Goucha

Susana Dias Ramos: "Passou-me pela cabeça tirar a minha própria vida"

Susana Dias Ramos foi convidada do programa "Goucha" e confessou a Manuel Luís Goucha como tem lidado com a morte o pai.

  • 9 dez 2021, 08:59
Redação Selfie

O pai da comentadora do "Big Brother", José Francisco, morreu, vítima de um AVC, em 2019, e, desde então, Susana Dias Ramos tem tentado lidar com a perda do progenitor. "Perder o meu pai foi uma tragédia, parte de mim morreu. Eu sou uma pessoa feliz naturalmente, mas eu não estou feliz", assumiu a psicóloga.

"Eu ainda não consegui encontrar um equilíbrio, ninguém na família ainda conseguiu encontrar um equilíbrio e foi muito complicado", acrescentou Susana Dias Ramos.

"Eu tento, de alguma forma, controlar os meus sentimentos, mas, ainda hoje, a sensação que tenho, é que estou sempre a caminhar ao lado do abismo e eu não permito que o meu pé vá ali muito ao lado, porque tenho medo de cair e não me levantar mais", assegurou a terapeuta sexual.

"As vezes que me passou pela cabeça tirar a própria vida foram muitas, quando o meu pai faleceu", contou, emocionada, antes de frisar: "O meu pai era muito espaçoso na minha vida. Eu era a menina do papá e fui-o até aos 40 anos. Ele faleceu uma semana antes de eu fazer 40 anos."

Veja, agora, os vídeos com o emotivo relato de Susana Dias Ramos.

Caso esteja a sofrer de algum problema psicológico, tenha pensamentos autodestrutivos, ou sinta necessidade de desabafar, deverá recorrer a um psiquiatra, psicólogo ou clínico geral, podendo, ainda, contactar uma das seguintes entidades:

- Conversa Amiga (entre as 15h e as 22h) - 808 237 327 (número gratuito) e 210 027 159

- SOS Voz Amiga (entre as 16h e as 24h) - 213 544 545

- Telefone da Amizade (entre as 16h e as 23h) – 228 323 535

- Telefone da Esperança (entre as 20h e as 23h) - 222 030 707

- SOS Estudante (entre as 20h e a 1h) - 239 484 020

Relacionados