urlvisit

Viúvo de Maria João Abreu faz desabafo comovente sobre "os contornos cruéis da vida"

Maria João Abreu na Selfie
Maria João Abreu em vídeo ternurento com os netos
João Soares recorda Maria João Abreu: "A minha João"
Maria João Abreu e João Soares na Selfie

João Soares, viúvo da atriz Maria João Abreu, prestou uma nova homenagem à atriz, com a partilha de um desabafo emotivo.

Foi no passado dia 13 de maio que faleceu Maria João Abreu, aos 57 anos de idade, na sequência da rutura de dois aneurismas. Desde então, têm-se multiplicado as homenagens à atriz, nas redes sociais, por parte de fãs, familiares e amigos.

Recorrendo ao Instagram, João Soares, viúvo de Maria João Abreu, prestou um novo tributo à artista, com a partilha de um desabafo comovente. "Os contornos cruéis da vida sem ti… O número do telemóvel… Como sabes, meu amor, tenho o teu número de telemóvel memorizado nos meus contactos. Mais do que isso, nos meus favoritos. Mais ainda, é o primeiro número desses favoritos. Sei que não me vais ligar… O teu toque, que escolhi por ser a nossa música ('You & Me', da Dave Matthews Band), não me surpreende há pouco mais de um mês, e parece ser já uma eternidade… E não vai tocar mais. Não me vais ligar, a meio do dia, a perguntar se estou bem. Ou se já comi. Ou se quero ir jantar fora… Ou para combinar o que vamos fazer no fim de semana… Não me vais mandar uma mensagem, a dizer que me amas, só porque te apeteceu. Essas mensagens, que, por serem tão inesperadas, enchiam o meu coração e, mesmo no dia mais cinzento, do inverno mais carregado, faziam o Sol aparecer. Para mim. Só para mim", começou por escrever, na legenda de uma série de imagens de um telemóvel com um registo da atriz.

"Desse número, recebo, agora, um silêncio ensurdecedor. Um nada. Um vazio imensurável, tal como o que deixaste na minha vida. É um dos reflexos desse vazio. Um dos muitos… dia após dia, após dia, após dia… Mas retirá-lo dos favoritos parece não ser possível. Nem a solução. Apagá-lo dos contactos está fora de questão. É impossível. É o teu lugar, ainda. Um dos muitos que ocupas dentro de mim e naquilo que faço. E naquilo que sou. Hoje e sempre. Para sempre. Como sempre."

No final, João Soares sublinhou o amor que continua a sentir por Maria João Abreu: "Meu amor, minha vida, minha João… O meu amor por ti cresce, ainda. Todos os dias. Amo-te."