urlvisit

Pastor do anúncio "Tou xim" muda de sexo, aos 54 anos: "O meu cérebro era feminino"

O ator João Vaz, rosto do anúncio «Tou Xim», é hoje uma mulher
Maria João Vaz e a mudança de sexo: «Andei perdida a vida toda»

João Vaz, o homem que protagonizou o anúncio da Telecel, em 1995, no qual dava vida a um pastor, mudou de sexo e esteve à conversa com Fátima Lopes.

João Vaz, o pastor do anúncio "Tou xim", que fez sucesso em 1995, mudou radicalmente de vida e mudou de sexo, aos 54 anos. Esta segunda-feira, dia 2, a, agora, Maria João Vaz esteve à conversa com Fátima Lopes, no programa "A Tarde é Sua", e contou os pormenores acerca desta transformação.

Apesar de o processo ter começado em 2018, Maria João Vaz explicou que "a revelação perante o mundo foi muito recente. Dia 4 de agosto", mas sempre se sentiu desconfortável na pele de homem: "O meu cérebro era feminino."

"Dei sinais quando era pequena, sei que, aos cinco anos, na escola, adorava trocar de sapatos com a minha colega do lado. Era uma sensação incrível. Queria mais daquilo. Comecei a perceber que eram factos que se iam sucedendo. Vestia roupas da minha mãe, colocava brincos, maquilhagem, era uma risota pegada", relatou a atriz que, a determinada altura, começou a esconder esta faceta: "Houve qualquer coisa e comecei a fazer isso em privado. Acompanhou-me toda a vida. Nunca ninguém soube."

"50% da minha vida vivi como mulher, às escondidas. Só percebi o que aquilo queria dizer em 2018. Tive a minha epifania", assumiu Maria João Vaz, depois de contar que foi sempre "uma pessoa muito solitária", mas que acabou por casar e ter três filhas.

"Estava comprometida com isso, fui um pai muito presente, embora adorasse ter sido mãe, apesar disso ainda não ser possível", acrescentou, revelando que acabaria por ser após o término do casamento que perceberia realmente a forma como queria viver: "Encontrei-me graças a uma namorada que eu tive depois. Ajudou-me. Orgulho-me de estar a gerir esta situação, mesmo comigo própria."

Sobre a reação das filhas, hoje, adultas, Maria João Vaz assumiu: "Sinto que é muito difícil para elas, elas fazem um esforço muito grande. São muito próximas de mim, elas são muito bem educadas."