Instagram

Maniche reage à polémica saída de programa do Canal 11

O antigo futebolista Maniche e o apresentador Pedro Sousa protagonizaram uma acesa discussão durante um intervalo do programa "Futebol Total", do Canal 11.

O ambiente aqueceu, e de que maneira, no programa "Futebol Total", do Canal 11, que foi para o ar na noite de terça-feira, dia 15. Maniche e Pedro Sousa tiveram uma acesa discussão durante um intervalo do formato, que começou devido um bate-boca transmitido em direto. Como resultado, o antigo futebolista abandonou os estúdios do canal alusivo à Federação Portuguesa de Futebol, não regressando, assim, para a segunda parte do programa.

Entretanto, Maniche recorreu às redes sociais para abordar o assunto. E não foi meigo nas palavras usadas.

"Sobre liberdade de expressão. Aos espetadores do Canal 11 e aos meus seguidores e amigos. A todos os que desde ontem me enviaram milhares de mensagens de apoio. A todos os que assistem ao programa 'Futebol Total', cuja camisola vesti, com orgulho, no maior interesse do comentário isento a este desporto, que é a nossa alma e paixão. Ao contrário de outros, e como ex-jogador, primei sempre, antes de qualquer partidarismo clubista, pela defesa do jogador. O jogador de futebol, que é sempre a parte da história mais devassada, a que mais sofre pela crítica, tantas vezes desumanizada, nunca desculpabilizada. Não critico jogadores, não os desumanizo. O que se nos solicita é uma opinião. Tenho direito à minha", começou por escrever, no longo desabafo.

Maniche confessou também: "Não podia agir com passividade, perante a atitude macartista de um pivô travestido de analisador purista que atua como 'lápis azul', vergonhoso símbolo da censura e da ditadura portuguesa, em que os cortes têm, por objetivo, impedir e limitar as tentativas daquilo que este pivô considera subversão".

"Não obstante, manifestou-se, ele próprio, livremente, ao longo de mais de dois anos de emissão, de formas que considerei, muitas vezes, ofensivas à integridade de jogadores, clubes, dirigentes, dos outros comentadores, de amigos meus e, em última análise, ontem, de mim próprio. Em tempos como estes, mais do que nunca, falta de liberdade de expressão, não passará", rematou.

Recorde-se que esta situação surgiu após a vitória do Benfica frente ao Ajax, num jogo a contar para a Liga dos Campeões. Maniche estava a comentar a "má" prestação de um jogador das "águias", Meïté, quando foi advertido pelo apresentador e diretor do referido canal. "Não te vejo a falar de outros jogadores da maneira como desconsideras este jogador e não aceito isso. Não admito isso a ninguém", frisou Pedro Sousa.

"É a minha opinião, tens de a respeitar, como eu respeito a tua", respondeu Maniche.

Veja, agora, a publicação do ex-futebolista.

Relacionados