Carlos Costa recorda o pai e emociona fãs: "Obrigado, por nunca me teres proibido de ser eu"

Carlos Costa recorda pai com imagens de infância
Carlos Costa recorda pai: "Ele, infelizmente, partiu, mas feliz"
Carlos Costa recorda pai: "Ele, infelizmente, partiu, mas feliz"
Carlos Costa anuncia mudanças: "Consegui usar esta quarentena para curar certos pensamentos"
Carlos Costa escreve carta aberta à RTP

De luto, Carlos Costa tem recorrido às redes sociais, para homenagear e recordar o pai, que morreu há cerca de uma semana, de forma inesperada.

"Gosto de pensar que nasci numa família extremamente especial. Quero recordar-nos assim! Isso fez de mim alguém diferente, especial... graças a ti!", começou por escrever o cantor, de 28 anos, na legenda de um retrato de família.

"Obrigado, por nunca me teres proibido de ser eu. Obrigado, família, pelo apoio, e os meus pêsames a todos os que amaram este mestre", continuou.

"Papá, espero que estejas a ouvir a tua música favorita e a dançar! Amo-te!", concluiu.

Nos comentários à publicação, não faltaram mensagens de apoio, por parte de fãs e amigos, que se comoveram com a partilha do artista.

Recorde-se que Carlos Costa já tinha escrito um longo texto, no qual falava sobre a difícil fase que atravessa, com a morte do pai, Manuel: "O meu papá partiu. No dia após o seu aniversário, o meu pai partiu, inesperadamente. Decidi partilhar isto convosco, porque quero que a minha história faça, sempre, sentido aos vossos olhos. E gostava que soubessem, por minhas palavras, de como ele, infelizmente, partiu, mas estava feliz."

"Após ter estado com alguns amigos na tarde do dia 24, ele decidiu registar o momento em que lhe cantavam os parabéns e publicá-lo no seu canal de YouTube. A festa seguiu pela tarde e noite dentro, com família e amigos (em videochamada comigo e com a minha irmã). Organizou uma festa incrível para si. Cantou, dançou, comeu, falou... Até que, após se despedir de todos, foi dormir com o amor da sua vida, a minha mamã. Acordou, sugeriu à minha mãe que se levantasse para trabalhar e disse que iria ficar só 'mais um pouco'. Acabou por, poucas horas depois, falecer na sua cama. Muito haveria para contar e para dizer, mas não sei bem que diga. A dor é enorme... mas o amor é maior. Levo isto como um exemplo, pois a vida é injusta e cabe-nos a nós fazer com que ela tenha algum brilho, ritmo e sentido. Por essa razão, deixo-vos o vídeo que ele partilhou na tarde de aniversário, antes da festa da noite"

O cantor usou o testemunho para deixar, ainda, um conselho aos fãs: "Não se esqueçam. Aproveitem a vida! Infelizmente, o último abraço que lhe dei foi no Natal de 2017. Mas, naquela videochamada, a primeira fatia daquele bolo foi para mim. Amo-te, papá, cuida de mim."

Veja, agora, o retrato de família, na galeria de imagens.