urlvisit

Comovida, Ana Gomes fala sobre o marido, falecido há dois meses: "Vou buscar força à memória dele"

Redação
Conta-me - 26 de setembro de 2020
Manuel Luís Goucha entrevista Ana Gomes

A candidata à Presidência da República Ana Gomes teve uma conversa emotiva com Manuel Luís Goucha, no programa "Conta-me".

Os últimos tempos têm sido de mudanças, para Ana Gomes, quer a nível político, quer a nível pessoal. Além de ter apresentado, há cerca de duas semanas, a candidatura à Presidência da República, a política, de 66 anos, ficou de luto, com o falecimento do marido, o embaixador António Franco, no passado mês de julho.

Numa conversa emotiva com Manuel Luís Goucha, Ana Gomes chegou a comover-se, ao recordar o "companheiro de vida durante décadas", tal como o próprio apresentador o descreveu.

"Após essa perda, onde vai buscar força anímica para este combate?", quis saber Manuel Luís Goucha, fazendo referência às eleições presidenciais. 

"Antes de mais, aos meus filhos e netos, que têm sido amorosos, neste período. Foram eles que, à minha roda, me deram força. Os filhos e netos foram extraordinários e o meu marido tinha muito orgulho em termos uma família unida", começou por responder a embaixadora.

"Também vou buscar força à memória dele próprio", continuou Ana Gomes, visivelmente comovida. "Está muito presente e, sem dúvida, é ele quem me dá força, inclusivamente, através dos conselhos que toda a vida me deu para eu me moderar, ser contida... Esses conselhos estão muito presentes", completou.

Veja, agora, na íntegra, a entrevista de Ana Gomes a Manuel Luís Goucha, no programa "Conta-me".