TVI

Rita Pereira sai em defesa de Conceição Queiroz: "Racismo"

Depois de Conceição Queiroz ter sido alvo de insultos, durante reportagem em direto, Rita Pereira saiu em defesa da jornalista da TVI.

Após as ofensas dirigidas à jornalista da TVI durante um direto, Rita Pereira - assim como outros tantos telespetadores - mostrou-se indignada com o incidente e sem dúvidas quanto à natureza das manifestações: "Um racismo claro."

"Não há racismo em Portugal... O que aconteceu à Conceição Queiroz vai, uma vez mais, passar ao lado de muita gente, e impune. O que esta mulher está a dizer à Conceição é de um racismo claro, mas muitos brancos vão dizer: 'Não interessa nada'; 'A mulher vê-se que está drogada, coitada'; 'A Conceição aguenta'; 'Não é por ela ser negra'; 'Acontece a muitos jornalistas'", começou por escrever a atriz, na página de Instagram.

"Revolta-me! Quero ajudar, quero justiça, quero que abram os olhos e vejam, com olhos de ver, o que se passa em Portugal vezes e vezes sem conta. Chega! Já chega de nada acontecer a estes racistas!", rematou.

Note-se que, em causa, estão alguns dos seguintes insultos dirigidos à pivô da TVI: "Devia ir para as obras", "é muita raça” e "você não tem jeito para isto, nasceu para outra coisa."

Recorde-se que Conceição Queiroz recorreu às redes sociais, após o incidente em Lisboa, para deixar um parecer sobre o momento difícil que a obrigou a interromper a reportagem: "Alguém falou em, pelo menos, duas coisas infinitas: o universo e a estupidez humana. Todos os dias enfrento um episódio desprezível. Desistam! Cada um de nós batalhou para estar onde chegou. Incomodo? Incomodamos? Não serei eu a responder. Nota importante: jamais saberei agradecer a tantas mensagens (milhares), de quem consegue fazer o difícil exercício de se colocar no lugar do outro. Obrigada, aos que se aproximam genuinamente. A luta é de quem acredita e não recua. Haja consciência! E memória."

(Re)veja as imagens em questão, no vídeo, a partir do minuto 19:40.

Relacionados