urlvisit

Nuno Santos reage a rumores sobre ida de Clara de Sousa e José Rodrigues dos Santos para a TVI

Depois das notícias que davam conta da contratação de Clara de Sousa, para a equipa de jornalistas da TVI, Nuno Santos veio esclarecer os rumores.

Nuno Santos, Diretor Geral da TVI, usou o Instaram para esclarecer a suposta contratação da jornalista Clara de Sousa.

"Quando, em 2000 (20 anos!), criámos a SIC Notícias, a Clara de Sousa foi uma das primeiras pessoas que eu e o Emídio Rangel convidámos. Sem modéstia, foi uma boa decisão, como se tem visto", começa por referir Nuno Santos, na legenda de uma imagem da capa de uma revista datada da época.

"A Clara é uma grande pivô que todos admiramos, uma jornalista sólida, uma excelente pessoa e uma querida amiga. Sucede que, desta vez, a história não se repete. A TVI nunca desafiou a Clara, tal nunca esteve no nosso horizonte. Diferentes tempos, diferentes vontades, numa estratégia, na qual o futuro é o foco", esclareceu o Diretor Geral da TVI.

No final, Nuno Santos fez questão de assegurar: "A TVI, como se verá nos próximos dias, e, depois, nos próximos meses, terá figuras femininas com relevo, na organização e no ecrã. Assim vai o mundo e, de certa forma, o jornalismo, neste verão quente de um país que parece tropical."

Já na terça-feira, dia 21, o Diretor Geral da TVI tinha desmentido a contratação de José Rodrigues dos Santos, notícia que fez manchete num jornal diário.

No Facebook, Nuno Santos publicou uma imagem com a mensagem: "Keep calm and enjoy the silly season [mantenham-se calmos e aproveitem a silly season]."

Na legenda, o Diretor Geral da TVI esclareceu: "A TVI comunicou a escolha para a Direcção de Informação, e, nos próximos dias, será anunciada a equipa que integra elementos experientes e qualificados da nossa redacção e outros, poucos, que chegam para somar. O José Rodrigues dos Santos, um amigo e que foi um dos mais leais camaradas quando dirigi a Informação da RTP, não está nesse grupo. Nem para a Direcção, nem para apresentar os jornais. Não está, não esteve e não estará. Simples."