"Vais com a Cristina Ferreira?": Joana Barrios escreve carta à apresentadora e recebe resposta

Cristina Ferreira camaleónica: recorde os vários looks da apresentadora
Ana Arrebentinha "telefona" a Cristina Ferreira: "Comigo não brincam"
Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira trocam presentes de Natal luxuosos
Pedro Teixeira, Rita Pereira e Cristina Ferreira juntos: "Está oficialmente aberta a época Natalícia"
Cristina Ferreira na SELFIE

Joana Barrios escreveu um extenso texto para e sobre Cristina Ferreira, com quem trabalhou nos últimos tempos. A apresentadora reagiu às palavras da Chef.

"Em resposta à pergunta 'vais com a Cristina?', eis a minha resposta um pouco barroca, eu sei. Os portugueses são muito nostálgicos e têm muita dificuldade em aceitar mudanças. Por força da minha criação, mudanças, eu é tu cá tu lá. Talvez, por isso, aquela parte da instabilidade da profissão que escolhi não me tenha assustado muito, na hora de escolher mesmo. Seja como for, também, não sabia o que é que a Cristina andava a fazer, também fui apanhada de surpresa, porém, não me surpreendi com essa fatalidade toda. Pensei antes: 'Grande!'. Já dissemos, muitas vezes, e é verdade, que temos um entendimento que vai para além do que é verbalizado. E, quando soube da notícia, liguei-lhe. E a Cristina contou-me. E eu dei-lhe os parabéns e fiquei muito feliz por ela", começou por escrever.

"A Cristina não fica a lamentar o que não fez, não fica com saudades do que foi, porque quando se dá já ter sido, ela sabe que fez e deu o seu melhor. Há muitos anos, escrevi um texto sobre ela, quando ainda não a conhecia, e chamei-lhe it girl. Continuo a vê-la como essa it girl. [...] Brindámos à Cristina, à sua audácia e ao seu sucesso. Porque é genuinamente o que sinto por ela. [...] Pensei que 'se calhar, neste segmento que tanto adoro da minha profissão, sou capaz de estar parcialmente desempregada'. Mais do que resposta à curiosidade sobre se vou ou não com a Cristina, [...] vamos, então, falar da condição de grande parte das pessoas que, como eu, trabalham nas artes performativas sem contrato. Caso não saibam, nas artes performativas, também, se inclui o universo televisivo, que, por chegar a tanta gente, pode, às vezes, dar a ideia de que uma pessoa vive em condições incríveis. [...] O estatuto profissional do artista continua à espera de se tornar realidade e, por muito que custe, a culpa da precariedade não é da Cristina. Relativamente à Cristina, tenho-lhe brindado todos os dias. É assim que faço a todos os amigos que cumprem os seus sonhos, realizam as suas ambições e chegam onde se propõem chegar. A Cristina é das poucas pessoas com quem trabalhei nestas coisas mais mainstream que nunca me disse que tenho de mudar e que sabe o nome de todas as pessoas que estão no platô, por exemplo. Também é das poucas que se preocupa com a precariedade e que encontra formas de maximizar o ganho, minimizando o risco, sempre que pode e como pode. A Cristina tem todas as qualidades, honesta e gaiteira, como na música do Telmo Miranda. E, agora, foi cumprir novos desígnios, envoltos em grande mistério (just like all legends do), que já fizeram correr mais tinta esta semana do que a indústria de fast fashion terá vertido ilegalmente em cursos de água doce, nos últimos dez anos", acrescentou.

"Posto tudo isto, é evidente que vou com a Cristina para onde ela for, da mesma forma que ela também vem comigo para onde eu for, porque nestas profissões é assim: os laços que se criam ficam para sempre e ficamos felizes com o sucesso alheio", concluiu.

Cristina Ferreira respondeu, prontamente, à publicação de Joana Barrios: "O que a vida junta, nenhum projeto separa. Qualquer pessoa que nos viu, sabe que 'ias' com a Cristina. É assim o amor."