urlvisit

Rita Pereira desabafa: "Um vício que tanto nos ajuda, como nos afasta da realidade"

Rita Pereira na SELFIE
Rita Pereira deixa desabafo: "O que é ser perfeita? É ter uma barriga lisa? Não!"
Rita Pereira indignada: "Juro que não entendo. Custa assim tanto?"
Rita Pereira com a irmã, Joana Pereira
Rita Pereira e Guillaume Lalung rumam a Paris com Lonô

A atriz Rita Pereira publicou uma reflexão sobre a utilização das novas tecnologias.

Este sábado, dia 17, Rita Pereira recorreu ao Instagram para fazer um desabafo sobre a influência das novas tecnologias.

"Eu sou da geração que viveu a mudança, eu tenho o melhor dos dois mundos. Eu sei o que é viver uma infância sem telemóvel e sei o que é viver com toda esta tecnologia viciante. Às vezes, paro para refletir sobre qual dos 'mundos' é melhor. Acho que não há melhor, nem pior, há uma adaptação e uma tentativa de controlar um vício que tanto nos ajuda como, por vezes, nos ilude e afasta da realidade", refletiu a atriz, de 38 anos.

"Está em nós decidir o quão controlados queremos ser pelo nosso telemóvel. Às vezes, há que pousá-lo, levantar o queixo e olhar para o que nos rodeia. Olhar para o nosso mundo. Viver", garantiu Rita Pereira.

Veja, agora, algumas das melhores imagens de Rita Pereira, nas galerias de fotografias que preparámos para si.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Reflexão de fim de semana: E se o telefone voltasse a ser apenas um telefone?! E se deixassem de aparecer imagens nos nossos ecrãs?! Se a nossa vida social passasse e ser apenas com contacto físico, olhos nos olhos, conversas cara a cara. Se voltássemos a saber das pessoas apenas pelo que nos contam. E se as novas gerações deixassem de viver de aplicações?! Nada de whatsapp, nada de Instagram, nada de tiktok...Eu sou da geração que viveu a mudança, eu tenho o melhor dos dois mundos. Eu sei o que é viver uma infância sem telemóvel e sei o que é viver com toda esta tecnologia viciante. Às vezes páro para reflectir sobre qual dos “mundos” é melhor. Acho que não há melhor nem pior, há uma adaptação e um tentar controlar um vício que tanto nos ajuda como, por vezes, nos ilude e afasta da realidade. Está em nós decidir o quão controlados queremos ser pelo nosso telemóvel. Às vezes há que pousá-lo, levantar o queixo e olhar para o que nos rodeia. Olhar para o nosso mundo. Viver. #technology #life #lifestyle #breathe #live #app #goodvibes #positivevibes #vsco #photooftheday @goncaloasilva

Uma publicação partilhada por Rita Pereira (@hyndia) a