urlvisit

Pedro Crispim sobre redes sociais: "Um check point de pessoas amargas, frustradas e mal amadas"

O comentador do "Big Brother - A Revolução" Pedro Crispim recorreu às redes sociais para se mostrar insatisfeito com os comentários de muitos internautas.

O manequim tem sido alvo de inúmeras mensagens ofensivas, por parte de fãs e amigos de alguns concorrentes do "Big Brother", o que terá levado Pedro Crispim a fazer uma reflexão sobre os utilizadores das redes sociais.

"As redes sociais, para além da questão construtiva, tornaram-se um check point de pessoas amargas, frustradas e mal amadas, às quais se juntou o facto de terem, nesta altura, infelizmente, demasiado tempo livre", começou por escrever Pedro Crispim.

"Cada vez me identifico menos com o que por 'estas bandas' acontece! Se não fossem úteis profissionalmente, provavelmente, já não teria presença em nenhuma rede social", rematou.

Recorde-se que, recentemente, o comentador do reality show da TVI denunciou algumas das mensagens ofensivas que recebeu. Pedro Crispim chegou a ler comentários, como: "És ridículo", a "o pior que já passou nos programas", passando por "comentador de m****"", entre outros.