualidade sonora, como também da facilidade de manuseamento (fator importante em radiodifusão). Este tema tocou, por isso, tantas vezes e durante tanto tempo, que acabou por me marcar mais do que muitas outras canções da época.

O que podem os ouvintes esperar da M80 nos próximos tempos?
Acima de tudo, podem esperar que continuemos a ser fiéis à nossa frase de posicionamento: "Se a sua vida tem uma música, ela passa na M80!". Além disso, podem, também, esperar novidades na nossa já vasta oferta de rádios digitais. Três anos após o lançamento das nossas 11 estações temáticas, estamos a fazer, em todas elas, um grande upgrade em termos de programação e vamos, também, aproveitar para lançar mais algumas rádios, dedicadas a géneros musicais que, ainda, estão em falta no nosso portfólio.