urlvisit

Emocionado, Luís Borges recorda Eduardo Beauté: "E se sou eu a seguir? O que vai ser dos meus três filhos?"

Luís Borges emociona-se ao recordar Eduardo Beatué
Luís Borges: «Eu nunca deixei de ser pai»
O novo amor de Luís Borges
Luís Borges novamente apaixonado
Luís Borges comenta gala do "Big Brother - A Revolução"

O modelo Luís Borges foi um dos convidados do programa "Dois às 10", desta quinta-feira, dia 18, e falou sobre como lida com a morte do ex-marido.

Luís Borges esteve à conversa com Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos, no programa "Dois às 10", e recordou a morte do ex-marido, Eduardo Beauté, e a forma como explicou aos três filhos o que aconteceu.

"Foi dos momentos mais complicados. [...] A Lu era muito menina do Eduardo, era a princesa. Ele gostava muito dos três, mas a Lu era aquele amor muito grande. E, depois, fazia anos no mesmo dia dele: 8 de janeiro. Para ela, perceber que não ia ver mais o pai foi muito mau, mesmo. Ainda hoje em dia, ela vem falar comigo e diz que tem saudades do pai", começou por revelar, emocionado.

"Por mais que eu fale com ela, nunca vou conseguir tirar a dor que ela tem dentro dela. Isso só com o tempo. E, depois, há uma coisa que me assusta que é, cada vez que eu viajo, ela tem medo que me aconteça alguma coisa e que eu não volte. E, isso, deixa-me triste, angustiado. E, cada vez mais, a partir do momento em que a minha mãe e o Eduardo morreram, penso: 'E se sou eu a seguir? O que vai ser dos meus três filhos?", confessou o manequim.

"Há famílias que são super estruturadas, mas a minha não é. É a realidade. Não vai ser o meu pai que vai tomar conta dos meus três filhos, ele não tem condições. Portanto, penso sempre no futuro deles e, a mim, assusta-me", assumiu, revelando que, no período mais complicado, quem o ajudou foram as amigas Ana Sofia Martins e Sara Sampaio: "São os grande pilares da minha vida. Elas sabem tudo sobre mim, não há segredos entre nós."

Porém, apesar de valorizar o apoio que os amigos lhe dão, Luís Borges salientou que, nos momentos difíceis, a força tem de vir de dentro. "Por mais amigos que tenha, as forças têm de vir de dentro de mim. […] Não podia ficar na cama, a chorar, não podia estar mal à frente deles [os filhos]."

Recorde-se que durante o casamento, Luís Borges e o falecido cabeleireiro Eduardo Beauté adotaram três filhos: Lurdes, Eduardo e Bernardo.