Nacional

Rita Pereira sobre ataques nas redes sociais: "Chorei muito"

A propósito do mais recente livro de Cristina Ferreira, Pra Cima de P***, o "Jornal das 8" abordou a temática do bullying digital, que tem como alvo tanto internautas anónimos, como rostos conhecidos de todos os portugueses. Rita Pereira, Isabel Figueira e Carolina Deslandes falaram sobre a sua experiência.

"Não mereces o filho que tens" e "Se tivesses vergonha na cara, abortavas" são apenas algumas das ofensas de que, respetivamente, Rita Pereira e Carolina Deslandes são alvo, nas redes sociais.

A própria Rita Pereira afirmou que foi muito complicado lidar com estas mensagens negativas até chegar a um equilíbrio. "Chorei muito, muito, muito", confessou a atriz, de 38 anos. "Chegava a ter vergonha. Andava na rua e baixava sempre o olhar, por vergonha. Pensava se aquela pessoa, que estava a passar por mim, tinha visto aquela notícia... Se me estava a julgar, se achava que a notícia era verdade...", acrescentou.

"As pessoas chegam a criticar fotografias em que está o meu filho. Por vezes, penso que não há problema em criticarem as fotografias em que estou em biquíni... Mas, agora, essas? Com o meu filho?", indignou-se, ainda, Rita Pereira.

O mesmo sentimento de revolta é vivido por Carolina Deslandes: "Todas as pessoas de quem falam têm um pai, uma mãe, um irmão, um filho... Os meus filhos vão saber ler! Se isso não lhes faz mal à noite, precisam de uma revisão urgente de ética, de personalidade, de generosidade, de bondade... Não vale tudo!"

"Acho que quem escreve esse género de comentários não pensa muito nisso [na família dos visados]. Não pensam que há filhos que estão na escola e que lidam com outras crianças e nós sabemos que as crianças, muitas vezes, são injustas e cruéis...", afirmou, por sua vez, Isabel Figueira.

Veja, agora, na íntegra, as declarações de Rita Pereira, Carolina Deslandes e Isabel Figueira, nesta reportagem do "Jornal das 8".

Relacionados