urlvisit

Núria Madruga: "Tenho andado numa angústia enorme, as imagens dos hospitais trazem-me lembranças duras"

Núria Madruga na SELFIE
Núria Madruga faz um convite especial aos Portugueses
Marido e um dos filhos de Núria Madruga testam positivo à Covid-19
Núria Madruga e Vasco Silva na Selfie

Num desabafo partilhado nas redes sociais, Núria Madruga falou sobre a preocupação face ao número de óbitos por Covid-19, confessando que as "imagens dos hospitais trazem lembranças muito duras".

"Hoje, a caminho da escola dos meus filhos, ouvi a notícia do número de óbitos. Tenho andado numa angústia enorme, as imagens dos hospitais trazem-me lembranças muito duras e confesso que não tenho conseguido gerir da melhor forma", começou por escrever a atriz, referindo-se ao relatório da Direção Geral de Saúde, atualizado na passada terça-feira, dia 19, que regista 218 mortos por Covid-19.

"Quando entraram no carro, estava de lágrimas nos olhos e eles perguntaram o que se tinha passado... Silêncio. E lá tentei explicar o melhor que pude. Mas, como é que podemos explicar aos nossos filhos que isto está completamente descontrolado? Como é que vamos dizer aos nossos filhos, a quem temos o dever de proteger, que os nossos profissionais de Saúde estão esgotados e já sem condições para poderem tratar todas as pessoas? Como?!", questionou.

No fim, Núria Madruga sublinhou a preocupação de, agora, dado o panorama nacional, receber chamadas da escola dos filhos: "No meio da conversa, ainda levaram na cabeça, porque um deles magoou-se na escola, nada grave, felizmente. Mas se uma chamada da escola já enervava nos tempos ditos normais, imaginem agora!"

Note-se que, segundo os dados mais recentes, Portugal é o país do mundo que regista mais casos diários de Covid-19 por milhão de habitantes, sendo o quarto país do mundo com mais mortes em 24 horas.